Posts

Obras e falta de recursos dificultam o acesso a bibliotecas em Santa Rosa

Prédio Olavo Bilac passa por reformas e não permite acesso ao acervo de livros, salas de estudo e internet

Foto: Felipe Dorneles

Estudantes, professores e leitores que chegam à Biblioteca Pública Municipal Olavo Bilac de Santa Rosa se deparam com o local fechado e um aviso de que o atendimento ocorre no Centro Cívico e Cultural. O prédio está em obras e, com isso, a população continua podendo retirar e devolver obras, mas está sem acesso ao acervo, salas de estudo e internet.

Idealizadora e coordenadora da Semana Mundial do Livro, Maira Engers diz que o atendimento improvisado gera menos leitura e frustra leitores. “A prefeitura deveria ter alugado um prédio para estruturar a biblioteca levando em consideração o tempo de obra.” Ela lembra que existem vários pontos com livros pela cidade, porém não há espaços como na biblioteca, com salas de estudo e computadores. “Leitura é acesso à cidadania, nosso acervo precisa estar à disposição da população.”

O atendimento do bibliotecário e demais servidores ocorre em uma mesa no primeiro pavimento do Centro Cívico, em frente ao prédio da biblioteca. No segundo piso, há outro serviço ao público, com alguns livros. O restante do acervo está no Centro Cultural − que também passa por obras−, ainda sem acesso à comunidade. Quando alguém solicita um exemplar, o bibliotecário se desloca para a retirada. Segundo a Secretaria Municipal de Cultura, o movimento não reduziu, apenas o uso dos espaços que não ocorre, temporariamente. Além disso, 400 novos títulos estão chegando neste semestre, além de oito notebooks para pesquisa.

Os amigos Victoria Alves e Cristian Viana estiveram no prédio da biblioteca e foram informados por uma servidora do município que o atendimento ocorre no Centro Cívico. “Viemos fazer trabalhos da escola. Como estudamos em instituições diferentes, não podemos acessar um a escola do outro. Vamos procurar outro local para estudar, já que as salas de estudos não estão disponíveis”, disse Victoria.

No início deste mês, o vereador Dado Silva formalizou pedido de informação em sessão da Câmara, para saber onde realmente está funcionando a biblioteca, onde fica o acervo e as condições do atendimento ao público. “Precisamos avaliar este serviço importante para a formação de cidadãos. E vamos movimentar entidades e órgãos como o Ministério Público para estender o horário de atendimento para que trabalhadores tenham acesso à leitura”, destaca. O Executivo tem 30 dias para retornar o pedido de informação. O horário de atendimento é de segunda a sexta-feira, das 7h30min às 12h e das 13h30min às 17h30min.

O secretário municipal de Cultura, Rafael Rufino, confirma que a biblioteca está fechada há um ano e que o atendimento no prédio foi suspenso no momento em que ocorriam os trabalhos externos. “As obras da parte externa foram concluídas no começo deste ano, e o projeto das internas está em fase de finalização.” Após, será aberta licitação para definir a empresa que irá executar os serviços internos. Rufino lembra que pode não haver empresas interessadas ou que venha a ocorrer protocolo de recursos, podendo atrasar o processo. Por outro lado, o projeto será executado com recursos livres, o que facilita o pagamento dos fornecedores. A expectativa é de que até o final do ano as obras estejam concluídas.

Rufino diz que a situação é necessária para que ocorram o investimento e as melhorias na estrutura. Ele lembra que a população pode pesquisar sobre o acervo no site da biblioteca. “É um transtorno, mas alugar uma estrutura seria um custo desnecessário. Ninguém está desamparado.”

Bibliotecas de escolas

A precariedade no atendimento em bibliotecas se estende a 18 escolas estaduais do município. Todas possuem bibliotecas, mas, atualmente, funcionam de forma parcial. Segundo a 17ª Coordenadoria Regional de Educação (CRE), o atendimento é de algumas horas ou de um turno por dia.

