Posts

Mensagem de agradecimento da família de Anna Laura Petry

Anna Laura Petry faleceu no dia 15 de março de 2020 aos 78 anos

A Família de Anna Laura Petry ainda consternada com o seu falecimento, vem por meio deste agradecer a todas as pessoas que manifestaram o seu carinho e conforto pela perda da ente querida.

Queremos agradecer a todos que nos abraçaram, nos enviaram flores e coroas, mensagens de apoio, conforto neste momento de dor e sofrimento.

Aos médicos e a equipe de enfermagem do Hospital de Caridade de Crissiumal e Ijuí. A funerária Lermen pelos bons serviços prestados, ao Grupo de Idosos 30 de Setembro de Linha Principal e grupo de campistas pelas homenagens prestadas, as palavras de conforto do Padre Olindo e ministra de Eucaristia Inês Lücke, a todos os amigos que nos ajudaram no período de 09 meses de enfermidade e também no momento da dor pela despedida da ente querida. Não citando nomes para não esquecer alguém, a todos nossa gratidão.

Vó Anna para a família e Laura para os conhecidos.

Anna Laura Petry faleceu no dia 15 de março de 2020 aos 78 anos, 03 meses e 21 dias, deixando enlutado o esposo Altino José Petry, filhos Maria Adelaide, Vera Lucia e Luis Carlos, nora Liane, genros Pedro e Santiago, netos Mateus, Francieli, Nicole, Mônica, Gabriel, Lucas e Brenda, cunhadas, cunhados, sobrinhos e um vasto círculo de parentes e amigos.

MENSAGEM

Querida mãe, temos a certeza que no céu onde você estiver vai nos dar força e coragem para nós superar a dor e o sofrimento pela sua perda. Temos a certeza que um dia nos encontraremos na vida eterna.

Convidamos os amigos e familiares  para que nesta data elevem a Deus uma prece em tua memória.

 

Agradecimento e convite para culto em memória de Celson Valdir Ruppenthal

Celson Valdir Ruppenthal faleceu no dia 10 de janeiro de 2020, aos 54 anos

A esposa Eliane da Rosa Ruppenthal, filhos Daniel e Darlan, nora Giliane, neto Janiel e demais familiares ainda consternados com a perda de Celson Valdir Ruppenthal, vem através deste agradecer em especial ao sobrinho Rodrigo Henicka, o casal Adelmo e Madalena Diel, aos colegas e direção do supermercado Benedetti, aos médicos Dr. Bonotto, Dr. Martim, a equipe de enfermagem do Hospital de Caridade de Crissiumal, a Funerária Zillmer pelos serviços prestados, ao Pastor Jonas Ronei Gunsch pelas palavras de fé e conforto, enfim a todos os amigos e familiares que prestaram solidariedade naquele momento de dor e sofrimento pela perda do ente querido Celson… O nosso muito obrigado da família enlutada.

Celson Valdir Ruppenthal nasceu em 16.06.1965 e acabou falecendo no dia 10.01.20, aos 54 anos, 06 meses e 24 dias, deixando enlutados a esposa, 02 filhos, 01 nora, 01 neto, pai, sogro, 01 irmã, 08 cunhados, 07 cunhadas, tios, tias, primos, sobrinhos e um vasto círculo de parentes e amigos.

A família convida para o culto nesse sábado, dia 25.01.20, às 19h na Igreja Trindade de Crissiumal, para mais esse ato de fé a família agradece.

Mensagem:

Meu pai, hoje você não está mais entre nós, você partiu para a sua última viagem e no meu coração deixou um eterno vazio.

Mas, não quero pensar ou falar só em tristeza, pois, não quero associar seu nome ao sofrimento.

Hoje, amanhã e sempre eu quero recordar quem você foi em vida. Quero apenas lembrar eternamente carregar no coração o pai maravilhoso que eu tivesse a oportunidade de conhecer o exemplo de homem pai, marido que você foi para todos. Eu quero tornar eterna sua memória honrá-la com minha vida.

Você deixa muita saudade, nosso pai, mas também mito amor, muitas aprendizagens, seu valioso exemplo como pessoa e a certeza de jamais será esquecido. Nós amamos muito você e para sempre amaremos. Descanse em paz, nosso amado pai Celson…

 

Agradecimento e convite para Missa em memória de Sérgio Luis Jeziorski

Sérgio faleceu no dia 15 de janeiro de 2020, aos 48 anos

A família de Sérgio Luis Jeziorski, ainda consternada com o seu falecimento, vem agradecer a todas as pessoas que de alguma forma manifestaram seu carinho e apoio durante a perda do ente querido.

