Posts

Mais de 95% das crianças brasileiras frequentam escola, diz pesquisa

O Fundo das Nações Unidas para a Infância (Unicef) lançou hoje (12) um estudo que mostra os impactos da Convenção sobre os Direitos da Criança na população brasileira. O levantamento aponta que 95,3% das crianças e adolescentes entre 4 e 17 anos frequentam regularmente a escola.

Houve uma queda de 71% da mortalidade infantil em crianças brasileiras desde a década de 90, índice bem acima da meta estipulada pela Unicef, que era de 33%. No entanto, o estudo mostra que a violência se tornou um problema abrangente para os jovens, principalmente os que pertencem a minorias étnicas ou grupos vulneráveis.

Sobrepeso e obesidade

Baixos teores de vitaminas em alimentos ultraprocessados – aqueles que possuem uma alta concentração de conservantes, açúcares e gordura e que são prontos para consumo imediato – representam um risco para todos os grupos de renda, em todas as regiões do Brasil, de acordo com o levantamento.

A falta de uma rotina de exercícios físicos para crianças e jovens também é um fator importante na questão do excesso de peso da população jovem brasileira. Entre adolescentes, 17,1% estão com sobrepeso, e 8,4% são considerados obesos.

Brasília – Alunos da rede pública de ensino do DF realizam atividades de educação ambiental na Escola da Natureza.( Marcelo Camargo/Agência Brasil)

Água e saneamento

Os dados da pesquisa evidenciam também que o acesso à água potável ainda não é universal.

O índice de atendimento de água em território nacional é de 83,3%, mas o acesso nos estados do Acre, Pará, Rondônia e Amapá chega a 50% da população.

O índice de atendimento de redes de esgoto é ainda mais alarmante: apenas 51,9% dos brasileiros têm esgoto tratado e acesso ao escoamento, o que afeta diretamente a saúde dos jovens.

Violência sexual

O Programa Nacional de Enfrentamento da Violência Sexual contra Crianças e Adolescentes (Pnevsca), que reúne iniciativas como o Disque 100, e o Plano de Ações Integradas e Referenciais de Enfrentamento à Violência Sexual, Infanto-Juvenil no Território Brasileiro (Pair) foram considerados como ações positivas no enfrentamento à violência contra crianças e jovens, de acordo com o estudo.

Mas o cenário ainda é considerado crítico. Segundo dados do Disque 100, negligência (72,7%) e violência psicológica (48,8%), física (40,6%) e sexual (22,4%) foram os tipos de violação contra crianças e adolescentes mais frequentes.

Desafios para o futuro

De acordo com o Unicef, a chamada “crise climática” e o aumento da incidência de doenças mentais em jovens são pautas importantes para os próximos anos.

O relatório aponta, ainda, que há uma crescente queda na imunização infantil, o que pode acarretar em surtos de doenças consideradas sob controle ou totalmente erradicadas, como é o caso do sarampo.

A publicação do estudo marca os 30 anos da ratificação do tratado do Unicef, que também foi assinado por outros 195 países e é considerado o tratado internacional de maior abrangência do mundo.

*Agencia Brasil

Abelhas atacam crianças em escola de Santa Maria

Vítimas foram atendidas pelo Samu

Um enxame de abelhas atacou crianças que chegavam na Escola Divina Providência na manhã desta sexta-feira. A instituição fica na avenida Independência com a rua Ernesto Beck, na região Oeste de Santa Maria. Os insetos, segundo informações do Corpo de Bombeiros, estavam em três caixas na Escola Pão dos Pobres, que fica na lateral da Escola Divina Providência.

Segundo os bombeiros, alguém teria mexido em uma das caixas, o que provocou o deslocamento das abelhas em direção a escola. O pai de um aluno tentou espantar os insetos e foi atacado. Um funcionário da instituição também foi atingido. Ambos foram atendidos pelo Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu).

O pai foi levado para o Pronto Atendimento e está em observação. Uma criança de dois anos e a mãe de um aluno também foram picados. Conforme a direção da Escola Pão dos Pobres, as abelhas serão retiradas na noite desta sexta do local.

