Posts

Polícia fecha estabelecimento comercial em Crissiumal

Estabelecimento foi lacrado e seus representantes notificados a não desenvolver mais operações pela empresa.

Fotos: Internauta Rádio Metrópole

Na manhã desta terça-feira,26 de fevereiro de 2019, agente da Delegacia de Polícia de Crissiumal-RS, sob a coordenação do delegado de polícia William Garcez, efetuaram o cumprimento de uma ordem judicial de busca e apreensão em um estabelecimento comercial onde operava representação da “Unick Forex”.

No ato de cumprimento do mandado de busca e apreensão, acompanhado por oficial de justiça, o estabelecimento foi lacrado e os seus representantes notificados a não desenvolver mais operações pela empresa, suspendendo a oferta de serviços. Segundo o delegado, um documento da Comissão de Valores Mobiliários, coalescido à investigação criminal, dá conta de que a Unick não tem autorização para operar ou captar clientes no Brasil.

A Polícia Civil solicita que pessoas que tenham aplicado dinheiro na Unick Forex (sede na Rua Guarita, em Crissiumal-RS), procurem a Delegacia de Polícia, a fim de serem inquiridas nos autos da investigação criminal.

Fonte: Polícia Civil de Crissiumal

Polícia Civil divulga dicas de segurança contra golpes praticados na região

A 22ª DPRI, através do Delegado de Polícia de Crissiumal William Garcez, divulgou nessa quarta-feira (09/01) dicas de segurança para que a população não caia em golpes recentemente praticados em nossa região.

  • NÃO CAIA NO GOLPE DO “FALSO SEQUESTRO”

FALSO SEQUESTRO: A vítima recebe uma ligação. Do outro lado da linha alguém diz que está em poder de seu filho e exige dinheiro para libertá-lo. A pessoa não pode se apavorar. Desligue o telefone imediatamente e tente fazer contato com a suposta vítima e conversar com familiares. Não forneça nenhum dado e não efetue qualquer depósito.

  • NÃO CAIA NO GOLPE DO “CARRO ESTRAGADO

CARRO ESTRAGADO: O estelionatário se passa por parente ou conhecido da vítima, dizendo que está com o carro quebrado e que precisa de dinheiro para o guincho ou para pagar o mecânico. Acreditando que o parente ou conhecido está com dificuldades, a vítima realiza o depósito bancário ou ainda coloca crédito de celular para supostamente realizar contato com a seguradora.

Ao receber este tipo de telefonema adote as seguintes medidas: 1. Desligue o telefone; 2. Não faça qualquer tipo de depósito ou transferência bancária; 3. Não forneça nenhum dado (nome completo, CPF ou RG); 4. Procure contato autêntico com a pessoa que se diz na ligação (o suposto parente); 6. Após, procure uma Delegacia de Polícia e informe o fato.

Outra dica: Pergunte ao “suposto parente” (golpista) algo que só a verdadeira pessoa poderia saber, como o nome do seu cachorro, um fato familiar recente, etc.

 

Fonte: Polícia Civil Gaúcha

Três mandados de busca e apreensão foram cumpridos pela Policia Civil em Humaitá

Na tarde desta quinta-feira, 17 de maio, agentes da delegacia de Polícia de Humaitá e Crissiumal, coordenados pelo delegado de polícia William Garcez, efetuaram o cumprimento de três mandados de busca e apreensão de armas e drogas na cidade de Humaitá.

Durante a ação uma pequena quantidade de droga foi apreendida, sendo o suspeito inquirido e liberado. A ação policial ocorreu em virtude de informações levadas até a Delegacia de Polícia por munícipes.

O delegado Marion Volino participou da ação com sua equipe de Três Passos. A Brigada Militar prestou apoio à Polícia Civil.

O delegado Garcez agradece as informações recebidas da sociedade e coloca a delegacia à disposição para quem quiser colaborar, prestando informações à Polícia Civil, e garante que a identidade dos colaboradores é sempre preservada.

 

Fonte: PC

Polícia Civil recupera 18 baterias estacionárias em Três de Maio

1482308614_34

Foto: Polícia Civil / Divulgação

Policiais Civis da Delegacia de Repressão aos Crimes Contra o Patrimônio de Concessionárias e Serviços Delegados (DRCP), do Departamento Estadual de Investigações Criminais (DEIC), recuperaram dezoito baterias estacionárias em Três de Maio/RS. O valor total dos bens foi estimado em mais de R$ 12.000,00 (doze mil reais).
De acordo com o delegado Alexandre Fleck, após informações de que uma fábrica de baterias na cidade estaria recebendo como sucata baterias estacionárias subtraídas de empresas de telefonia móvel, os policiais diligenciaram no local e lograram êxito em encontrar dezoito baterias estacionárias subtraídas, sendo que uma delas ainda continha as inscrições explícitas de propriedade. Ainda segundo o delegado, algumas baterias já foram restituídas e outras serão diligenciadas para comprovação inequívoca de propriedade.
Disque denúncia – 0800-510-2828 / WhatsApp e Telegram – (51) 8418-7814

Fonte: DRCP / DEIC

*Rádio Metrópole/Emerson Gomes