É nos momentos de tristeza que valorizamos cada palavra e gesto de apoio que nos motiva para enfrentar o desânimo e a tristeza.

Agradecemos a todos que se disponibilizaram a ajudar. Não sabemos como retribuir todo o carinho recebido durante este momento difícil. O tempo não volta atrás, mas com as pessoas certas ao nosso lado é possível olhar para o futuro.

Os nossos agradecimentos é extensível a funerária Lermen pelo serviço prestado, aos vizinhos e amigos pelo carinho de sempre, a todos os envolvidos nas investigações, Polícia Civil e Brigada Militar. Ao padre e ao ministro pela celebração e palavras de conforto. A empresa John Deere, o sindicato dos Metalúrgicos  e aos colegas de trabalho pelas homenagens prestadas. A todos que de alguma forma auxiliaram nesse momento de tristeza.

Sérgio faleceu no dia 15 de janeiro de 2020, aos 48 anos. Deixando com saudade sua filha Isabella, seus pais José Bonifacio e Conceição, seus irmãos Vicente, Lurdes, Ari, Inês e André, cunhados, cunhadas, parentes e amigos.

Compreender os propósitos de Deus muitas vezes pode ser uma tarefa difícil. Lágrimas passam pelos nossos olhos constantemente e a saudade aumenta o sofrimento. Que a dor da nossa perda possa ser diminuída um pouquinho a cada dia. O vazio que fica jamais será preenchido e o que nos resta é lembrar dos momentos maravilhosos que passamos juntos, do pai exemplar e do ser humano alegre e de bom coração.

A família convida a todos para a Missa em memória de Sérgio a realizar-se no dia 25 de janeiro, às 19h na Igreja Matriz Três Santos Mártires de Crissiumal.

Ninguém morre enquanto continuar vivo na lembrança. Sérgio deixou um belo legado de vida para todos, sorrir para todos, calar-se para ouvir, aprender com os erros e acreditar que tudo vai mudar. Suas atitudes e princípios estará presente na memória de muitos.

Desde já o nosso muito obrigado.

Agradecimento da família de Pedronilo Ruppenthal

Pedronilo faleceu no dia 11/12/19 aos 74 anos

A esposa Nilva Gress Ruppenthal, filhos Jair, Janete e Judite, nora Simoni, genro Luiz Carlos, netos Wilian, Amanda, Diego, Marina, Rafaela e Guilherme ainda consternados com a perda do esposo, pai, sogro e avô Pedronilo Ruppenthal, vem através deste agradecer aos vizinhos Nelson Wenschenfelder e família, Valdir Fenner e família pelos primeiros socorros, ao motorista da ambulância pela corrida, ao Dr. Bonottto e a equipe de funcionários do H.C.C. pelo atendimento, a funerária Zillmer pelos serviços prestados, Pastor Olavo pelo culto e pelos atos fúnebres no cemitério, a Natacha pelos cantos entoados, ao centro Comunitário de Lajeado Guabirova pela cedência do salão para a realização do velório, as cozinheiras pelas refeições, Grupo de bocha Bragantino, Sociedade Sempre Unidas, Emater 05 de julho, Grupo Chapéu de Palha, Rede de água, Sociedade Ponte Preta e Sociedade 30 de Julho pelas homenagens e pelas coroas doadas. Aos abraços e palavras de apoio naquele momento de dor, de despedida do ente querido. Enfim, a todos os amigos, vizinhos e parentes que de alguma forma fizeram chegar até nós palavras de muito conforto após o falecimento do nosso ente querido Pedronilo.  O nosso muito obrigado.

Pedronilo Ruppenthal nasceu 29.06.1945, faleceu no dia 10.12.19, com a idade 74 anos, deixando enlutados a esposa, 01 filho, 02 filhas, 01 nora, 01 genro, 06 netos e um vasto circulo de parentes e amigos. Sendo que já lhe antecederam 03 irmãos.

A família convida para o culto, no dia 09.02.20, as 10h15, na Igreja Evangélica de São Sebastião.

Mensagem

É em momentos como esse que percebemos o poder destrutivo que tem a morte, ela leva as pessoas mais importante das nossas vidas, deixando um vazio em nossos corações, continuaremos unidos vivendo um dia de cada vez enfrentando com coragem os momentos de tristeza para superar essa dor.

