Posts

Anvisa alerta sobre falsificação de vacina contra gripe

A Agência Nacional de Vigilância Santirária (Anvisa) alerta que foram identificados três casos de falsificação da vacina Fluarix Tetra, da empresa GlaxoSmithKline Brasil (GSK), utilizada para prevenir a influenza ou gripe.

De acordo com a Anvisa, em nota publicada em seu portal na internet, a vacina falsificada é vendida na apresentação frasco-ampola multidose, ou seja, um frasco que permite que várias doses sejam retiradas e aplicadas em diversas pessoas.

Segundo a Agência, a vacina original, Fluarix Tetra da GSK, é produzida e comercializada em embalagem que contém uma seringa preenchida com dose única, agulha, estojo plástico (para acondicionamento da seringa e da agulha), bula e cartucho.

A empresa GSK também fabrica a Fluarix com dez doses, porém a embalagem contém dez seringas preenchidas.

No Diário Oficial da União, do dia 4 de maio deste ano, foi publicada a Resolução Específica (RE) 1.319/2020, que determinou a apreensão e a inutilização dos produtos falsificados, bem como a proibição da sua comercialização, da sua distribuição e do seu uso.

“Se você encontrar a vacina Fluarix Tetra da GSK em frasco-ampola multidose, esteja certo de que se trata de falsificação e, portanto, a vacina não deve ser utilizada. Nesse caso, entre em contato com a Anvisa, via Notivisa, ou com o Serviço de Atendimento ao Cliente (SAC) da GSK, por meio do telefone 0800 701 22 33 ou do e-mail [email protected]

 

*Agência Brasil  com informações da Anvisa

Secretaria Municipal de Saúde de Crissiumal faz alerta quanto ao uso de Hidroxicloroquina sem orientação médica

A hidroxicloroquina é um remédio indicado para tratamento da artrite reumatoide, lúpus eritematoso, afecções dermatológicas e reumáticas e, também, para o tratamento da malária.

Quanto ao tratamento do coronavírus aínda está em estudo, e a única liberação do Ministério da Saúde é para uso Hospitalar neste momento.

Então as pessoas que não fazem uso desta medicação e adquiriram na farmácia, favor devolver, fazer troca por outros produtos ou doar para quem utiliza para outra doença, pois os efeitos colaterais podem ser graves, tais como: erupção cutânea, prurido, distúrbios oculares, convulsões e Insuficiência cardíaca.

Não utilize medicamentos sem orientação médica.

 

Fonte: SMS de Crissiumal

Defesa Civil divulga alerta de temporais no Rio Grande do Sul

Aviso do órgão vale por 48 horas para uma parte do Estado

Foto: Emerson Gomes/Arquivo

A Defesa Civil divulgou, nesta segunda (17), alerta para chuvas chuvas intensas e possibilidade de fortes temporais com ventos em parte do Rio Grande do Sul. O aviso vale por 48 horas e também prevê descargas elétricas e granizo.

Segundo a Metsul Meteorologia, do meio pro fim da tarde ou à noite, pelo intenso aquecimento, vai ter chuva em várias regiões do Estado, mas que será novamente irregular. Alerta-se para o risco, devido ao intenso calor, de chuva localmente forte a torrencial de curta duração e/ou temporal com raios e rajadas de vento. Porto Alegre e a região metropolitana estão na área de risco de temporais.

O fim de semana teve registro de chuva em diversas regiões gaúchas, mas as precipitações foram muito irregulares. Houve municípios em que choveu em apenas uma parte da cidade. A instabilidade se concentrou, como esperado, mais na Metade Norte do Rio Grande do Sul. Houve localidades em que os produtores puderam comemorar um excelente volume de chuva e em outras pouco ou nada choveu. A região Noroeste foi a que teve os maiores acumulados com volumes em alguns pontos de até 50 a 100 mm, conforme medições de cooperativas e produtores rurais.