 

Fonte: Renato Oliveira/CP

Crissiumal: Escola Ponche Verde divulga informações sobre matrículas para o ano de 2020

“É nossa História que faz a nossa Diferença”

Através de uma Ação Pedagógica Interdisciplinar construímos uma Escola participativa e decisiva na formação do Sujeito Social;

Somos destaque no esporte em várias modalidades em âmbito municipal, regional e estadual, assim como apresentamos desempenho avançado em Avaliações Externas: ENEM, SAERS, OLIMPÍADAS DAS ÁREAS DE CONHECIMENTO…;

Estamos entre as 10 escolas selecionadas pela 21ª CRE como Escola Piloto para implantação do Novo Ensino Médio no RS;

Recebemos o Selo de Escola INOVADORA pela 21ª CRE;

Promovemos a produção do conhecimento por meio da inovação e do protagonismo de nossos Educandos.

“ Venha você também fazer parte desta História…”

INSCRIÇÕES:

As inscrições para ingresso de alunos novos no 1º ano do Ensino Médio devem ser realizadas no período de 1º a 24 de novembro de 2019, no site www.educacao.rs.gov.br ou na Secretaria da Escola (trazer RG e CPF).

Rematrículas e transferências:

Maiores informações na Secretaria da Escola ou pelo fone: 3524-1270.

 

Crissiumal: Escola Rocha Pombo divulga calendário para o ano de 2020

 Inscrições on-line, matrículas e rematrículas

 

A Escola Estadual de Ensino Médio Rocha Pombo foi criada há 80 anos, foram muitos anos de luta, aprendizado, conquistas. A cada ano o educandário se destaca mais na comunidade crissiumalense, com muitas novidades, novos conhecimentos e principalmente comprometido com a educação de qualidade.   Todas as ações e projetos desenvolvidos pela escola são pensados e organizados com muito carinho e voltados ao aprendizado dos alunos, para que cada um dos educandos cresça com responsabilidade e compromisso com sua vida e de outrem.

 A escola conta atualmente com os turnos da manhã e tarde. Com turmas que vão desde as Séries Iniciais até o 3º ano do Ensino Médio e aproximadamente 230 alunos. A escola está situada próximo ao centro de nossa cidade e conta com uma bela estrutura física, distribuída em toda uma quadra, com campo de Futebol Sete, quadro de areia, quadra de esportes e praça toda organizada para receber seus alunos. Além de laboratório de informática, laboratório de ciências e biblioteca. A proposta pedagógica da escola está voltada a todas as áreas do conhecimento fazendo com que seus educandos as percebam em uma perspectiva interdisciplinar, já que a contribuição de todas é fundamental para a não fragmentação do conhecimento, valorizando todas as formas de expressão.

 O corpo docente da escola tem como objetivo a educação inovadora e o ensino de qualidade e é formado por professores capacitados, com larga experiência na área da educação e com visão plena voltada à filosofia da mesma, onde o mais importante é “educar-se na liberdade com responsabilidade, desenvolvendo a humanização e a autonomia mútua, para a construção de valores que promovam a vida,”

A diretora da escola Rocha Pombo, professora Roseli Vianna, divulgou na tarde dessa segunda-feira, o calendário da escola para o ano que vem, conforme a Portaria 255/2019, publicada no Diário Oficial do Estado no dia 18 de Outubro do corrente ano e que estabelece critérios e procedimentos para a realização de matrículas e afins para o ano de 2020 e que ficou assim definido:

  • As inscrições para ingresso de alunos novos no 1º ano do Ensino Médio serão realizadas no período de 1º a 24 de novembro de 2019, mediante o preenchimento da ficha de inscrição disponível no endereço eletrônico http://educacao.rs.gov.br ou na secretaria da escola.
  • A rematrícula dos alunos para o ano letivo de 2020 é obrigatória para todas as etapas e modalidades de Ensino. Deve ser realizada no período de 28 de outubro a 27 de novembro de 2019, na secretaria da escola. Os pais ou responsáveis devem trazer documento de identificação com foto e comprovante de residência.

O Conselho Escolar juntamente com o CPM-Círculo de Pais e Mestres da escola, convoca aos pais ou responsáveis de seus alunos para realizarem, na secretaria da escola, a confirmação da rematrícula nas datas acima citadas. Também, convida novos alunos que queiram fazer parte dessa grandiosa história a realizarem a inscrição on-line para o 1º ano do ensino médio, no período de 28/10 a 27/11/2019.

Venha conhecer a estrutura e proposta pedagógica da Escola Rocha Pombo.

Maiores informações na secretaria da escola ou pelo telefone 3524-1460.