Professora de português, língua inglesa e literatura da Escola de Educação Básica Santos Dumont – Polivalente, Maria Rosane Ely Hansen revela que com muita luta conseguiram garantir o funcionamento da biblioteca da escola durante um turno diário. “Mobilizações do grêmio estudantil da escola, pais e professores junto à 17ª CRE garantiram esta conquista. Porém, o prazo dado é até o final deste ano”. A professora realizou treinamento com todos professores e monitores da escola, para que consigam atender alunos em períodos em que a biblioteca não está em funcionamento com bibliotecário.

A Secretaria Estadual da Educação informou que foi repassada orientação às coordenadorias regionais de educação para que priorizem o atendimento aos alunos em sala de aula e que, se os recursos humanos disponíveis na escola porventura não estiverem em sala de aula, podem assumir atendimento em setores como a biblioteca. O entendimento baseia-se na razão de que a nomeação dos professores visa ao atendimento da regência em sala de aula, motivo pelo qual os professores foram efetivados em suas funções no Estado.

As 13 escolas municipais de ensino fundamental de Santa Rosa possuem biblioteca, com atendimento integral, no período em que a escola está em funcionamento.

Fonte: CP

 

Crissiumal : Motoristas e usuários deverão ficar atentos à sinalização de obras na Rua Inhacorá

Trecho está sinalizado a fim de evitar possíveis acidentes

Devido as obras de melhorias na canalização e drenagem das águas pluviais, a Rua Inhacorá está parcialmente interrompida, até que o serviço seja completamente executado.

Preocupado com a segurança dos motoristas e usuários da via, o secretário de Obras Públicas, Claudiomiro Thies, informou que a equipe de obras sinalizou o trecho para alertar quem trafega pelo local e evitar possíveis acidentes. Portanto, pede-se bastante atenção de todos, ao transitar pela Rua, principalmente, durante o feriadão de Páscoa, período em que a obra será paralisada.

Ainda, segundo Claudiomiro, os trabalhos na via deverão seguir nas próximas semanas.

O trecho da Rua Inhacorá o qual encontra-se em obras é o que faz a ligação entre a Rua Costa e Silva e a Avenida Santa Rosa. O trecho está recebendo melhorias para posterior asfaltamento da via.

Conjuntamente, com os trabalhos da Prefeitura, a CORSAN está efetuando a troca da tubulação do fornecimento de água potável, com isso, poderá ocorrer interrupções no abastecimento de água, durante a realização dos serviços.

Fonte: Andréia Cristina Queiroz

Crissiumal: Secretaria de Obras segue priorizando a recuperação de estradas e pontes no interior

 

Os trabalhos das equipes da Secretaria de Obras Públicas, na recuperação de estradas, pontes, bueiros, entre outros serviços, podem ser acompanhados em algumas localidades do interior, no decorrer desta semana.

A Secretaria realizou, no início da semana, a manutenção da estrada na localidade de Lajeado Cachorro, com o patrolamento e encascalhamento da via. Também as equipes estão efetuando o patrolamento nas localidades de Bela Vista e São Vicente.

Em Linha Porto Alegre, uma ponte conhecida como ponte do Machado, está recebendo reparos com a colocação de novas vigas e pranchas. Para tanto, a Secretaria informa aos motoristas, moradores e usuários do local, que devido a execução desse trabalho, a ponte encontra-se interditada, não tendo passagem, durante esta quarta-feira (03).

Por: Andréia Cristina Queiroz – Assessoria de Imprensa da Prefeitura de Crissiumal

Carro cai em vala de obras na Vila Alvorada em Horizontina

Um acidente com danos materiais foi registrado na noite de ontem, terça-feira, dia 02 de abril, junto a vala aberta de uma obra que leva a extensão de abastecimento de água da Corsan a novos loteamentos em formação nos fundos do Bairro Alvorada.

A obra ocorre na extensão de toda a Rua Alvorada e os transtornos gerados já foram motivos de descontentamento dos moradores diante, principalmente, de sua morosidade. A comunidade inclusive convocou reunião para tratar do andamento das obras e os transtornos que a mesma está ocasionando.

