Posts

Agradecimento da família de Izolte Maria Marmitt Schmidt

 

Izolte faleceu dia 26 de agosto de 2019 com a idade de 74 anos, 2 meses e 15 dias

Os familiares da sempre lembrada Izolte Maria Marmitt Schmidt ainda consternados com o repentino falecimento da mesma, ocorrido no último dia 26 de agosto de 2019, às 08h no Hospital de Boa Vista do Buricá, vem a público prestar seus mais sinceros agradecimentos:

Aos amigos, vizinhos e conhecidos que tão rapidamente prestaram os primeiros socorros e auxílios naquela hora de dor;

A Dra. Raiara Leite Rambo e enfermeiras do Hospital de BVB pelo pronto atendimento prestado.

A Secretária da Saúde e equipe do Posto de Saúde de Nova Candelária pelos serviços prestados;

A funerária Mildner de Boa Vista do Buricá pelos serviços prestados;

Aos bons vizinhos pela disposição em auxiliar a família neste momento difícil de dor, não citando nomes para não correr o risco de esquecer alguém, a todos nosso eterno agradecimento;

Ao Padre Gilberto da Paróquia de Crissiumal pela missa de corpo presente e missa de sétimo dia;

Pela equipe de liturgia da Capela de Santa Lúcia;

Aos ministros extraordinários da eucaristia pelos serviços prestados na encomendação do corpo no cemitério e pela reza do tríduo;

Aos coveiros pelos serviços prestados;

A solidariedade prestada pelos colaboradores e direção da Sicredi Noroeste;

Pelas homenagens prestadas pelos CPM’s, professores, funcionários e alunos das escolas Nossa Senhora da Purificação e Papa Pio XII, a nossa eterna gratidão;

Ao Piquete Marca da Ferradura de Nova Candelária pela homenagem prestada a sua associada;

A Sociedade de Damas Orquídea de Santa Lúcia pela homenagem prestada;

Ao Treze de Maio de Santa Lúcia pela homenagem;

Ao Grupo de Amigas do Copo Liso pela homenagem;

Ao Grupo de Amigos Dehonianos de Curitiba;

A Comunidade de Santa Lúcia pela cedência do salão e últimas homenagens prestadas;

Aos que a homenagearam com coroas e flores;

Enfim, a todos que de uma forma ou de outra ajudaram naquela hora tão difícil.

A todos nossa eterna gratidão!

Izolte Maria Marmitt Schmidt, nasceu em Taquari aos 11 dias de Junho de 1945 e aos 3 anos veio a residir em Crissiumal junto com seus  pais e irmãos. Esteve casada durante 51 anos com João Anselmo. Faleceu com a idade de 74 anos, 2 meses e 15 dias, deixando na saudade seu esposo João Anselmo; seus 3 filhos: Jaime, César e Jorge; noras: Nelci, Rejane e Mariane, 5 netos: William, Ray, Thaís, Nicholas e Paula, seus 2 irmãos e 7 irmãs, cunhados, cunhadas, sobrinhos, sobrinhas também seus demais parentes e um vasto círculo de amigas e amigos.

A família agradece a todos que participaram das rezas de encomendação, da Missa de Corpo Presente, do Tríduo e da Missa de Sétimo Dia que realizou-se no domingo dia 1º de Setembro às 10h na Capela de Santa Lúcia.

Mensagem:

Querida esposa, mãe, sogra e avó Izolte! A saudade que sentimos é grande, mas sabemos que agora estás junto ao Pai Eterno zelando por nós, como fazias sempre. Tua imagem bondosa se manterá viva para sempre. Amor ao próximo e a Deus são exemplos que nos deixaste e isso o tempo não apagará; partistes e nós ficamos a chorar a tua perda. Um sentimento de vazio, pesar se instalou em nós. Pedimos a Deus que nos conforte e nos mostre sempre o caminho que querias que seguíssemos. Sempre foste corajosa, honesta e fiel. Teus planos e sonhos foram repentinamente interrompidos pala sábia mão de Deus e resta-nos agora, nos conformar. Jesus disse: “Eu sou o caminho, a verdade a vida, quem me seguir, mesmo que morra ,viverá.