 

 

 

Lei que inclui a erva-mate na merenda escolar no Rio Grande do Sul é sancionada

Incêndio atinge escola em Santa Lúcia, Nova Candelária

Sinistro aconteceu na noite desta terça

Foto: Fábio Conrad

Um incêndio atingiu a Escola Papa Pio XII da localidade de Santa Lúcia, interior de Nova Candelária no início da noite desta terça-feira (o1/10).

O crissiumalense Fábio Júnior Conrad que passava no local no momento em que ocorria o sinistro, transmitiu ao vivo no seu perfil do Facebook parte do combate às chamas.

O Corpo de bombeiros de Três de Maio foi acionado, porém quando chegou as chamas já haviam sido apagadas por populares.

As causas do incêndio serão apuradas.

Veja o vídeo no link :

https://www.facebook.com/PresbiteroFabioJunior/videos/2217542825019045/

A Prefeitura de Nova Candelária emitiu uma nota em seu Facebook, confira:

ATENÇÃO COMUNIDADE DE NOVA CANDELÁRIA!

“A notícia sobre o incêndio na Escola Papa Pio XII foi divulgada rapidamente pelas redes sociais e é verdadeira.

O fogo iniciou na casinha de brinquedos, queimando o espaço totalmente e alcançando uma parte da aba da primeira sala de aula.

Os moradores foram rápidos e trabalharam para conter as chamas. O sinistro foi rapidamente controlado. O corpo de bombeiros foi acionado e está averiguando o local, para avaliar se há riscos de recomeçar, mas de momento, não há mais chamas em nenhum espaço da escola.

O Prefeito Renato Antonio Müller esteve no local, assim como alguns secretários municipais, que agradecem aos munícipes que auxiliaram no combate às chamas.

As causas serão investigadas e mais informações serão divulgadas oportunamente.

 

Fotos especiais enviadas  para a Rádio Metrópole nesta quarta-feira (02), mostram a escola após o sinistro.

Um sexto das crianças em idade escolar não vão à aula, diz ONU

Cerca de 258 milhões de crianças e adolescentes de entre 6 e 17 anos em todo o mundo não frequentam a escola, segundo dados

Cerca de 258 milhões de crianças e adolescentes de entre 6 e 17 anos em todo o mundo, um sexto do total, não frequentam a escola, segundo dados de 2018 publicados nesta sexta-feira pela Organização das Nações Unidas (ONU).

Durante mais de uma década, o progresso na escolaridade foi “mínimo ou zero”, explicou a Organização das Nações Unidas para a Educação, Ciência e Cultura (Unesco) em comunicado, alertando que “se não forem tomadas medidas urgentes, 12 milhões de crianças nunca verão o interior de uma sala de aula”.

Com esses dados – indicou a UNESCO – será muito difícil alcançar uma educação inclusiva e de qualidade disponível para todos, um dos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS) que a comunidade internacional acordou concretizar até 2030.

A diferença entre países ricos e pobres é evidente quando se observa que, enquanto nos primeiros 2% das crianças em idade escolar primária (entre 6 e 11 anos) não estão na escola, nos segundos são 19%.

Essas diferenças são ainda maiores nos níveis superiores: em comparação com 8% dos jovens de 15 e 17 anos que não frequentam a escola nos países desenvolvidos, a proporção é de 61% nos países em desenvolvimento.

A diretora-geral da Unesco, Audrey Azoulay, explicou que as meninas “continuam a ser vítimas dos maiores obstáculos”, uma vez que estima-se que haverá 9 milhões que nem sequer vão para o ensino primário, face a 3 milhões de rapazes.

Dessas 9 milhões de meninas não escolarizadas, 4 milhões vivem na África subsaariana, onde a situação é “ainda mais preocupante”, assinalou Azoulay ao condiderar que é necessário fazer da educação de mulheres e meninas a “maior prioridade”.

Estas estatísticas foram divulgadas uma semana antes da realização da Assembleia-Geral das Nações Unidas, que deve analisar os progressos nos ODS e abordar o financiamento necessário para colocá-los em prática.

Fonte: Agência Brasil

Alunos do 8° ano da E.M.E.F. Rotermund produzem Jornal Estudantil

 

Apresentadoras

As alunas do 8º ano do turno da manhã da Escola Municipal de Ensino Fundamental Rotermund divulgaram  na tarde desta segunda-feira, dia 29 de julho de 2019,  no canal do YouTube, seu Jornal Estudantil.