Tudo tem seu tempo determinado e todo propósito do céu tem seu tempo. Há tempo para plantar e tempo de colher. Há tempo de ferir e tempo de curar. Há tempo de derrubar e tempo de construir. Há tempo de chorar e tempo de rir. Há tempo de buscar e tempo de perder. Há tempo de amar e tempo de julgar. Para todas as coisas há um tempo determinado por Deus.

Da esposa Nilva Ruppenthal, filhos, netos, genro e nora.

Agradecimento da família de Ilga Kunz Both

Ilga Kunz Both faleceu no dia 29 de novembro de 2019, aos 86 anos

Os filhos: Pedro Inácio, Maria Roseli, Clarines, Leunice Maria, Leoni Maria (em memória) e Valdenir José, noras, genros, netos, bisnetos e demais familiares ainda consternados com a perda da mãe, sogra, avó e bisavó  Ilga Kunz Both vem através desta nota, agradecer a todos os amigos e familiares que a visitaram durante a sua enfermidade, ao médico Flávio e a enfermeira Maria Helena pelas consultas na residência, ao motorista da ambulância pelas corridas, os funcionários do Posto de Saúde pelos atendimentos, ao Dr. Martim e a equipe de enfermagem que não mediram esforços para salvar a vida da ente querida,  ao padre Olindo pelas rezas na residência, ao padre Gilberto pela missa de corpo presente, os ministros Augustinho e Teresinha pelos atos fúnebres, a irmã Lurdinha pela reza, ao apostolado da oração,  o M.C.C. da Paróquia, a Escola Tuiuti de Vista Nova, CAEP, ao Grupo 29 de novembro, a Confraria Colorada e o CTG pelas homenagens prestadas e coroas e flores doadas,  a funerária Zillmer pelos serviços prestados, a ministra Marlene Schumacker pela reza do tríduo e todos os parentes, vizinhos e amigos pela presença no tríduo. Enfim a todos que de uma ou outra forma apoiaram a família, naquele momento de dor e sofrimento, o nosso muito obrigado.

Ilga Kunz Both, filha de Jacob e Ermina Kunz, nasceu no dia 01 de julho de 1933 em Vila Santa Clara do Sul; casou-se com Francisco Olipio Both no dia 02 de julho de 1955 em Vila Santa Clara do Sul. E com a graça de Deus e amor nasceram os filhos.

Ilga Kunz Both faleceu com a idade de 86 anos, 04 meses e 29 dias, no Hospital de Caridade de Crissiumal, no dia 29.11.19, as 19h deixando enlutados 06 filhos, 02 noras, 02 genros, 08 netos, 02 bisnetos, sendo que o esposo, uma filha, um neto já lhe antecederam na morte.

A família convida para missa sábado, dia 07.12.19, de sétimo dia, na Igreja Matriz de Crissiumal, às 19h.

Mensagem:

Mãe, sogra, avó e bisavó Ilga ! Você foi  um exemplo de vida, fé e esperança. Sempre foi uma mulher honesta, trabalhadora, amiga, nunca foi uma pessoa sem saída, nunca houve uma barreira que você não rompeu; mas infelizmente partiu. Não imagina a falta que faz em nossas vidas e corações. Só nos restam lembranças, saudades, vontade, força e muita fé. O seu lugar sempre será seu, pois foi e será a pessoa mais amada e amiga de nossas vidas. A saudade é grande desde que partiu, mas temos certeza de que junto com o Pai de céu está orando e cuidando de nós. Mas sabemos que agora estás junto ao Pai Eterno, sem sofrimento e sem dor. Amamos-te, eternamente.

Agradecimento da família de Bruno Mário Gette

A esposa Lorena Gette, filhos Eloi, Pedro e Paulo, noras, netos e bisnetos ainda consternados com a perda do ente querido esposo, pai, sogro, avô e bisavô Bruno Mário Gette, vem através deste agradecer aos médicos e a equipe de enfermagem e funcionários do Hospital Bruno Bohrn de Lajeado, a funerária Dirsamann de Lajeado pelo translado do corpo, a funerária Zillmer pelos serviços prestados, ao padre pela missa de corpo presente, a ministra Veronica Kappes e a Clarice Kuhn pelos atos fúnebres, a direção e funcionários do Supermercado Benedetti pela coroa doada, Alceu Liesenfeld, Alvício Duarte, Flamengo Machado de Assis e Ledir Perzygoda pela presença no velório, aos bons vizinhos de Crissiumal e Lajeado pelas palavras de consolo. Enfim, a todos que de uma maneira estiveram confortando a família enlutada naquele momento de dor e sofrimento pela perda do ente querido Bruno. O nosso muito obrigado.

