Brasil tem mais de 1,9 mil mortes por H1N1 em 2016, diz ministério

Want create site? Find Free WordPress Themes and plugins.
h1n1_620

O vírus H1N1, que iniciou uma pandemia de gripe em 2009 (Foto: Reprodução)

O Mnistério da Saúde divulgou o número total de casos de influenza em 2016. O H1N1 matou 1.982 pessoas e foram feitas 10.625 notificações. O conjunto dos vírus influenza vitimou 2.220 pacientes. O balanço quase alcançou os números de 2009, quando o H1N1 se tornou uma pandemia* e matou 2.060 brasileiros. Naquele ano, a vacina ainda estava em desenvolvimento.

Os dados foram contabilizados da semana epidemiológica 01 até a 52 – de 3 de janeiro até 31 de dezembro. Ao todo, foram 54.224 notificações da Síndrome Respiratória Aguda Grave (SRAG), uma complicação da gripe. Tais números são um registro dos diferentes tipos de influenza (12.174 casos) – incluindo H1N1 – e de outros vírus respiratórios (4.871 casos).

Além das mais de 10 mil notificações do vírus H1N1, 858 registros eram influenza A não subtipado, 642 eram influenza B e 49 eram influenza A. Os casos de SRAG atingiram, em média, brasileiros de 39 anos. A região sudeste foi a mais afetada, com 56,5% dos casos. O estado com mais mortes por influenza foi São Paulo, com 38,3% dos registros.

Óbitos de H1N1 por estado do Brasil em 2016

Rondônia – 3
Acre – 5
Amazonas – 4
Roraima – 1
Pará – 27
Amapá- 4
Tocantins – 0
Maranhão – 1
Piauí – 1
Ceará – 14
Rio Grande do Norte – 7
Paraíba – 13
Pernambuco – 16
Alagoas – 12
Sergipe – 0
Bahia – 30
Minas Gerais – 193
Espírito Santo – 45
Rio de Janeiro – 80
São Paulo – 779
Paraná – 216
Santa Catarina- 112
Rio Grande do Sul – 205
Mato Grosso do Sul – 95
Mato Grosso – 17
Goiás – 88
Distrito Federal – 18

*Informações Ministério da Saúde

Did you find apk for android? You can find new Free Android Games and apps.