Posts

Bombeiros encerram buscas após incêndio que deixou 11 mortos em hospital no Rio

Varredura ocorreu durante a madrugada desta sexta-feira

Foto: Folhapress

Ao menos 10 corpos foram retirados pelo Corpo de Bombeiros, na madrugada desta sexta-feira (13), após varredura no Hospital Badim, na Tijuca, zona norte do Rio de Janeiro. Com isso, o balanço de vítimas do incêndio que atingiu a unidade de saúde na quinta (12) subiu para 11, já que uma pessoa já havia sido encontrada sem vida no local. 

A operação começou cerca de uma hora após o incidente e seguiu durante a madrugada. Segundo o jornal O Globo, a identificação das vítimas só será realizada a partir das 8h desta sexta-feira, no Instituto Médico-Legal (IML).O fogo teve início no final da tarde de quinta-feira em um dos prédios do hospital. O Corpo de Bombeiros foi acionado às 17h50min e enviou no total 12 viaturas e agentes de quatro quartéis ao edifício, que foi tomado por uma fumaça preta e espessa. O prédio foi evacuado e os pacientes passaram a ser atendidos na rua, em camas improvisadas no chão. Perto das 23h30min, o fogo foi controlado.

Segundo a direção do hospital, a principal suspeita é de que houve um curto-circuito no gerador de um dos prédios do complexo e que ele tenha espalhado fumaça para todos os andares do edifício antigo.

Os pacientes, com o apoio da Secretaria Estadual da Saúde, que enviou 15 ambulâncias para auxiliar,  estão sendo levados para hospitais públicos e privados da região.

“Toda a direção do hospital Badim está empenhada em prestar os devidos socorros necessários aos pacientes, que estão sendo transferidos para o hospital Israelita Albert Sabin e para os hospitais da Rede D’Or, do qual o Badim é associado”, informou a direção.

O hospital

Ao todo, 103 pacientes estavam internados no hospital e 226 funcionários trabalhavam no momento do incêndio. O prédio novo conta ainda com emergência, centro cirúrgico, centro de diagnóstico por imagem e “day clinic” (internação breve).

Do lado de fora do hospital Badim, atingido por um incêndio nesta tarde, o advogado Carlos Oterelo diz que acompanhava a mãe, Berta de Souza, 93, internada para se tratar de uma pneumonia, quando sentiu o cheiro de fumaça. Com a confirmação do fogo, ele relata que tentou resgatar a mãe com os próprios braços, mas não conseguiu.

— A maca é pesada, não tinha mobilidade para fazer isso e não tinha gente, estava sem luz. Então ficou muito difícil. Os bombeiros mandaram as pessoas sem enfermidade saírem. Porque senão o problema seria muito maior — disse Oterelo.

— Eu tirei minha mãe do box onde ela estava e, quando chegou na escada cortafogo, tinham muitas pessoas correndo. Funcionários, pacientes que não estavam com dificuldades de se locomover estavam sendo ajudados a descer — completou.

Agora, ele, assim como outras dezenas de familiares de pacientes que estavam internados, cobra informações sobre o estado de saúde e a localização da mãe.

— O Badim disse que iria fazer uma lista para onde os pacientes foram e que iriam colocar na mídia — afirma.

Fonte: ZH

Incêndio criminoso atinge estabelecimento comercial em Três Passos

Fato aconteceu no centro da cidade. Foto: TP News

Um incêndio criminoso foi registrado no início da madrugada desta quarta-feira, 11, em Três Passos. O fato aconteceu, por volta da 0h51, em um estabelecimento comercial, na Avenida Júlio de Castilhos, no centro da cidade.

Câmeras flagraram três indivíduos atacando um correspondente bancário: um deles jogando uma pedra na vidraça, que foi parar dentro do estabelecimento, outro ateando fogo e um terceiro filmando a ação criminosa.

Os elementos, que estavam com os rostos cobertos, fugiram correndo para rumo ignorado. Na fuga, o incendiário deixou uma camiseta e um par de chinelos. Acredita-se que tenha sido atingido pelas chamas, que foram controladas pelos bombeiros.

A Polícia Civil investiga o caso.

Pedra usada para quebrar o vidro. Foto: TP News

Incendiário deixou roupa e calçado no local. Foto: TP News

Fonte TP News

Vídeo – Incêndio atinge o interior de Crissiumal

Sinistro teve início no final da tarde desta sexta

Fotos: Grupos de WhatsApp

Um incêndio de grandes proporções atingiu a localidade do Lajeado Teimoso na noite desta sexta-feira, dia 30 de agosto de 2019. O sinistro atingiu uma mata de eucaliptos bem como a vegetação.