Bruno Gette faleceu no dia 11.11.19, com a idade 76 anos de idade no Hospital de Lajeado, deixando enlutados a esposa, 03 filhos, 03 noras, 06 netos, 06 bisnetos e um vasto círculo de parentes e amigos.

Mensagem:

Querido pai Bruno!! Nosso melhor amigo Deus levou consigo para a morada celestial. Teus sonhos e planos foram interrompidos pelas sábias mãos de Deus, mas sabemos que permaneces conosco, nos amparando e protegendo. Foi um pai exemplar, tua família era teu tesouro, por isso tua ausência nos faz sofrer tanto, buscamos em Deus o consolo e a fé, pois de cada um de nós, levaste um pouco. Pedimos a Deus que nos de forças para continuarmos nesta caminhada sem você. No entanto, sabemos que estás bem nos braços do Pai Eterno e de lá continuarás zelando por nós. Não é fácil viver sem teu sorriso amigo, teus gestos de carinho para com todos, tuas palavras amigas, tuas brincadeiras. Honestidade, simplicidade, aquele sorriso alegre, amoroso e muito amigo, eram qualidades que sempre se destacavam em você. Que Deus te abençoe.

 

Agradecimento e convite para Culto em memória de Roseneide Eckert Arnhold

Culto acontecerá neste sábado (02) no Lajeado Tigre

Roseneide faleceu no dia 17 de outubro de 2019, aos 25 anos

Os familiares de Roseneide Eckert Arnhold vem por meio desta mensagem prestar seus agradecimentos a todos que de alguma forma manifestaram seus sentimentos. Mesmo inconformados com a perda, sabemos que cada palavra de apoio foi muito importante para cada um de nós.

Agradecemos em especial aos amigos e vizinhos que estiveram conosco em cada momento de sua luta, a Tia Maristela que sempre acompanhava nas quimioterapias em Porto Alegre e que amava muito, aos hospitais Conceição de Porto Alegre e Bruno Born de Lajeado, as empresas Movesco, Atlas Brasil e Atelier Andar pelas coroas e flores doadas e demais pessoas por tantas flores dadas, as funerárias Santana de Montenegro pelo excelente trabalho e translado até Crissiumal, também a Funerária Zillmer, as comunidades do Bairro Centenário de Lajeado e da localidade do Lajeado Tigre pela cedência dos salões, as cozinheiras pela janta e almoço  , ao Seminarista Henrique pelas palavras de conforto durante o enterro.

Roseneide partiu com seus 25 anos deixando seu esposo Augusto, seus pais Iraci e Lauri, irmãos Carlos, Roseli, Alencar, Roselete e Cristina, seus cunhados Evandro, Jaime, Sirlei, Mateus e Gabriel, sobrinhas Eduarda, Sara e Sophia, avó, tios, primos, sogros e um vasto círculo de parentes e amigos.

A família convida a todos para o Culto do Sétimo Dia em memória da Roseneide a ser realizado no dia 02 de novembro de 2019, às 09h no cemitério de Lajeado Tigre.

Mesmo sem saber o porquê, e inconformados por ter sido você sabemos que deixaste aqui o seu legado. Dona de um sorriso contagiante que espalhava amor e alegria onde passava, você viveu a vida como tinha que ser vivida. Foste guerreira, forte até o fim. Nos perguntamos porque você? Com toda a vida pela frente, tantos sonhos e planos que foram interrompidos. Deus te quis ao lado dele, e temos certeza de que Ele nos dará a força necessária para seguir em frente vivendo a nossa vida com uma peça a menos, mas com a certeza de que um dia nos encontraremos. Você será para sempre a nossa estrela, a mais brilhante que nos acompanhará por aonde quer que vá.

A saudade que sentimos é grande, mas sabemos que agora estás junto ao Pai Eterno, sem sofrimento e sem dor, zelando por nós, como fazias sempre. Tua imagem bondosa se manterá viva para sempre. O amor, a fé, jamais desistir de lutar, não se entregar jamais. Amor ao próximo e a Deus são exemplos que nos deixaste e isso o tempo não apagará; partistes e nós ficamos a chorar a tua perda. Um sentimento de vazio, pesar se instalou em nós. Pedimos a Deus que nos conforte e nos mostre sempre o caminho que querias que seguíssemos. Sempre foste corajosa, honesta e fiel. Jesus disse: “Eu sou o caminho, a verdade a vida, quem me seguir, mesmo que morra ,viverá.