Na noite passada com chuva, o condutor de um veículo GM Celta não avistou a vala aberta e acabou caindo nela com seu automóvel. O homem que viajava acompanhado de outras três pessoas, entre elas duas crianças, não teve ferimentos. Moradores próximos auxiliaram na saída dos mesmos do carro e acionaram o socorro do Corpo de Bombeiros.

A Prefeitura Municipal que participa das obras com o serviço de máquinas também foi acionada. O Secretário Geral de Governo Marcos Aurélio Schneider foi ao local e deslocou uma equipe de servidores que auxiliados por uma retroescavadeira içaram o automóvel, retirando o mesmo da vala com danos aparentes somente de lataria.

A obra encontra-se em solo lajeoso e passa por serviços com rompedor o que aumenta sua morosidade. Para piorar a volta das chuvas causa um lamaçal sobre o pavimento na rua.

O carro acidentado foi removido em comum acordo com seu proprietário e levado ao pátio de uma secretaria municipal. Corsan, loteadores e a própria prefeitura devem arcar com os custos de conserto do veículo, informou o Secretário Marcos Schneider.

Schneider pediu escusas aos moradores e comprometeu-se em buscar uma solução, no entanto, a prefeitura não tem poder de decisão final sobre todos os serviços, pois eles ocorrem conjuntamente. “A vala está na via pública, por isso nós não vamos fugir de nossa responsabilidade, estamos cientes dos transtornos gerados, que precisamos encontrar uma forma de minimizar” destacou.

Para segurança o trânsito na esquina da Rua Alvorada com a Alagoas foi parcialmente bloqueado durante a noite, e a alternativa é usar outras vias como a Maranhão e a Ipiranga para chegar a parte mais baixa do Bairro Alvorada.

 

Fonte/Foto: Jornal Folha Cidade

Executivo crissiumalense cobra agilidade da Caixa para autorização de início de obra na Rua XV de Novembro

Projeto para execução de asfaltamento e calçamento parcial da Rua XV de Novembro, se arrasta em idas e vindas desde o final de 2017.

O município de Crissiumal em mais uma oportunidade, nesta semana, suplicou a CAIXA o retorno efetivo quanto a autorização de início das obras de asfaltamento parcial da Rua XV de Novembro, nas imediações da fábrica Malu Calçados, bem como, de calçamento parcial da mesma rua, próximo a empresa Italac.

Trata-se de uma emenda parlamentar do Deputado Danrlei de Deus Hinterholz, do ano de 2017, onde o município enviou, ainda, no final daquele ano o projeto básico executivo. Porém, entre solicitações de ajustes, exigências, modificações e adequações, arrastou-se até o mês de setembro de 2018, para novo envio, do qual restou por autorizado, para proceder com processo licitatório, apenas, no mês de dezembro de 2018. Imediatamente, o Município procedeu para a tal e, agora, após todos os tramites legais cumpridos do processo, o mesmo foi enviado para a CAIXA, para a aprovação onde, mais uma vez, já nos aproximamos de 30 dias em análise/conferência, para aprovação e finalmente início da obra.

Por sua vez, a CAIXA, através da superintendência do governo de Passo Fundo, manifestou que dispõe de poucos profissionais técnicos, para atender os mais de 200 municípios que abrangem a região; e que faz o possível, para não deixar processos parados por muito tempo.

O Município aguarda esta autorização, visto que, tem de proceder com trabalho de base e regularização do leito da via, antes do trabalho da empresa contratada. E, este trabalho precisa ser executado em sequência, ou seja, um após o outro, não podendo ter intervalo de tempo da base e da aplicação final, pois as constantes e torrenciais chuvas, podem vir a danificar o referido trabalho antes da aplicação final.

 

 

Fonte: SMPP – Assessoria de Imprensa da Prefeitura de Crissiumal

Obras de reperfilagem asfáltica da ERS 207 seguem em ritmo acelerado

Foram concluídos até o momento aproximadamente 3,5 Km de reperfilagem asfáltica na ERS 207.

Fotos: Emerson Gomes

 A reperfilagem  asfáltica da ERS 207 sentido Crissiumal à Humaitá atingiu  nesta segunda-feira (10-09), 3,5 Km de extensão conforme dados coletados por GPS pela Rádio Metrópole.