Mãe, avó, sogra e companheira Izolte, ficarás sempre na nossa lembrança sua eterna incansável dedicação pelo bem estar de sua família e seus entes queridos, sua alegria, suas risadas inconfundíveis e alegria que esbanjava entre seus familiares.

Da família enlutada.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Agradecimento da família de Vitória Erna Steindorff Prunzel

foto agradecimento

Vitória Erna Steindorff Prunzel faleceu no dia 05 de Fevereiro de 2017

Celení Prunzel Kamphorst e família, Leuri Prunzel e família, ainda sensibilizados com o falecimento de Vitória Erna Steindorff Prunzel , ocorrido no dia 05 de Fevereiro à 1h e 30min. Aos 88 anos e 1 dia no HCC, vem por meio deste agradecer ao Clube 13 de Maio pela cedência do local, as Sociedades de Damas e Cavalheiros 1º de Maio, ao grupo de Idosos Somos Felizes da Barra do Santo Antônio; às cozinheiras pelas refeições; a equipe de enfermagem e ao médico Dr. Bonotto do Hcc; à funerária Lermen pelos serviços prestados; aos meios de comunicação pela divulgação; ao pastor Volmir e esposa Taís; aos vizinhos e amigos pelas palavras de fé e conforto. Enfim, não citando nomes para não ocorrer o erro de esquecer alguém. A todos o nosso muito obrigado!

      Vitória Erna Steindorff Prunzel nasceu no dia 04 de Fevereiro de 1929 em São Pedro do Sul, casou-se com Edmundo Adolfo Prunzel ( em memória há 38 anos) em Vila Clara município de General Vargas onde residiram por 3 anos. Em 1953 vieram à residir no município de Crissiumal na localidade de Linha Concórdia. Deste matrimônio tiveram 2 filhos, Celení e Leuri, 4 netos, Cledí Ivete ( em memória), Alberi Gilmar, Joice e Jociane, 2 bisnetos Jonathan e Jéssica e 1 tataraneto Matheus Henrique.

      Externamos a nossa mais profunda gratidão à todos que compareceram para o último Adeus. Para todos nós ficam os ensinamentos, o amor, a conduta, a honestidade, o trabalho e principalmente o que devemos ter a frente de todos os nossos atos: Deus.

      Vitória Erna Steindorff Prunzel deixou enlutados: 2 filhos, 1 genro, 1 nora, 3 netos, 2 bisnetos, 1 tataraneto, 2 irmãs, cunhados, cunhadas e um vasto círculo de parentes e amigos.

     A família enlutada convida para o culto em memória à Vitória Erna Steindorff Prunzel marcado para o dia 26 de Março de 2017, às 09:00 horas na Igreja Evangélica Congregacional de Santo Antônio.

 

Mensagem:

Deus é o nosso refúgio e fortaleza, socorro bem presente nas tribulações. Portanto não temeremos ainda que a terra se transforme e os montes se abalem no seio dos mares. O Senhor dos exércitos está conosco; o Deus de Jacó é o nosso refúgio. Salmo 46 versículos 1,2 e 11.

Áudio:

Para ouvir pause o player da programação AO VIVO localizada no canto inferior esquerdo da tela.

Fonte: Rádio Metrópole

Nota de Agradecimento da família de Julita Maria Conrad

foto-agradecimento

Julita Maria Conrad faleceu dia31 de Dezembro de 2016

Os filhos de Julita Maria Conrad vêm ao público agradecer ao Dr. OmiltonBonotto bem como toda equipe de enfermagem do Hospital de Caridade de Crissiumal pelo bom atendimento que prestaram para a vó Julita, não citando nomes para não ocorrer o erro de esquecer alguém. Aos bons vizinhos pelas palavras de conforto; à funerária Zillmer pelo serviço prestado, ao Padre Miguel e a ministra Verônica pelas lindas palavras de fé e consolo naquele momento de dor, ao Apostolado da oração pela reza na missa; ao Grupo de Idosos Paz e Alegria, à Sociedade de Damas Progresso da Cidade e Damas Flamengo da Zona Grün pelas últimas homenagens proferidas a vó Julita; Enfim, agradecimento a todos que de uma forma ou outra estiveram ao lado da família enlutada naquele momento tão difícil. A todos o nosso muito obrigado!