Terça haverá o deslocamento de uma frente fria. Os volumes podem ser altos no período de três dias principalmente na Metade Oeste do Estado. A MetSul adverte que tanto hoje como amanhã é alto o risco de temporais localizados no Rio Grande do Sul sob uma atmosfera muito aquecida e, isoladamente, as tempestades podem ser até severas com risco de vendavais, especialmente nesta terça-feira devido ao rápido deslocamento da frente fria numa atmosfera muito aquecida.

 

Fonte: Correio do Povo

Polícia Civil alerta sobre golpes com uso de nomes de delegados e agentes da instituição

Confira na íntegra

A Polícia Civil alerta sobre um golpe, em tese, de delito de estelionato, praticado por indivíduos que se identificam como sendo policiais civis. Os suspeitos entram em contato, por telefone, com empresários e solicitam doações em dinheiro, via depósito bancário.

A justificativa da doação seria de que o dinheiro iria ser destinado para a Associação da Polícia Civil, com a finalidade de melhorar o atendimento no combate ao crime. A Polícia Civil não realiza nenhum tipo de contato nesse sentido. Ao receber ligações do gênero, não dê crédito e leve o caso às autoridades.

Denúncias de golpes pela internet no site OLX, com a utilização de nomes de policiais civis também estão sendo reportadas. Fotografias e perfis falsos de WhatsApp também estão sendo utilizados pelos indivíduos para enganar.

Vítimas que recebam esse tipo de abordagem devem procurar a Polícia Civil e repassar informações que auxiliem na investigação para identificar os criminosos. A recomentação é procurar a Delegacia de Polícia mais próxima e registrar boletim de ocorrências o mais rápido possível.

Texto: Ascom Polícia Civil
Edição: Secom

BM faz alerta sobre estelionatários na Região Celeiro

Confira

Nesta semana Policiais Militares do 7º BPM receberam informações que indivíduos estariam usando moeda falsa para pagar por produtos e serviços em Três Passos, Tiradentes do Sul e região.

Pelo menos três estabelecimentos comerciais teriam sido alvo dos indivíduos, que tentaram usar notas falsas de R$ 100,00 e R$ 50,00, sendo que em outros dois estabelecimentos chegaram a realizar o pagamento com as notas falsas.

A Brigada Militar alerta a comunidade regional sobre a circulação de notas falsas e qualquer informação pode ser repassadas ao número 190.

*Brigada Militar

Estelionatários tentam aplicar golpe na Prefeitura de Sede Nova

Alerta de Golpe

Na manhã desta terça-feira, dia 03 de dezembro de 2019, uma ligação chamou a atenção dos funcionários da Secretaria da Fazenda de Sede Nova.

Por volta das 10h, a Secretaria da Fazenda recebeu uma ligação de uma pessoa não identificada pedindo para fazer a atualização de dados do Banco do Brasil, os funcionários em conversa com o indivíduo logo notaram que se tratava de um golpe, o mesmo pedia para acessar um site, o qual não foi acessado para não ter o perigo de ser hackeados.

Providências cabíveis estão sendo tomadas.

 

*Assessoria de Imprensa

OMS faz alerta sobre a saúde dos adolescentes

84% dos jovens brasileiros não praticam uma hora diária de exercícios

Quatro em cada cinco adolescentes no mundo são sedentários, especialmente as meninas, informa estudo revelado nesta sexta-feira (22) pela Organização Mundial da Saúde (OMS), elaborado entre 2001 e 2016, em 146 países. No Brasil, a situação é pior: 84% de jovens entre 11 e 17 anos não praticam uma hora diária de atividade física, conforme recomendação da OMS.

De acordo com o estudo, uma das causas desta tendência é a “revolução digital”. O documento foi publicado pela revista The Lancet Child & Adolescent Health.

Para calcular o número de adolescentes sedentários, a OMS analisou pela primeira vez dados reunidos entre 2001 e 2016, envolvendo 1,6 milhão de estudantes de 146 países. Em todo o mundo, 81% dos jovens entre 11 e 17 anos escolarizados não cumpriram a recomendação de uma hora diária de atividade física em 2016, registrando uma ligeira queda em relação a 2001 (82,5%). A situação atual é muito mais preocupante entre as meninas, 85%, do que entre os meninos, 78%.

