Jovem natural de Tiradentes do Sul morre em acidente na BR 470

Foto: PRF

Na manhã deste domingo (17), por volta das 4h, no km 232 da BR 470 ( próximo ao entroncamento com a RS 446 ocorreu uma saída de pista causando a morte de um jovem natural de Tiradentes do Sul.

Após sair da via, o veículo Vectra, com placas do município de Garibaldi, desceu um barranco íngreme de aproximadamente 30 metros , caindo com as rodas para cima. O condutor, Edson Leomar Walhbrinck de 25 anos, ficou preso no veículo e parcialmente submerso, pois no local havia um córrego.

Equipes dos Bombeiros Voluntários de Carlos Barbosa e SAMU constataram o óbito no local. O carro circulava no sentido Barbosa/Garibaldi.

Não houve interrupção da via para o atendimento.

Facebook/Reprodução

Fonte: Tirsul

Jornalista Ricardo Boechat morre em queda de helicóptero em São Paulo

Corpos das vítimas foram carbonizados após a aeronave pegar fogo

Band / Divulgação

Duas pessoas, entre elas o jornalista Ricardo Boechat, 66 anos, morreram após um helicóptero cair em trecho do Rodoanel que dá acesso à rodovia Anhanguera, na zona oeste de São Paulo, na manhã desta segunda-feira (11). Os corpos das vítimas foram carbonizados após a aeronave pegar fogo. Conforme o apresentador da Band José Luiz Datena, Boechat retornava a São Paulo após palestra em Campinas.

O acidente ocorreu na altura do km 7 do Rodoanel, sentido Castelo Branco, próximo a um pedágio. Um caminhão foi atingido pela aeronave, deixando o motorista ferido, segundo informações da CCR Rodoanel Oeste, que administra a rodovia.

O Corpo de Bombeiros atende a ocorrência com um helicóptero e 11 viaturas. A aeronave era um Bell Helicopter, fabricado em 1975, tinha capacidade para cinco pessoas, sendo um piloto e quatro passageiros.

Boechat era apresentador do Jornal da Band e da rádio BandNews FM e colunista da revista IstoÉ. Ele também trabalhou nos jornais O Globo, O Dia, O Estado de S. Paulo e Jornal do Brasil e foi comentarista no Bom Dia Brasil, da TV Globo. Ganhou três vezes o Prêmio Esso, um dos principais do jornalismo brasileiro.

 

Fonte: ZH

Problema em ar-condicionado pode ter provocado incêndio em CT do Flamengo

Perícia ainda está sendo feita no Ninho do Urubu, onde dez pessoas morreram 

Reprodução / TV Globo

Um problema no ar-condicionado pode ter motivado o incêndio na madrugada desta sexta-feira (8) no alojamento do Centro de Treinamento do Flamengo, conhecido como Ninho do Urubu, na zona oeste do Rio de Janeiro. Foi o que afirmou o vice-governador do Rio de Janeiro, Cláudio Castro, durante coletiva de imprensa na manhã desta sexta. O incêndio vitimou dez pessoas, entre jogadores das categorias de base e funcionários do clube. O Corpo de Bombeiros foi acionado por volta das 5h, e as chamas foram controladas às 7h20min.

— São informações preliminares. Mas, em princípio, foi um problema no ar-condicionado — observa o político.

Ainda segundo o vice-governador, quatro corpos já foram retirados do local na manhã desta sexta. Os outros devem ser removidos com o avanço dos trabalhos da perícia. O alojamento não teria laudo dos Bombeiros, segundo o comandante-geral da corporação e secretário de Defesa Civil, Roberto Robadey.

 — Não é exclusividade deste local. Mas as pessoas, às vezes, aprovam uma planta, aí quando vai ver resolve fazer puxadinho, aumentar. A gente lamenta que as pessoas não possam fazer um planejamento adequado. É um ato final. Existe todo um procedimento. O fato de não ter a documentação implica até que não havia segurança. Muitas vezes, até existe os dispositivos de segurança, mas ainda não teve uma regularização. Adotamos várias medidas para simplificar esse processo para agilizar — declarou Robadey em entrevista à rádio BandNews.