A produção foi coordenada pela professora Juliana Foesch.

As reportagens envolviam aspectos sobre a história do município, pontos turísticos, economia e curiosidades.

Participaram do Jornal, como apresentadoras: Camila Schumann e Luiza Zimmermann. Repórteres: Amanda de Carvalho, Bianca Maurer, Camila Maronez, Latifa da Silveira e Tainá Silva.

Repórteres -Montagem de imagens Metrópole

 

O vídeo pode ser visto no link abaixo:

Rádio Metrópole

Brigada Militar prende autor de furto qualificado em Coronel Bicaco

 

Foto: BM/ Divulgação

Na manhã desta segunda-feira (24/06),  uma guarnição da Brigada Militar prendeu por volta das 10h30, um homem por furto qualificado em uma escola no município de Coronel Bicaco.

Um indivíduo adentrou na secretaria de uma escola e furtou um talão de cheques que estava na mesa. Professores da escola avistaram ele de posse do talão e avisaram a Brigada Militar que afetuou a prisão do homem em frente ao Banrisul tentando trocar uma das folhas do talão de cheques.

Rádio Metrópole

Crissiumal realiza ações dos Programas de Saúde na Escola e Programa Crescer Saudável

Cronograma criado fará com que toda semana um profissional de saúde visite e realize ações

A Secretaria Municipal de Saúde em parceria com a Secretaria de Educação e Cultura está realizando ações com a proposta de promover a atenção em saúde e prevenção de diversas doenças e agravos com relação a saúde pública, junto às escolas de todo o município de Crissiumal. As ações estão sendo desenvolvidas, através do Programa Saúde na Escola (PSE) e do Programa Crescer Saudável.

De acordo com a Secretária de Saúde, Suelen Cocco, as atividades destes dois Programas, que estão sendo realizadas em cooperação entre as duas Secretarias, são desenvolvidas por todos os profissionais de saúde, em todas as escolas da rede municipal e estadual do município. As ações envolvem temas, como: higiene corporal, saúde bucal, alimentação saudável, avaliação visual, sexualidade, bullying, combate ao mosquito aedes aegypti, dentre outros temas, dos quais as escolas solicitam que sejam abordados e a Secretaria de Educação avalia como assuntos relevantes a ser trabalhados.

O cronograma criado pela Secretaria de Saúde fará com que toda semana um profissional de saúde visite e realize ações a um educandário. Ainda, segundo Suelen é importante que os pais e familiares tenham conhecimento de que profissionais da Secretaria de Saúde estão frequentando as escolas para trabalhar algumas temáticas, destacando o cuidado e a preocupação da Administração Municipal, com a saúde de todos os crissiumalenses. “É muito gratificante poder realizar o trabalho de prevenção, principalmente, com crianças e adolescentes; os quais podemos mudar alguns hábitos de vida e evitar doenças futuras. Esse envolvimento entre escola e saúde, vem para firmar o objetivo das Estratégias de Saúde da Família e promover mais qualidade de vida a população”, destaca Suelen.

PSE visa à integração e articulação permanente da educação e da saúde, proporcionando melhoria da qualidade de vida da população brasileira, com o objetivo de contribuir para a formação integral dos estudantes por meio de ações de promoção, prevenção e atenção à saúde, com vistas ao enfrentamento das vulnerabilidades que comprometem o pleno desenvolvimento de crianças e jovens da rede pública de ensino.

O Programa Crescer Saudável consiste em um conjunto de ações articuladas, a serem implementadas na Rede de Atenção à Saúde do SUS, para garantir o adequado acompanhamento do crescimento e desenvolvimento na infância, com o objetivo de contribuir com a prevenção, controle e tratamento da obesidade infantil. Essas ações abrangem os cuidados relativos à alimentação e nutrição voltados à promoção e proteção da saúde, diagnóstico e tratamento da obesidade, incentivo à prática corporal e de atividade física e por ações voltadas à mudança de comportamento.

 A Escola é a área institucional privilegiada deste encontro da educação e da saúde: espaço para a convivência social e para o estabelecimento de relações favoráveis à promoção da saúde pelo viés de uma Educação Integral.

Por: Andréia Cristina Queiroz – Assessoria de Imprensa da Prefeitura de Crissiumal