Os primeiros dados sobre tendências globais em termos de atividade física insuficiente entre adolescentes mostram a necessidade de medidas urgentes para aumentar os níveis de atividade física entre meninas e meninos dos 11 aos 17 anos de idade. O documento conclui que mais de 80% dos adolescentes em idade escolar em todo o mundo – especificamente, 85 % de meninas e 78% de meninos – não atingem o nível mínimo recomendado de uma hora de atividade física por dia.

A diferença entre a porcentagem de meninos e meninas que atingiram os níveis recomendados em 2016 excedeu 10 pontos percentuais em aproximadamente um em três países (29%, ou seja, em 43 dos 146 países), e as maiores diferenças foram registradas nos Estados Unidos da América e na Irlanda (mais de 15 pontos percentuais). Na maioria dos países considerados no estudo (73%, ou seja, em 107 de 146), observou-se um aumento nessa diferença de gênero entre 2001 e 2016.

Atividade física

De acordo com o documento, os níveis de atividade física insuficiente observados entre os adolescentes permanecem extremamente altos e isso representa um perigo para sua saúde atual e futura. “É necessário adotar medidas regulatórias urgentes para aumentar a atividade física e, em particular, promover e manter a participação das meninas”, diz a Dra. Regina Guthold (OMS), autora do estudo.

Dentre os benefícios à saúde de um estilo de vida fisicamente ativo na adolescência, vale destacar a melhora da capacidade cardiorrespiratória e muscular, a saúde óssea e cardiometabólica e os efeitos positivos no peso. Da mesma forma, há evidências crescentes de que a atividade física tem um efeito positivo no desenvolvimento cognitivo e na socialização. Os dados atualmente disponíveis indicam que muitos desses benefícios permanecem até a idade adulta.

Para alcançar esses benefícios, a OMS recomenda que os adolescentes pratiquem atividade física moderada a intensa por uma hora ou mais por dia.

*Agência Brasil

Prefeitura alerta motoristas para capacidade máxima de ponte em Tiradentes do Sul

Ponte fica entre Tiradentes do Sul e Crissiumal

A Secretaria Municipal de Obras e Viação de Tiradentes do Sul, alerta a população em geral que a ponte que divide os municípios de Tiradentes do Sul e Crissiumal, na localidade de Ressaca do Lajeado Grande (ponte do Cavalhero), para maior segurança dos condutores de veículos, definiu a capacidade máxima de sustentação da referida ponte para 5 toneladas.

* Assessoria de Comunicação

Delegado William Garcez emite nota alertando a população para não cair em golpes

Confira a nota na íntegra

O delegado de polícia William Garcez, em nome da Polícia Civil da 22ª, solicitou nesta sexta-feira, dia 11 de outubro de 2019, a divulgação do texto abaixo a fim de alertar a população sobre “golpes por telefone”.

Não caia no Golpe da “Atualização Cadastral”

A vítima recebe uma ligação. Do outro lado da linha alguém diz que precisa atualizar os seus dados cadastrais para renovar e divulgar o número da linha em uma “falsa” lista telefônica, sendo eu que, para tanto, enviarão um “formulário” para preenchimento.

O suposto formulário se trata, na verdade, de um contrato com valores definidos, em letras mínimas, o que dificulta a atenção de quem assina. Não forneça nenhum dado, não efetue qualquer pagamento e não assine nenhum documento.

Não caia no Golpe da “Substração de WhatsApp”

Os golpistas monitoram os sites de venda como OLX, ZAP e Mercado Livre e entram em contato com um vendedor que possa vir a ser um alvo em potencial (vítima). Através dos dados do anúncio, conseguem o número de celular da vítima e consequente o de seu whatsapp. Depois, enviam uma mensagem como se fosse uma comunicação do site de vendas (o criminoso vai conversar com a vítima como se fosse da plataforma de vendas, OLX, ZAP ou Mercado Livre).