 

Julita Maria Conrad nasceu no dia 16 de Outubro de 1929, e veio a falecer no dia 31 de Dezembro de 2016, contava com a idade de 87 anos, 2 meses e 15 dias. Deixou enlutados: 10 filhos, 5 genros, 5 noras, netos e bisnetos e um vasto círculo de parentes e amigos. Sendo que o esposo Edgar já lhe antecedeu na morte.

A família convida a todos os parentes e amigos para a missa de 7º dia que será realizada no dia 07 de Janeiro (sábado) às 18:00 horas na Igreja Matriz.

 

 

Mensagem:

Um dia vim ao mundo, cresci, formei uma família, passei por momentos felizes e também por grandes dificuldades. Mas sempre, aceitei a vontade de Deus. Deus me chamou e eu respondi: “Aqui estou.’’ Parti. Deixei meus familiares tristes, mas fui alegre, agradecendo ao Altíssimo por tudo o que Ele fez e me deu de bom grado nesta vida terrena. O que me resta é pedir que rezem por mim e por todos os meus familiares, para que tenham um novo ânimo e esperanças; e eu, rogarei a Deus por todos vocês,  junto a Glória Celestial, e tenho certeza de que um dia vocês estarão comigo junto ao Pai do Céu.

Querida vovó Julita! Muito obrigada por tudo, nossa matriarca à quem devemos a vida e que permanecerá para sempre em nosso corações. Muito obrigada!

Fonte: Rádio Metrópole

Nota de agradecimento da família de Nilo Olavo Schmidt

 

1604715_412328285567897_73223938_n-1

Nilo Olavo Schmidt faleceu no dia 22.12.16

A esposa Ingue Marlene Schmidt, filho Gastão Seifert Schmidt, ainda consternardos com a perda do esposo e pai NILO OLAVO SCHMIDT, vem através deste agradecer aos médicos Dr. Bonotto, Dr. Glicério, a equipe de enfermagem e funcionários do Hospital de Caridade de Crissiumal, aos padres Miguel e Anésio pelas palavras de fé, as ministras Marlene Massmann e Marlene Vetorello pelos atos fúnebres e também aos ministros pelas visitas durante a sua enfermidade no H.C.C., a funerária Zillmer pelos serviços prestados,  ao grupo Paz e Alegria, ao Grêmio Colonial de Bela Vista pela presença no velório, a Empresa Mirim  pela cedência do transporte, ao Antonio e Claudia Giraldi  pela ajuda prestada, enfim a todos os familiares, vizinhos e amigos, que se fizeram presente naquele momento de dor, apoiando a família enlutada com gestos ou palavras de consolo.

O nosso muito obrigado.

NILO OLAVO SCHMIDT faleceu no dia 22.12.16, no Hospital de Caridade de Crissiumal, com a idade de 76 anos, 07 meses e 02 dias, deixando enlutados a esposa, um filho,  irmãos, cunhados, cunhadas, sobrinhos, sobrinhas e um vasto circulo de parentes e amigos.

A família convida para a Missa de 7º dia, no dia 01.01.2017, domingo, as 08:30hs, na Igreja Matriz de Crissiumal.

Mensagem:

Querido esposo e pai Nilo!!!! Ainda não entendemos tua partida, era jovem demais para nos deixar. Tudo parece um sonho, mas é realidade; estamos sentido sua falta, e te esperamos. Mas sabemos que não voltas.  Sentimos saudades do teu jeito de ser, teu sorriso, tuas brincadeiras, tua imagem permanece viva entre nós. Você era um pai carinhoso, era uma pessoa alegre e tua alegria contagiava a todos, pois estavas rodeado de amigos e é isso que hoje nos consola, pois nunca imaginávamos que tinha tantos laços de amizade. Você deixou um vazio em nossos corações, uma parte de nós foi tirada, mas podes ter certeza de que ninguém nunca o substituirá. Agora temos a certeza de que estás em paz, sem dor e sofrimento. Alguém iluminando-nos, o que nos resta é rezar para que tenhas paz eterna até que um dia novamente nos encontraremos. Saudades da família enlutada.

*Rádio Metrópole