Posts

Vacina desenvolvida pela China mostra resultados promissores

Substância com vírus atenuado aciona sistema imunológico

O Centro de Controle e Prevenção de Doenças da China publicou hoje, na revista médico-científica The Lancet, que uma vacina ainda em fase de testes mostrou-se eficaz em ajudar a resposta do sistema imunológico ao novo coronavírus.

Segundo a publicação, a vacina é segura para o uso humano e foi testada em 108 voluntários. A resposta imunológica criada pelo medicamento, no entanto, ainda não pode ser avaliada. Os resultados finais dos testes clínicos serão divulgados em seis meses. A vacina será a primeira no mundo a atingir a fase 1 de testes clínicos – um processo dividido em quatro etapas que assegura a eficácia e segurança de novos medicamentos e vacinas.

A vacina é feita a partir de uma versão atenuada do vírus SARS-CoV-2, e é aplicada de forma intramuscular. “Esses resultados representam um marco importante. Os testes mostram que uma única dose produz anticorpos específicos em 14 dias, o que a torna uma candidata para investigações futuras”, afirmou o professor Wei Chen, do instituto de Biotecnologia de Pequim, responsável pelo estudo.

“Os desafios propostos pela covid-19 não têm precedentes, e a habilidade de acionar o sistema imunológico não significa, necessariamente, que estaremos protegidos da covid-19. Ainda estamos longe de ter essa solução disponível para todos”, afirmou Chen, no artigo publicado.

Fonte: Agência Brasil

 

Crissiumalense que mora na China fala sobre o surto de coronavírus no país

Fernando Kuhn concedeu entrevista a Rádio Metrópole

Crissiumalense Fernando Kuhn à direita na foto / Arquivo Pessoal

O brasileiro e crissiumalense Fernando Kuhn que mora cerca de dez anos na China, concedeu entrevista exclusiva a Rádio Metrópole na manhã desta quarta-feira, 29 de janeiro de 2020, falando sobre a tensão vivida no país devido aos casos de Coronavírus.

Fernando mora na cidade de Wenzhou na província de Zhejiang ao leste da China e que fica a uma distância de 900 km de Wuhan que é a cidade marco zero do vírus. Segundo ele, por mais que seja feriado no país e a circulação de pessoas é mais reduzida, o governo pede para as pessoas ficarem em casa e quando necessitarem sair usarem máscaras e levar consigo álcool em gel no bolso.

O governo por precaução prolongou o feriado por mais alguns dias. Lugares com muita aglomeração como shoppings, shows, pontos turísticos e algumas lojas foram fechadas. Já supermercados e postos de combustíveis continuam funcionando normalmente, porém em alguns casos, para entrar nesses locais são verificados a temperatura corporal da pessoa não podendo entrar caso estiver com febre.

Devido ao surgimento desse vírus, o governo cancelou em Beijing as tradicionais festividades de ano novo para evitar contato com um grande público que vem de diversas partes do mundo, evitando assim mais contaminações. A precaução por parte do governo é bastante séria e rígida, eles cumprem a risca todas elas.

Os meios de comunicação do país, informam regularmente dados atualizados das cidades em que há contaminação e o número de pessoas infectadas.

Sobre o período em que está na China, Fernando que é casado com uma chinesa e tem um filho pequeno de 3 anos,  disse que reside há mais de dez anos em uma cidade que se concentra 400km ao sul de Xangai e que trabalha no controle de calçados de uma empresa francesa.

A cidade é uma das mais importantes da província, a população que vem de fora para trabalhar chega perto de oito milhões de habitantes. A produção é distribuída e forte no setor de calçado, indústria de máquinas, entre outras.

Fernando Kuhn é filho do ex-radialista Inácio Kuhn que trabalhou por muitos anos na Rádio Metrópole em Crissiumal.

O que é o novo coronavírus?

É um vírus que tem causado doença respiratória pelo agente coronavírus, recentemente identificado na China. Os coronavírus são uma grande família viral, conhecidos desde meados de 1960, que causam infecções respiratórias em seres humanos e em animais. Geralmente, infecções por coronavírus causam doenças respiratórias leves a moderadas, semelhantes a um resfriado comum. Alguns coronavírus podem causar doenças graves com impacto importante em termos de saúde pública, como a Sars (Síndrome Respiratória Aguda Grave) e a Mers (Síndrome Respiratória do Oriente Médio).

Sintomas

Os sinais e sintomas clínicos são principalmente respiratórios, como:

  • Febre
  • Tosse
  • Dificuldade para respirar

 

Fonte: Rádio Metrópole

 

 

 

 

 

 

Três Passos: Seara Alimentos e outros cinco frigoríficos gaúchos são habilitados para exportar para a China

Ministério da Agricultura anunciou que, ao todo, 13 estabelecimentos poderão vender para o país asiático

O Ministério da Agricultura anunciou que mais 13 frigoríficos brasileiros estão habilitados a exportar para a China. São cinco plantas de abate de bovinos, cinco de suínos e três de aves. Entre os frigoríficos habilitados estão seis estabelecimentos localizados no Rio Grande do Sul, incluindo todas as plantas de carne suína: Seara de Seberi, Seara de Três Passos, JBS de Caxias do Sul, Aurora Alimentos de Sarandi e BRF de Lajeado. A Marfrig, de São Gabriel, foi habilitada para carne bovina.

O presidente da Associação Brasileira de Proteína Animal (ABPA), Francisco Turra, disse que, além do impacto no aumento das exportações, a notícia também vai possibilitar novos investimentos, com ampliação de plantas frigoríficas e criação de novos postos de trabalho. O dirigente acredita que o Brasil conta com potencial para ter mais plantas habilitadas nas próximas semanas, já que muitos estabelecimentos ainda estão em processo de credenciamento ao mercado asiático.

A demanda é impulsionada principalmente pelo surto de peste suína africana, que dizimou uma parcela considerável do rebanho chinês. O Brasil passa a contar com 16 plantas de carne suína e 46 de carne de frango habilitadas para vender para a China.

Confira os frigoríficos habilitados

1 – Marfrig Global Foods (SIF847), São Gabriel (RS)

2 – Frigorífico Sul Ltda (SIF889), Aparecida do Taboado (MS)

3 – Naturafrig Alimentos Ltda (SIF 1365), Pirapozinho (SP)

4 – Marfrig Global Foods (SIF1900), Pontes e Lacerda (MT)

5 – JBS/SA (SIF2058), Senador Canedo (GO)

6 – Unita Cooperativa Central (SIF603), Ubiratã (PR)

7 – União Avícola Agroindustrial Ltda (SIF2675), Nova Marilândia (MT)

8 – Zanchetta Alimentos Ltda (SIF2758), Boituva (SP)

9 – Seara Alimentos Ltda (SIF15), Seberi (RS)

10 – Seara Alimentos Ltda (SIF60), Três Passos (RS)

11 – JBS Aves Ltda (SIF876), Caxias do Sul, (RS)

12 – Cooperativa Central Aurora Alimentos (SIF3847), Sarandi (RS)

13 – BRF S.A (SIF3975), Lajeado (RS)

 

 

Fonte: Danton Júnior/Correio do Povo