Os golpistas se aproveitam da ingenuidade e distração da vítima e a fazem fornecer dados pessoais por livre vontade (claro, ela está sendo enganada). Não utilizam nenhum método de invasão, malware ou coisas desse tipo. Os fraudadores enviam uma mensagem no WhatsApp para a vítima com teor semelhante a este: “verificamos um anúncio recém postado, e gostaríamos de atualizar para que continue disponível para visualização” ou, então, “devido ao grande número de reclamações referente ao seu número de contato, estamos verificando”. As mensagens terminam pedindo para a vítima informar o código que receberá via SMS para solucionar a questão.

O código enviado, na verdade, é o PIN de autenticação do WhatsApp. O golpista está tentando subtrair a conta para usar em outro aparelho. Ao fazer o login com o número de telefone (que ele já tem), o WhatsApp envia para o dono do chip um SMS com o número de autenticação que é legítimo. Ao ter acesso a esse número, o falsário consegue fazer login na conta da vítima usando o seu próprio celular e subtrai a conta.

Quando a vítima responde à mensagem, o criminoso ativa o WhatsApp da vítima em um novo celular e passa a enviar mensagens para os contatos mais recentes, que normalmente são amigos próximos ou familiares da vítima, pedindo um empréstimo para uma despesa urgente.

Fique atento!

 

 

Sobe para 806 o número de casos de dengue contraída no RS em 2019

Total de casos confirmados chega a 903, incluindo os importados

Foto: Eduardo Beleske/PMPA

O Rio Grande do Sul chegou a 903 casos confirmados de dengue em 2019, conforme último boletim divulgado pela Secretaria Estadual da Saúde, nesta quinta-feira (6), e que corresponde a dados coletados até 1º de junho. Desse total, 806 são autóctones, quando a doença é contraída dentro do estado. Ainda há 610 casos notificados, que estão em investigação.

 Ao todo, são 35 municípios com registros (veja lista abaixo).

O relatório anterior mostrava 775 casos confirmados no estado, sendo 686 autóctones.

A secretaria reforça que as notificações ocorrem em todos os meses do ano, embora haja um aumento durante a sazonalidade da doença, de novembro a maio.

Na última década, os anos de 2017 e 2018 foram os únicos que não registraram casos autóctones no estado, segundo o levantamento.

Cidades gaúchas com casos autóctones em 2019

  • Alvorada
  • Bom Princípio
  • Cachoeirinha
  • Cândido Godói
  • Canoas
  • Cruz Alta
  • Erechim
  • Erval Seco
  • Esteio
  • Getúlio Vargas
  • Glorinha
  • Horizontina
  • Ijuí
  • Ivoti
  • Marau
  • Novo Hamburgo
  • Palmeira das Missões
  • Panambi
  • Pirapó
  • Porto Alegre
  • Ronda Alta
  • Santa Barbara do Sul
  • Santa Cruz do Sul
  • Santa Rosa
  • Santo Ângelo
  • Santo Antônio das Missões
  • São Borja
  • São Leopoldo
  • Sapucaia do Sul
  • Sarandi
  • Tenente Portela
  • Três de Maio
  • Três Passos
  • Tuparendi
  • Viamão

Febre chikungunya

O Rio Grande do Sul tem 192 casos de febre chikungunya notificados. Destes, seis foram confirmados importados, sendo quatro entre Porto Alegre e Região Metropolitana. Dos casos suspeitos, 144 foram descartados e 42 continuam em investigação.

Vírus da zika

O estado tem apenas um caso confirmado, em Gravataí, na Região Metropolitana. Foram notificados 75 casos suspeitos, sendo que 27 foram descartados laboratorialmente e 47 casos continuam em investigação.

Dengue, chikungunya e zika são transmitidos pelo mosquito Aedes aegypti.

Fonte: G1 RS

Rádio Metrópole