Posts

Caminhão desgovernado atinge muro de residência em Horizontina

Fato aconteceu na manhã desta segunda

Um caminhão pertencente a uma distribuidora de produtos alimentícios desgovernado, atingiu o muro e cercado de uma casa na manhã desta segunda-feira, dia 19, em Horizontina.

Foi na Rua Dahne de Abreu uma das mais movimentadas da cidade, próximo ao Posto Ipiranga. Do acidente, por sorte somente danos materiais. Por pouco o caminhão desviou de um poste de energia elétrica.

A remoção do veículo e a reparação dos prejuízos foram assumidas pelos proprietários do veículo, que teria, ao que tudo indica apresentado problemas mecânicos.

A Brigada Militar esteve no local orientando as partes.

 

Folha Cidade

Prefeitura de Crissiumal inicia manutenção da ERS-305, no trecho entre Crissiumal e Horizontina

Obras tiveram início nesta segunda

A Prefeitura Municipal de Crissiumal, através da Secretaria de Obras Públicas, segue realizando efetivamente os trabalhos de manutenção da ERS 305, cumprindo o que foi acordado por meio do Termo de Parceria, firmado no início do mês de junho, com o DAER (Departamento de Estradas de Rodagem).

O Convênio autoriza o Município a efetuar uma manutenção básica e emergencial da rodovia, que é de competência do Estado, dentro do território crissiumalense, ou seja, até o limite com os municípios vizinhos (Três Passos e Horizontina). O acordo foi estabelecido, considerando a necessidade imediata de recuperação da rodovia, a qual não possuía mais condições de trafegabilidade.

Após, a execução dos serviços de recuperação da rodovia, no trecho que liga à Três Passos, a equipe de máquinas da Secretaria de Obras, direcionou seus trabalhos para o trecho da ERS 305, que dá acesso ao município de Horizontina. O serviço de manutenção teve início na tarde desta segunda-feira (12), com o patrolamento e compactação do material na via.

De acordo com o secretário de Obras Públicas, Claudiomiro Thies, que acompanha os serviços, a manutenção da rodovia deve seguir ativamente durante toda a semana, com o apoio de seis motoniveladoras, rolo compactador e roçadeira, que efetua a limpeza das margens da pista.

A expectativa é que as condições climáticas sejam favoráveis, para que as equipes possam executar o serviço com mais eficiência.

Por: Andréia Cristina Queiroz

Rádio Metrópole

 

 

Vice-prefeito de Horizontina comemora ampliação da fábrica da John Deere

Reprodução/Internet

O vice-prefeito de Horizontina, Jones Jehn da Cunha, disse que a cidade está comemorando a confirmação da ampliação da fábrica da John Deere. Atualmente, são dois mil empregados e o investimento, anunciado pelo presidente Paulo Hertmann, dá tranquilidade para os horizontinenses, que viviam com a constante ameaça de a multinacional americana transferir a planta para outra cidade, como aconteceu em 2008 com a fábrica de tratores, que foi para Montenegro, tirando 715 empregos locais.

O investimento, que segundo a assessoria de comunicação do deputado estadual Ernani Polo (PP) deve chegar a R$ 100 milhões, está em fase final de estudos de acordo com o plano que orienta os novos produtos que a marca americana lançará nos próximos cinco anos. Atualmente, são produzidos três modelos de plantadeira e sete de colheitadeira.

A ampliação, que será 90% voltada para o mercado interno e o restante para exportações, depende apenas de um acordo com o governo do Estado para a construção de um novo acesso à fábrica. A John Deere negocia uma compensação tributária para assumir os custos da obra, de 10 quilômetros.

Conforme Cunha, a empresa já adquiriu uma nova área no distrito industrial da cidade para as áreas de logística, expedição e recebimento de matérias-primas.

– Estamos comemorando o resultado positivo da negociação que iniciou em 2017, embora a notícia ainda seja preliminar. Dentro daquilo que era possível, nós buscamos a manutenção da empresa em Horizontina, pois a John Deere representa 90% do ICMS do município. Agora, com a ampliação da fábrica vamos ter mais emprego e investimentos em Horizontina – ressaltou Cunha.

Além disso, Cunha contou que a empresa deverá erguer na cidade o Museu da Soja, com investimento de cerca de R$ 20 milhões, onde antigamente funcionava a fábrica da SLC, adquirida pela multinacional.