As obras iniciaram na quarta-feira (05/09) e estão bem avançadas. Por volta das 16h desta segunda, a recuperação já havia sido feita até Vista Alegre na entrada que dá acesso ao município de Nova Candelária. Parte da via também foi demarcada com faixas de sinalização.

O serviço deverá ser realizado até a BR 468, com estimativa de aproximadamente 45 dias para a conclusão da obra.

Fotos: Emerson Gomes

Fonte: Metrópole

 

 

 

Crissiumal – Secretaria de Obras efetuou trabalhos de emergência para sanar danos das fortes chuvas

Realizaram serviços de desobstrução e reformas de bueiros e pontilhões

 estrada-turmeiro

Durante a semana que passou, do dia 17 a 21 de outubro, a Secretaria Municipal de Obras efetuou trabalhos de emergência, visando sanar os danos causados pelas excessivas chuvas. Foram patrolados trechos de estradas, em que tiveram seus leitos danificados pelas águas, como nas localidades de Esquina Vidal de Negreiros, Esquina Butiá, Lajeado Guabirova, Lajeado Turmeiro, São Vicente, Linha Cotricampo, Esquina Mendonça, Esquina Uruguai, Lajeado Bugre, Bela Vista e Pedras Brancas.

As equipes da Secretaria, também, realizaram serviços de desobstruções e reformas de bueiros em diversas localidades, especialmente, na localidade de Lajeado Boi, Lajeado Jacu e Linha Porto Alegre. E, ainda, foram recuperados aterros e cabeceiras de bueiros e pontilhões, e efetuada a reforma da ponte na localidade de Touro Preto.

Concomitantemente a equipe de serviços urbanos realiza a limpeza da cidade, como recolhimento de galhos e entulhos, nos bairros e centro da cidade; reparos na iluminação pública e conserto de redes d’água no interior.

A Secretaria informou, também, que os trabalhos de “tapa buracos” nas vias asfaltadas da cidade, em que as condições de trafegabilidade estão precárias, ainda não foram realizados devido às condições climáticas, em decorrência das frequentes chuvas, pois é necessário que o local esteja completamente seco para a colocação da emulsão. Os trabalhos terão sequencia, quando a via, aserconsertada, oferecer condição para que as equipes efetuem o trabalho.

 

Fonte/Fotos: Andréia Queiroz – Assessora de Imprensa Prefeitura Municipal de Crissiumal

Duas obras estão em andamento na área industrial de Nova Candelária

Indústria local “Serralheria do Nei” começa a ser construída na área industrial e foram iniciadas as obras para construção de prédio administrativo da Indústria Chá Prenda.

construcao-da-serralheria-do-nei-na-rua-grafica-rex-na-area-industrial-2

Construção da Serralheria do Nei na Rua Gráfica Rex, na área industrial (2)

 

            Visando a instalação de novas indústrias, incentivo e permanência das mesmas no município de Nova Candelária, a Administração Municipal possui uma Lei própria de incentivo ao setor. Esta lei genérica para instalação de indústrias estabelece encargos ao beneficiado, além de uma cláusula de reversão que obriga o empreendedor a devolver o terreno com área construída à Administração, caso a empresa encerre suas atividades em menos de dez anos.

É fato que grandes indústrias instaladas no município foram atraídas para o local por meio do programa. Além da potência do setor gráfico, moveleiro, metalúrgico e de construção, no ano de 2015 instalou-se no município a indústria de chás Chá Prenda do Brasil, e no mês de dezembro de 2015 foi feita ainda a doação de quatro lotes urbanos para quatro diferentes empresas locais. Uma destas empresas locais, a “Serralheria do Nei”, já iniciou suas obras no terreno de 1.456,09m², cedido pela Administração Municipal. A empresa do ramo de estruturas metálicas contará com um prédio fabril de 330m².

Nesta semana também deu-se início à terraplanagem para construção do prédio administrativo da indústria Chá Prenda. A estrutura de 1.003,04m² vai contar com salas administrativas, refeitório e auditório e sua área está localizada em frente ao prédio fabril da empresa. Atualmente o setor administrativo e o refeitório da indústria estão localizados junto ao Pavilhão da Schweinfest em um espaço cedido pelo município temporariamente.