Segundo informações, a mata  possui 12 hectares e cerca de 30% do total foi consumido pelo fogo.

O Corpo de Bombeiros foi acionado e esteve no local combatendo as chamas com auxílio da Brigada Militar e populares.

VÍDEO:

Rádio Metrópole

 

Incêndios na vegetação foram registrados em Crissiumal e Três Passos

Casos foram registrados nesta quinta; falta de chuvas aumenta a incidência do sinistro

A noite desta quinta-feira, dia 29 de agosto, foi movimentada para o Corpo de Bombeiros devido a dois casos de incêndios em vegetação.

O primeiro deles, aconteceu pouco depois das 18h30 em Vista Nova no interior de Crissiumal.

O segundo, de grandes proporções,  foi registrado  no interior de Três Passos. O sinistro iniciou, por volta das 22h, na altura do km 109, trecho da rodovia entre Três Passos e Tiradentes do Sul (BR-468).

As chamas se alastraram próximo à entrada para Linha Santo Antônio, ameaçando atingir lavouras de milho. Um morador tentou conter o fogo, utilizando um trator, até a chegada do Corpo de Bombeiros que estava numa outra ocorrência em Crissiumal.

Com informações do TP News

Foto: TP News

Rádio Metrópole

Incêndio destrói cinco casas e deixa cerca de 30 pessoas desabrigadas em Passo Fundo

Ainda não se sabe o que causou o fogo. Bombeiros levaram cerca de duas horas para controlar as chamas, que atingiram parcialmente outras três casas na vizinhança

Um incêndio destruiu cinco casas na tarde deste domingo (25), em Passo Fundo, no Norte do Rio Grande do Sul. Cerca de 30 pessoas ficaram desabrigadas e precisarão ficam na casa de familiares. Não houve feridos. A causa do incêndio ainda não é conhecida e será investigada.

Os bombeiros levaram cerca de duas horas para controlar o fogo, que chegou a atingir parcialmente pelo menos mais três casas vizinhas, na Rua Lobo da Costa, Vila Entre Rios.

O reciclador Paulo Juliano da Luz conta que foi sua filha de seis anos quem percebeu que as chamas atingiam a sua casa, quando já não era mais possível fazer nada para controlá-las.

“Não deu para salvar nada, mas a gente agradece dos filhos não estarem nenhum dormindo [na residência], e que nas outras casas que foram atingidas naquele momento não estava ninguém em descanso”, diz.

A Secretaria de Habitação de Passo Fundo garantiu que vai auxiliar as famílias no trabalho de reconstrução das casas.

“Vamos fazer em um primeiro momento o levantamento para ver de que forma vamos auxiliar essas famílias. Como são famílias carentes, eles necessitam da ajuda de todos. E durante a semana nós daremos andamento na reconstrução das moradias”, diz o secretário Paulo César Caletti.

Incêndio de grandes proporções atinge área de lavoura em Braga

 

Populares se mobilizaram e trabalharam e conseguiram debelar as chamas por volta das 13h50min | Foto: Observador Regional / Divulgação / CP

Um incêndio consumiu mais de dois hectares de vegetação baixa numa área rural do município de Braga, na região Noroeste do Rio Grande do Sul, no início da tarde deste sábado. O fogo se iniciou às 12h30min numa mata nas margens do rio Braga e se alastrou rapidamente na área próxima à zona urbana, causando preocupação aos moradores que residem nas imediações, onde ocorreu o sinistro.

Populares se mobilizaram e trabalharam e conseguiram debelar as chamas por volta das 13h50min. O Corpo de Bombeiros de Três Passos foi acionado e foram até Braga, não havendo necessidade de sua intervenção pois as chamas já havia sido debeladas. Além do moradores, a Prefeitura disponibilizou tratares com graves para conter as chamas, evitando danos maiores ao meio ambiente.

O Corpo de Bombeiros de Três Passos alerta para o perigo de novos incêndios na região, em razão das pastagens e outros tipos de vegetação baixa estar seca, depois das fortes geadas ocorridas nos últimos 30 dias. As geadas queimaram a vegetação e agora, com tempo seco, o perigo de incêndios é iminente.