 

Fonte: Gaúcha Zh

Santo-angelense morre em queda de avião no interior de Dom Pedrito

Foto: Qwerty/Portal de Notícias

 

A queda de um avião em Dom Pedrito, na Região da Campanha do Rio Grande do Sul, matou um homem e uma criança de 8 anos ontem (06/02). O acidente foi no início da noite no interior do município.

A vítima fatal na queda deste avião, é o Santo-angelense Marcos Bernardi. Já a criança cuja identidade não foi divulgada, seria filho de uma cozinheira da fazenda de acordo com as informações.

Os bombeiros informaram ainda que a aeronave era um avião de manobras. Ainda não há informações sobre os motivos que causaram o acidente. O caso será investigado.

O corpo de Marcos Bernardi após passar por necropsia deverá ser trasladado para Santo Ângelo.

 

Fonte: Rádio Cidade SA com informações do G1 RS

Família de Palmeira das Missões morre após carro bater de frente com caminhão em SC

Acidente foi registrado no km 182 da BR-470, na tarde deste domingo (3). Entre as vítimas está uma criança de 10 anos.

Foto: PRF/Divulgação

Três pessoas da mesma família morreram após o carro em que estavam bater de frente com um caminhão no km 182 da BR-470, em Pouso Redondo, no Vale do Itajaí. O acidente ocorreu no início da tarde deste domingo (3), às 13h40.

Entre as vítimas estavam uma criança, Giovana Barbieri de 10 anos, a mãe, Cristina Jacobsen Barbieri, de 44 anos e o pai, Cleder Barbieri, de 47 anos.

Segundo a Polícia Rodoviária Federal, o motorista foi fazer uma ultrapassagem, mas como não ia dar tempo, ele tentou voltar. Com a pista molhada por causa da chuva, o carro deslizou e bateu com o caminhão.

O motorista do caminhão, de 33 anos, não se feriu.

A família era de Palmeira das Missões, no Rio Grande do Sul.

Fonte: G1 RS/ SC

Mulher morre em acidente na ERS-344 entre Porto Mauá e Tuparendi

Foto: Comando Rodoviário da Brigada Militar/divulgação

Uma mulher morreu em um acidente na manhã deste domingo (3) na ERS-344 entre as cidades de Porto Mauá e Tuparendi, na Região Noroeste do Rio Grande do Sul. A vítima foi identificada como Loni Riocardi, de 58 anos.

A mulher dirigia um veículo quando saiu da pista, capotou e bateu em uma árvore. As causas do acidente ainda são investigadas.

Uma outra pessoa que estava no carro sofreu ferimentos.

Fonte: G1 RS

Imagens mostram momento em que lama avança por Brumadinho

Imagens captadas por uma uma câmera de vigilância em um guindaste na Mina do Córrego do Feijão, em Brumadinho, flagraram o momento que sucedeu o rompimento da barragem da Vale, na última sexta-feira (25).

Pelas cenas, divulgadas pelo canal FikADik, no YouTube, é possível ver a lama avançando pela localidade, na altura do Km 50 da rodovia MG-040.

Segundo informação divulgada pelo Palácio do Planalto na quinta-feira (31), como um resultado do monitoramento do Conselho Ministerial de Respostas a Desastres, os sedimentos do rompimento da barragem já percorreram 98 quilômetros pelo Rio Paraopeba, chegando ao município de São José da Varginha, ambas na região metropolitana de Belo Horizonte, na quarta-feira (30).

O balanço mais recente divulgado pela Defesa Civil de Minas Gerais aponta que a tragédia deixou 110 mortos, dos quais 71 foram identificados. Outras 238 pessoas seguem desaparecidas.