*Com informações da Rádio Colonial

Atropelamento causa morte de ciclista em Horizontina

Foto: Simone Dahlem

Um homem de 57 anos morreu após atropelamento na tarde desta segunda-feira, dia 22, na Avenida Jorge Logemann, no Distrito Industrial de Horizontina.

Dárcio Elcidio Scherner conduzia uma bicicleta quando foi atingido por um GM Monza.

Ele chegou a ser socorrido pelo carro resgate do Corpo de Bombeiros até o Hospital Oswaldo Cruz – ABOCH, mas não resistiu aos ferimentos e faleceu.

A Brigada Militar esteve no local, bem como a Polícia Civil. O veículo foi recolhido para perícia.

As circunstâncias do acidente serão investigadas pela equipe da DP de Horizontina.

Fonte: Folha Cidade

Lideranças regionais solicitam informações sobre investimentos na manutenção da ERS 305

 

Informações são sobre  o investimentos na manutenção da ERS 305 de Horizontina até Crissiumal


Um grupo de lideranças da região se reuniu com o superintendente do DAER Ricardo Novroth, da 14ª Superintendência Regional – Santa Rosa, na última quinta-feira. O grupo solicitou o valor atualizado da obra de conclusão da ERS 305 de Horizontina até Crissiumal, e foi informado que é de R$ 21.610.177,35. Assim, a comissão, por intermédio da Federasul irá agendar uma reunião com o diretor geral do DAER para solicitar a atualização do projeto pelos técnicos do departamento para então unir forças junto à comunidade e bancadas políticas em busca de emendas para a conclusão dessa obra.

As lideranças também solicitaram informações sobre a contratação que está sendo realizada para manutenção da malha asfáltica da região e quais serão as prioridades para o investimento dos R$ 6.061.781,17 anunciados pelo governo do estado para a região noroeste. O engenheiro afirmou que com a efetivação da contratação será realizada, na microrregião, a recuperação da ERS 305 de Tuparendi a Horizontina, e a ERS 342 de Horizontina a Três de Maio.

Participaram do encontro, a presidente da ACIAP, Ana Santos, o vice-prefeito de Tucunduva, Fabrizio Gazzola, o vice-presidente regional da Federasul, Rubi  Artus, os vereadores de Crissiumal Renato Saling e Jardel Pagani, e de Três Passos, Arlei Tomazoni e o representante da ACI de Crissiumal, Jaime Rex.

Fonte: Aciap HZ

Parceria inédita entre Piratini e John Deere pode permitir investimento de R$ 100 mi em Horizontina

Multinacional agrícola pode construir acesso viário pendente em troca de abatimento de ICMS

Foto: Felipe Dalla Valle

Uma equação inédita envolvendo governo estadual e iniciativa privada pode destravar um investimento de R$ 100 milhões para ampliação e reformulação da fábrica da empresa John Deere, em Horizontina, no Norte gaúcho.

A multinacional pretende fazer o aporte financeiro, desde que sejam concluídas as obras de uma estrada que liga a fábrica até a ERS-342, principal rodovia de acesso à cidade. A construção do anel viário gira em torno de R$ 20 milhões. Diariamente, cerca de 200 caminhões percorrem o único acesso à fábrica tendo que passar pelo centro do município.

A unidade da John Deere comporta produzir até metade das colheitadeiras de grãos exportadas, hoje, a partir do Brasil, pela multinacional norte-americana. A fim de dar celeridade ao impasse, que se arrasta desde 2010, o deputado estadual Ernani Polo (PP) sugeriu que o contorno viário, de aproximadamente 8 quilômetros, seja construído pela empresa em troca de compensação tributária.

“Estes investimentos, na ordem de R$ 100 milhões, estão atrelados à realização deste pequeno contorno porque a empresa, com o investimento, vai aumentar a produção e automaticamente o fluxo de chegada e saída de caminhões. Nós levamos ao governador a ideia de que a empresa realizasse a obra e depois abatesse o valor investido em ICMS futuro”, explicou. De acordo com Ernani Polo, o governador Eduardo Leite recebeu com bons olhos a ideia.

Para dar solidez jurídica à proposta, a Procuradoria-Geral do Estado (PGE) já trabalha para definir como a iniciativa deve sair do papel, se via decreto ou projeto de lei. O parecer é previsto para os próximos dias. Se a sugestão avançar, a Secretaria da Fazenda fica incumbida de definir a forma e o período de abatimento do ICMS. Polo ressalta, ainda, que parcerias semelhantes entre o poder público e privado já foram realizadas no Paraná.