 

Fonte: Correio do Povo

Incêndio destrói residência em Três Passos

 

Uma casa foi consumida pelo fogo no início da madrugada desta quinta-feira, 1, em Três Passos. O sinistro aconteceu, por volta da 0h30, no bairro Sulserra.

No imóvel de madeira, encontravam-se dormindo um casal e três crianças. Eles perceberam o incêndio e conseguiram escapar há tempo, e ninguém ficou ferido.

O Corpo de Bombeiros foi acionado e compareceu ao local. A família ficou só com a roupa do corpo e precisa de ajuda, principalmente de roupas e de material escolar para as crianças de 11, 4 e 2 anos.

Contato para quem se dispor a ajudar: 55 9945-6135.

 

Fonte/Foto: TP News

Plantação de trigo foi incendiada no interior de Três de Maio

Dário Kaiser / Arquivo Pessoal

Uma plantação de trigo recém-semeada através de plantio direto, ou seja, plantada na palha do milho colhido há poucos dias foi incendiada duas vezes nos últimos dias na localidade de Santa Lúcia no interior de Três de Maio.

Segundo o produtor rural Dário Kaiser o primeiro incêndio ocorreu na segunda-feira 8 de julho, logo após ter sido semeado o trigo no sábado. O segundo incêndio teria ocorrido nesta quinta-feira 11 de julho.

O agricultor argumenta que se trata de incêndio criminoso e registrou o caso na DP de Três de Maio.

O Corpo de Bombeiros foi acionado para controlar o incêndio.

Fonte: Observador Regional

Corpo de Bombeiros atende ocorrência de incêndio no interior de Tiradentes do Sul

Fato aconteceu no sábado

Foto: Facebook/Reprodução

Por volta das 21h50 de sábado, 6, o Corpo de Bombeiros de Três Passos se deslocou até a vila de Alto Uruguai, no interior de Tiradentes do Sul, para atender uma ocorrência de incêndio em uma residência.

Conforme um familiar, a casa de madeira, de 40 metros quadrados, foi atingida pelas chamas. A moradora da casa é portadora de necessidades especiais. Não houve feridos.

Familiares pedem doações

Venho pedir em meu nome e de minha mãe que quem quiser ajudar a minha avó Ilena com doações do que for, pois ontem a casa dela pegou fogo e ela perdeu tudo!

No momento ela está internada, por causa que tem problemas mentais, mais já está calma e bem.

Qualquer coisa pode entrar em contato comigo pelo watts:(55)997181665 ou aqui mesmo pelo Facebook.

Fonte: TP News

Ameaça de incêndio provoca correria e pânico no Hospital de Tenente Portela

O incêndio iniciou na viação de uma central telefônica, mas foi rapidamente controlado

Foto: Jalmo Fornari/Arquivo

Uma ameaça de incêndio em uma central telefônica causou pânico e corre-corre, na noite desta terça-feira, 2, no Hospital Santo Antônio de Tenente Portela.

Segundo as informações, a fiação de uma central telefônica no setor de oftalmologia acabou pegando fogo, e gerou bastante fumaça, mas foi rapidamente controlado pela equipe do próprio hospital, sem maiores problemas.

O jornalista Jalmo Fornari, que está internado na casa de saúde, relatou como testemunha ocular a movimentação internamente na instituição:

Um início de incêndio no setor de oftalmologia do HSA provocou uma operação de evacuação dos pacientes. A médica entrou séria no quarto e perguntou se alguém estava em pós-operatório e se podíamos caminhar. Explicou que havia um incêndio no prédio. Mal terminou as palavras sentimos o cheiro forte de fios e borracha queimada.

No corredor, senhores de pijamas, senhoras de camisolas e enfermeiros tremendo… Mal perguntei a direção que deveríamos ir, vozes soaram…

– Para a sala de emergência no térreo disse uma.

A outra:

-Calma! Calma! Está controlado … foi o no break na sala de computadores!

Voltamos para o quarto. Dois minutos após entram duas enfermeiras. Uma delas com a voz tremida disse:

-Pelo sim, pelo não… vamos evacuar o prédio!

Novamente no corredor, misturados com torres de sustentação de litros de soros e mangueiras ainda presas nos braços, a voz da cautela se faz ouvir:

-É só fumaça! Voltem para os quartos.

Na tv Galvão Bueno falava…”Dez minutos deste Brasil e Argentina emocionante…”

Foi por pouco, muito pouco, ainda disse o Galvão Bueno.

Fonte: Jornal Província