Vídeo:

Fonte: Gaúcha ZH

Mais de 150 animais mortos pela onda de calor na Argentina

A onda de calor que está presente e de maneira bem intensa, resultou na morte de mais de 150 animais em confinamentos e também em caminhões de transporte. A sensação térmica ultrapassou 45°C e mais de 100.000 usuários ficaram sem eletricidade em Buenos Aires.

Como conseqüência das altas temperaturas e das longas viagens feitas pelo gado dos campos até a cidade de Buenos Aires, alguns chegaram já mortos, outros caídos e outros em condições muito extremas que causaram sua morte poucas horas depois de saírem do chão.

O calor dificulta muito os dias no campo, especialmente para o gado. Após as intensas chuvas e inundações que afetaram o norte do país, a onda de calor estava presente e resultou em centenas de bezerros mortos em campos e confinamentos diferentes.

Confira a reportagem original, no Jornal La Nación.

Fonte: Jornal La Nación

Defesa Civil de MG acompanha situação de animais vítimas de tragédia

 

 Adriano Machado/Reuters/Direitos reservados

A Defesa Civil de Minas Gerais informou hoje (29) que acompanha, junto a outros órgãos das esferas estadual e federal, a situação de animais vítimas do rompimento da barragem da mineradora Vale em Brumadinho. Os animais resgatados com vida, segundo o órgão, estão sendo encaminhados para um sítio próximo ao local, onde recebem tratamento, alimentação, medicamentos e aporte necessário por uma equipe de veterinários.

Por meio de nota, a Defesa Civil do estado destacou que há animais vivos que permanecem no local do rompimento da barragem e que eles estão recebendo alimentação, água e cuidados até que seja possível resgatá-los. “Contudo, existem animais que não reúnem condições para resgate com vida em decorrência do estado e características do local do desastre. Para esses casos, uma equipe de veterinários está apta a realizar a eutanásia por meio de injeção letal”.

Ainda de acordo com o comunicado, o procedimento de eutanásia tem sido realizado apenas por médicos veterinários em casos considerados extremos, quando constatado que as condições de bem-estar e saúde dos animais encontram-se irreversivelmente comprometidas e sem possibilidade de recuperação.

“Cabe ressaltar que, em nenhum momento, houve autorização por parte do Gabinete Militar do Governador/Coordenadoria Estadual de Defesa Civil para o abate de animais aleatoriamente ou por meio de métodos em desacordo com as normas”, concluiu a nota.

 

Fonte: Agência Brasil

Defesa Civil confirma 288 pessoas desaparecidas em Brumadinho

Bombeiros encontram mais corpos nesta terça, quinto dias de buscas

Foto: Mauro Pimentel / AFP / CP

O Corpo de Bombeiros de Minas Gerais informou, nesta terça-feira que o número de mortos em Brumadinho, devido ao rompimento de uma barragem da Vale, é de 65. De acordo com a Defesa Civil, além das vítimas fatais, 288 pessoas estão desaparecidas, 192 foram resgatadas, 390 foram localizadas e 135 estão desabrigadas. O órgão ainda informou ainda informou que daqueles que foram localizados, 244 são funcionários da Vale. Os demais são terceiros ou moravam da comunidade.

O porta-voz da Devesa Civil de Minas Gerais, coronel Evandro Borges, falou ainda que o número de mortos deve subir, pois foram encontrados mais corpos, mas o novo balanço será divulgado na noite desta terça. De acordo com o porta-voz do Corpo de Bombeiros, o tenente Pedro Aihara, não existe o risco de um novo rompimento de barragem no momento. O bombeamento deve durar ainda, pelo menos, 10 dias.

Ainda de acordo com Aihara, são mais de 300 bombeiros trabalhando, sendo de 220 militares somente de Minas Gerais, além de 136 militares israelenses. Segundo ele, “o trabalho dos cães farejadores tem se mostrado muito útil”. Aihara também declarou que no fim desta terça deve ter um “aumento significativo no número de corpos encontrados.”

 

Fonte: CP