Nos últimos seis anos, diversas empresas se instalaram na área industrial de Nova Candelária, todas elas por meio do programa de incentivo à instalação de indústrias. Este número gerou dados relevantes: em seis anos, o valor adicionado fiscal teve um aumento de R$ 75milhões, o que significa R$ 2.029.000,00 de retorno para o ano de 2016, referente à indústria e comércio local.

predio-adminstrativo-e-refeitorio-serao-construidos-junto-ao-predio-fabril-da-industria-cha-prenda-do-brasil-1

Prédio adminstrativo e refeitório serão construídos junto ao prédio fabril da Indústria Chá Prenda do Brasil (1)

predio-adminstrativo-e-refeitorio-serao-construidos-junto-ao-predio-fabril-da-industria-cha-prenda-do-brasil-2

Fonte/ Fotos: Maira Dill/Assessoria de Imprensa – Assessoria de Imprensa – P. M. Nova Candelária

Construção da Escola Benno Bender segue a todo o vapor

O Educandário qualificará o espaço educacional no Município e levará maior conforto aos alunos e profissionais da educação

Obras Benno Bender-EMEI Paraíso (30)

 

A construção da nova Escola Municipal BennoBenderestá em ritmo acelerado.A Construtora Talismã,do município de Humaitá, que é a empresa responsável pela construção do educandário, já executou 35% da obra.As salas estão recebendo a cerâmica e a estrutura da quadra está em andamento.

A obra, que é uma parceria da Prefeitura Municipal com o Governo Federal, através do Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE), está sendo edificada no terreno onde funcionava a Elegê Alimentos, na Rua Inhacorá, área retomada da BRF Brasil FoodsSA,pelo Município.

Com um investimento de mais de 3 milhões de reais, sendo está a maior licitação da história do município de Crissiumal, a nova Escola terá 3.228,08m² de área construída. O conjunto de edificações, que segue projeto do FNDE, é formado por oito (8) blocos distintos:com 12 salas de aula, laboratório, informática, biblioteca, auditório, grêmio, cozinha, pátio coberto, sanitários e vestiários, além, da área administrativa e quadra coberta, podendo atender 360 alunos por turno.

As novas instalações do educandário qualificará o espaço educacional no Município e levará maior conforto aos alunos e profissionais da educação.

Obras Benno Bender-EMEI Paraíso (6)Obras Benno Bender-EMEI Paraíso (18)

 

Fonte/Fotos: Andréia Queiroz – Assessoria de Imprensa PMC

Obras de construção da nova Creche iniciaram esta semana

A construção da nova creche é um sonho antigo dos moradores

Obras Benno Bender-EMEI Paraíso (27)

Obras Benno Bender-EMEI Paraíso (27)

 

As obras da nova creche municipal de Crissiumal já deu seu passo inicial. Após a adequação do terreno e o término dos serviços de terraplanagem,a construtora responsável pela obra,deuinício á construção da nova Escola Municipal de Educação Infantil (EMEI), do município.

As instalações da nova creche, que corresponde a 773,68m² de área construída, terá a capacidade para atender 94 alunos, de 0 a 6 anos, em período integral. A execução da obra, orçada em R$ 1,1 milhão,é de responsabilidade da empresa crissiumalenseConstrutora do Gerson.

A nova estrutura da creche funcionará numa área, localizada na Rua Pacaembu, atendendo moradores dos Bairros Paraíso, União e Loteamentos Cristina e Mirador. A unidade contará com 6 salas de aulas com solários,além, de toda estrutura administrativa. Ainda, disponibilizará, na área externa, um espaço para jardim e horta.

A construção da nova creche é um sonho antigo dos moradores dos bairros próximos, já que o novo espaço vai oferecer uma estrutura muito mais adequada para os alunos.

Obras Benno Bender-EMEI Paraíso (4)

 

 

Fonte/Fotos: Andréia Queiroz – Assessoria de Imprensa PMC