Apesar da transferência da produção de tratores da John Deere para unidade de Montenegro, o faturamento da empresa representa cerca de 70% das riquezas geradas em Horizontina.

Fonte: Rádio Guaíba

Prefeitura de Crissiumal firma convênio com o Daer e realizará manutenção na RSC-305, com recursos próprios

Após inúmeras tentativas frustradas na busca de soluções do Governo do Estado, para a realização de melhorias na rodovia RSC 305, uma das principais vias de acesso ao município de Crissiumal; o prefeito Roberto Bergmann arregaçou as mangas e buscou outras alternativas para a recuperação da estrada, considerando a extrema precariedade em que a mesma se encontra e a necessidade para o escoamento da produção agrícola das propriedades às margens da rodovia.

A alternativa mais imediata, considerada pelo Executivo crissiumalense, foi persistir na celebração de um Termo de Cooperação entre os governos Estadual e Municipal, com o propósito de possibilitar a intervenção do Município na efetuação de melhorias junto a RSC 305, nos trechos que ligam o município de Crissiumal à Horizontina e de Crissiumal à Três Passos.

Finalmente, após análise e aprovação da proposta do Executivo crissiumalese, por parte do Estado, na terça-feira, dia 11 de junho, o prefeito Bergmann, em incursão à capital gaúcha, assinou o Termo de Parceria entre o Município e o DAER – Departamento Autônomo de Estradas de Rodagem, para que Crissiumal possa executar o serviço de patrolamento e rolamento da via, em seu território.

Nessa luta, o prefeito Bergmann angariou muitos apoiadores, entre eles o Deputado Estadual Edson Brum, que acompanha junto ao DAER, cobrando agilidade para publicação, junto ao Diário Oficial, do Convênio de manutenção da rodovia RSC 305, firmado entre Prefeitura e DAER.

No entanto, vale ressaltar que a Prefeitura de Crissiumal irá efetuar a recuperação da rodovia, que é de inteira responsabilidade do governo estadual, somente uma única vez, não isentando o Estado de cumprir com o seu dever. O Termo firmado define que o Município realizará o serviço de manutenção na rodovia, com maquinário e recursos humanos próprios, permitindo que o Estado proceda com o processo de licitação e contratação de empresa para executar esse serviço, pois não compete ao Município a responsabilidade de manutenção da rodovia, por um período longo.

Por: Andréia Cristina Queiroz

Rádio Metrópole

Homem é preso por importunação sexual em Horizontina

Prisão ocorreu na manhã desta sexta

Foto: Divulgação

Na manhã desta sexta-feira, 31 de maio de 2019, um homem foi detido pelo pai de uma estudante no momento em que passou a mão nas partes íntimas de sua filha (menor de idade). Com a chegada dos policiais, o homem foi preso pelo crime de importunação sexual e conduzido a Delegacia de Policia e posteriormente ao Presídio de Santa Rosa.

Oportuno divulgar a criminalização dessa prática vexatória, à qual muitas mulheres eram expostas sem ter a responsabilização do agressor.

No segundo semestre de 2018, essa prática foi criminalizada conforme o Art. 215-A. da LEI 13.718/2018, pelo qual o agressor está sujeito a uma pena de reclusão de 1 a 5 anos, se o fato não constituir crime mais grave.

Denuncie!!!

Brigada Militar, a FORÇA da comunidade.

Rádio Metrópole

Réus são julgados por morte e ocultação de cadáver de mulher em 2015 em Horizontina

Restos mortais de Jaciele Daiane Silva dos Santos, na época com 22 anos, foram encontrados dentro de churrasqueira na casa onde os dois acusados moravam

Foto: Gabriel Mafra/TJ-RS

Os dois réus acusados pela morte e ocultação de cadáver de uma mulher de 22 anos em 2015, em Horizontina, são julgados pelo Tribunal do Júri nesta sexta-feira (26), no salão da Câmara de Vereadores do município do Noroeste do Rio Grande do Sul. Os restos mortais de Jaciele Daiane Silva dos Santos foram encontrados concretados dentro de uma churrasqueira na casa em que os homens moravam.