Que você descanse em paz, a saudade é eterna!

 

 

Mensagem de agradecimento da família de Edi de Oliveira

Edi de Oliveira faleceu no dia 06 de outubro de 2019, aos 61 anos

Os familiares de Edi de Oliveira, ainda entristecidos com seu falecimento vem a público externar seus mais sinceros atos de agradecimento para a Simone e Humberto Gaspar pela acolhida em sua casa durante o tratamento e também pelos cuidados que prestaram.  Também aos médicos e enfermeiros do Hospital de Clínicas de Porto Alegre que tudo fizeram para tentar salvar a vida da nossa amada Edi.

Agradecemos a funerária Zillmer pelo ótimo serviço prestado, ao Padre Olindo pelo culto na capela mortuária, a ministra Marlene Massmann pela encomendação no cemitério e a Madalena Diel pela reza do terço. Enfim, a todas as pessoas que nos ajudaram nesta hora difícil, fica aqui a nossa gratidão.

Edi de Oliveira nasceu no dia 20 de janeiro de 1958 em Crissiumal, filha de Mário Moreira de Oliveira e Maria Zelandir de Oliveira. Trabalhou no Hospital de Caridade de Crissiumal na década de 1980, depois foi trabalhar em Três de Maio para fazer o Curso de Técnica em Enfermagem.

Conheceu uma família e com ela foi morar em Tangará da Serra – MT. Lá conheceu João, seu companheiro. Depois foram morar em Cuiabá – MT onde estudou e se formou em Psicologia.

Em 2005 trabalhou por aproximadamente 2 anos em Crissiumal no Posto de Saúde, depois foi para Ariquemes, Rondônia. Lá Edi trabalhou no Detran e em um consultório particular como psicóloga.

No ano de 2018, descobriu um câncer na mama, decidiu então se tratar em Porto Alegre e ficar mais perto dos irmãos. Fez o tratamento e teve alta.

Em 2019, ao refazer os exames, foi detectado que possuía metátese nos pulmões e no fígado. Edi estava sofrendo muito devido a falta de ar e não conseguiu dar sequência ao tratamento vindo a falecer no dia 06 de outubro deste ano, às 19h30 no Hospital em Porto Alegre.

Edi de Oliveira faleceu aos 61 anos, 8 meses e 15 dias. Deixou na saudade seu companheiro João, 14 irmãos, 6 cunhados, 6 cunhadas, 24 sobrinhos e um grande círculo de amigos.

Convidamos a todos para a Missa de 7º Dia, a realizar-se neste domingo dia 13 de outubro, às 08h30 na Igreja Matriz Católica de Crissiumal.

Mensagem:

Não sei para onde… Não sei por que… Você partiu querida irmã Edi! Importa tão pouco o tempo quando se lembra de alguém que partiu. Você partiu. Lembramos de você no silêncio desse momento. Nos sentimos tristes. A saudade também dói quando se lembra da pessoa que se amou. Você partiu, mas é tão bom lembrar de você.

Ouça também abaixo o áudio:

 

 

Crissiumal – Agradecimento e Mensagem da família de Claudinei Neitzke Both

Claudinei Neitzke Both faleceu aos 25 anos de idade

A Família de Claudinei Neitzke Both ainda consternada com o seu falecimento, vem por meio deste agradecer a todas as pessoas que manifestaram suas condolências, com mensagens de apoio, nós confortando neste momento tão difícil e doloroso pela perda do nosso amado Claudinei, nosso “Nei”.

Na impossibilidade de agradecermos individualmente a todas as pessoas, queremos agradecer profundamente as palavras, atos e gestos de apoio e amizade para o nosso querido Claudinei.

As pessoas que estiveram em orações, que nos enviaram flores, mensagem de pesar, confortando e fortalecendo nossa família no transcurso de imensa dor e sofrimento.

O nosso agradecimento em especial a equipe de profissionais do Hospital de Caridade de Crissiumal, a Funerária Lermem pelo apoio, agradecimento a irmã Lurdinha, as ministras Dulci e Madalena, a imprensa pelas divulgações e homenagem realizadas.

Agradecimento em especial os amigos e colegas de trabalho da Empresa Viveiros Weber, a escola de Educação Infantil Neli Thomé, a Secretaria de Saúde, os amigos do grupo da terceira idade de Alto Crissiumal, agradecer a todas as pessoas que estiveram presentes no velório e cemitério.