Um dos réus é o ex-namorado da vítima, Alan Diego Heissler. Ele responde por homicídio triplamente qualificado e ocultação de cadáver. O outro acusado é o irmão dele, Luis Felipe Heissler, que responde por ocultação de cadáver.

Pela manhã, foram ouvidas testemunhas de acusação. Depois, foi iniciado o interrogatório dos réus. A previsão é que o julgamento termine no fim da tarde. No Tribunal do Júri, pessoas que fazem parte da comunidade participam da sentença.

O caso

A Polícia Civil começou a investigar o caso após receber informação sobre o desaparecimento de Jaciele, em 5 de outubro daquele ano. Durante as investigações, os restos mortais dela foram encontrados concretados dentro da churrasqueira da casa dos então suspeitos. Peritos foram até o local e avaliaram que o corpo foi carbonizado e estava em avançado estágio de decomposição.

O relacionamento de Jaciele e Alan havia terminado há dois anos, mas o ex-namorado não aceitava a situação. Por conta das ameaças, a jovem denunciou o homem à polícia. Uma audiência estava marcada para o dia 14 de outubro daquele ano, e não ocorreu porque ela estava desaparecida.

Antes da separação, o casal ficou cerca de cinco anos junto. Segundo a mãe de Jaciele, Acilda Navete Silva dos Santos, o ex-namorado fazia ameaças de morte e rondava a casa da vítima.

Um dia após os restos mortais terem sido encontrados, os dois homens foram presos pelo crime. Primeiro, a polícia localizou Luis Felipe, durante a manhã de 23 de outubro. À tarde, Alan se apresentou na delegacia, acompanhado de um advogado. Eles passaram a cumprir prisão preventiva no Presídio Estadual de Santa Rosa.

ATUALIZADO 27/04:

O Tribunal do Júri considerou culpados os irmãos Alan Diego Heissler e Luís Felipe Heissler, pela morte de Jaciele Daiane Silva dos Santos, de 22 anos. O julgamento foi realizado, na sexta-feira (26), na Câmara de Vereadores de Horizontina, no Noroeste do Rio Grande do Sul.

Os restos mortais de Jaciele foram encontrados concretados dentro de uma churrasqueira na casa em que os homens moravam.

Alan Diego Heissler é ex-namorado da vítima. O Juiz Danilo José Schneider Júnior, titular da 1ª Vara Judicial do Foro da Comarca, fixou pena de 22 anos e seis meses de reclusão em regime inicial fechado. Ele foi condenado por homicídio qualificado por motivo torpe, mediante simulação e feminicídio, além de ocultação de cadáver. Alan deve permanecer preso, decretou o magistrado.

O irmão dele, Luís Felipe, respondeu pelo crime de ocultação de cadáver e a pena foi estabelecida em dois anos, seis meses e 10 dias de reclusão. A pena foi substituída por Prestação de Serviços à Comunidade e pagamento de dois salários mínimos.

Fonte: G1 RS

Protesto na RS-305 trecho Horizontina/Crissiumal

Bananeira foi plantada em buraco

Divulgação

As obras de asfaltamento da ERS-305 que liga Horizontina a Crissiumal anunciadas havia quase 30 anos, nunca concluídas pelo governo do Estado, encurtando o caminho das regiões Noroeste e Fronteira Oeste com o Estado de Santa Catarina e São Paulo havia de anos transtornam a vida dos usuários e travam o desenvolvimento.

Nos últimos meses nem mesmo a manutenção está sendo feita no trecho já pavimentado nas localidades de Bela Vista e Boa Vista no interior de Horizontina. O restante do trecho é com a estrada encascalhada, e que seguidamente obriga prefeitos, vereadores, associações comerciais, empresas transportadoras e até a imprensa a cobrar forte do Daer para que haja uma simples ação de nivelamento.

Nas últimas horas o protesto está presente no leito da rodovia. Pés robustos de bananeiras foram transplantados dentro das crateras existentes na pista, que por meses obrigam os motoristas a andar em zig-zag.

Usuários relatam que na base da estrada que já começa a deteriora-se, está solta e se chover é possível que as mudas peguem e diante da morosidade do governo, serão capazes de produzir.

As respostas governamentais tem sido as mesmas tanto de governos que saem, quanto dos governos que entram. Não há recursos, o Estado está em crise, não há previsão de retomada das obras.

 

Fonte: Jornal Folha Cidade