Claudinei Neitzke Both faleceu aos 25 anos de idade, deixou enlutados a mãe Adelita, sua filhinha Luany, os irmãos Claudia, Carine, Diego e Claudimar, sua sobrinha e afilhada Eloísa Rafaela, os sobrinhos, Weslei, Davi, Isabeli e Raquel, cunhados Elias e Eloídes, cunhadas Marieli e Juliana, sendo que o pai Edenor e uma irmã Kaiane  já lhe antecederam a morte, deixou um vasto circulo de parentes e amigos.

A Família convida a todos para missa de 7º dia em memória de Claudinei, que acontecerá neste sábado dia 28/09 as 18h na Igreja Três  Santos Mártires das Missões.

Mensagem:

Em uma noite de quinta- feira quando tudo parecia ser normal, até sabermos da sua trágica partida, e nós questionamos o porque, tão jovem , e com um futuro brilhante pela frente, não conseguimos aceitar e entender, ficamos a nos questionar. É difícil acreditar que tudo isso está acontecendo com a nossa família, pois a saudade está enorme em nossos corações, nosso quebra cabeça não ficará mais completo, pois faltará uma peça muito importante, nosso amado Nei.

Claudinei você nos deixou cedo demais, partiu sem permitir que pudéssemos lhe dizer adeus, as memórias são tudo o que nos resta da sua passagem tão curta por este mundo. Você nem imaginava o quanto é amado por todos, sentiremos saudades de tudo que vivemos juntos, das coisas simples que compartilhamos, quem te conhecia sabe da pessoa maravilhosa que sempre foi, daquele pai, filho e irmão, batalhador, brincalhão e seus sorriso tímido.  Oh saudade!

Olhe por nós, para que possamos encontrar a paz e serenidade necessária para lidar com sua ausência.

Você é e sempre será parte de nós, parte de nossas vidas, estará sempre vivo em nossos corações. Siga em paz com sua nova jornada. Sabemos que um dia voltaremos a nos encontrar. Nós amamos você Claudinei, com toda a intensidade e de forma incondicional.

Mesmo separados por mundos diferentes, iremos manter nossa união. DESCANSA EM PAZ

Agradecimento e convite para Culto em memória de Léo Glier

Léo Glier faleceu no dia 11 de setembro de 2019, aos 74 anos

A esposa Iria Westfald Glier, filhos Lói, Lauro, Ivete, Marlene e Luís juntamente com suas famílias ainda entristecidos com o falecimento do esposo e pai Léo Glier vem por este meio, prestar o mais sincero agradecimento a Teulício Wiske, Nei Zarziske e Rubem Krillow e família pelos primeiros socorros, ao taxista Alemão pelas inúmeras corridas prestadas, a agente da saúde Juliane Oliveira e a equipe do Posto de Saúde pelas visitas em sua casa, aos doadores de sangue, aos médicos de Crissiumal e Ijuí bem como equipe de enfermeiros pelo pronto atendimento, ao Pastor Olávio pelas orações e palavras de conforto na capela e no cemitério.

Também agradecemos a Cia da Trilha e a Sociedade São Jorge pelas flores doadas e palavras de conforto à família, a funerária Lermen pelos serviços prestados, ao meio de comunicação pela divulgação, a Empresa Mirim pela disponibilidade do ônibus, enfim a todos que de uma forma ou de outra estiveram ao lado da família, nosso muito obrigado.

Léo Glier faleceu dia 11 de setembro de 2109, às 00h45 com 74 anos e 4 meses. Deixou na saudade a esposa, 3 filhos, 2 filhas, 3 noras, 2 genros, 4 netos, uma neta, um neto de consideração, um irmão, 2 irmãs, um cunhado, uma cunhada, sobrinhos e um grande círculo de parentes e amigos.

A família convida para o Culto a ser realizado dia 29 de setembro de 2019, às 09h na Igreja Matriz Evangélica de Crissiumal.

Léo Glier nasceu em Venâncio Aires em 1945, veio residir  em Crissiumal com 1 ano de idade na localidade de Esquina Uruguai. Com 12 anos passou a residir em Lajeado Teimoso.

Em 1969 casou-se com Iria Westfald e formaram uma abençoada família de 3 filhos e 2 filhas.

Em 06 de setembro de 2019 com muita dificuldade e problemas de saúde, festejaram suas bodas de ouro. Cinco dias depois, Léo veio a falecer no Hospital de Caridade de Crissiumal.