IBGE prevê safra de grãos 1,7% maior no próximo ano

São esperadas quedas na produção das lavouras de soja | Foto: Alina Souza / CP

O Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) divulgou nesta terça-feira seu segundo prognóstico para a safra de 2019 de cereais, leguminosas e oleaginosas no país. De acordo com o instituto de pesquisa, a produção deve ficar em 231,1 milhões de toneladas, 1,7% a mais do que em 2018. Já a área a ser colhida deve ficar em 62 milhões de hectares, 1,9% maior do que neste ano, segundo o IBGE.

Caso a estimativa se confirme, essa será a segunda maior safra nacional de grãos desde que o IBGE começou a fazer a pesquisa em 1975. A safra recorde foi registrada em 2017: 240,6 milhões de toneladas. Entre as principais safras de grãos pesquisadas, são esperadas quedas em 2019, na comparação com 2018, das seguintes lavouras: soja (0,2%), arroz (4,5%), primeira safra do milho (0,6%) e primeira safra do feijão (8%).

São esperados crescimentos, no entanto, na segunda safra do milho (9,3%) e algodão herbáceo (5,5%). Segundo o gerente da pesquisa, Carlos Antônio Barradas, em 2018, produtores de milho enfrentaram problemas climáticos em alguns dos principais estados.

“Para 2019, aguarda-se uma janela de plantio maior para o milho, já que, em boa parte desses estados, as chuvas já chegaram, o que permitiu o plantio antecipado. Para o algodão, os preços favoráveis do produto devem incentivar investimentos nas lavouras e aumento da área plantada”.

Mais em http://www.correiodopovo.com.br/Noticias/Economia/2018/12/668257/IBGE-preve-safra-de-graos-1,7-maior-no-proximo-ano

Cachorro é resgatado trancado dentro de carro sob forte calor em Santa Rosa

Fotos: José Luiz Soares

Na tarde desta segunda-feira (10) um fato chamou a atenção de quem circulava pelo centro de Santa Rosa, na ocasião um cachorro foi deixado trancado dentro de um veículo sob o forte calor.
Populares ao constatar a situação de imediato formaram um grupo, onde decidiram por quebrar o vidro do veículo e assim fazer o resgate do cachorro.
O cão de pequeno porte foi atendido pelos populares recebeu água e um novo tutor.
A Brigada Militar compareceu ao local e registrou a ocorrência.

Fonte: Santa Rosa 24h

Luminárias de LED começam a ser instaladas na iluminação pública de Crissiumal

Fotos: Emerson Gomes

Lâmpadas de LED estão sendo instaladas na Av. Presidente Castelo Branco em Crissiumal.

As luminárias antigas de alguns locais da cidade estão sendo substituídas por tecnologia LED, com muito mais eficiência energética e fluxo luminoso superior. Trabalhos estão sendo realizados na Av. Castelo Branco.

A troca deverá gerar principalmente economia para o município. Outras características que diferenciam a tecnologia LED é que  as lâmpadas com iluminação de sódio e mercúrio apresentam vida útil bem menor do que a LED, a iluminação com lâmpadas de mercúrio e sódio são mais amareladas e distorcidas, enquanto com iluminação LED a área de iluminação é maior, mais limpa e transmite maior sensação de segurança devido à sua luz branca.

 

Fonte: Rádio Metrópole

Mulher é presa com mais de 200 kg de maconha em carro na BR-290, em Eldorado do Sul

Droga estava no banco traseiro e no porta-malas do veículo, abordado na madrugada desta segunda-feira

Tijolos de maconha estavam dentro de um veiculo Onix, na BR-290 Brigada Militar / Divulgação

Uma abordagem da Brigada Militar em Eldorado do Sul, na Região Metropolitana, resultou na apreensão de 213 quilos de maconha na BR-290, na madrugada desta segunda-feira (10). A droga estava escondida em um veículo Onix, que foi parado após policiais desconfiarem da motorista

O carro foi percebido pelos policiais inicialmente na Rua Antenor da Silva Ferrão, uma via residencial do bairro Parque Eldorado, por volta das 2h. O veículo foi acompanhado pelos agentes até a rodovia, quando foi parado no km 142.

A  droga estava no banco traseiro do carro e no porta-malas. A motorista , uma mulher de 38 anos, que não teve o nome divulgado pela polícia, foi presa em flagrante por tráfico de drogas e associação criminosa.

A mulher informou aos policiais que pegou a droga no município de Gravataí, também na Região Metropolitana, a pedido de um traficante que está preso. Ela afirmou que deveria deixar a carga de maconha em uma rua do próprio bairro Parque Eldorado. Os tijolos, segundo ela, seriam transportados por um homem que a aguardava e escondidos em um matagal para, depois, serem fracionados e vendidos.

Segundo a Brigada Militar, o companheiro da mulher estaria em um Honda Civic, acompanhando o Onix, para fazer a segurança da carga. Policiais procuraram o veículo, mas não encontraram.

Fonte: Gaúcha ZH

 

Semana começa com calor acima dos 30°C antes de temporais

Temperaturas muito altas se mantêm até quarta, quando o tempo terá virada

Foto: Emerson Gomes

A MetSul alerta para período de calor muito intenso nesta primeira metade da semana, no Rio Grande do Sul. A temperatura já atingiu 33ºC na tarde deste domingo e sobe muito mais nesta segunda-feira, quando as máximas superam 35ºC. O sol predomina no Estado com períodos de céu claro e nuvens esparsas.

O calor será ainda mais intenso na terça-feira e as máximas vão ficar ao redor de 40ºC na Grande Porto Alegre e no interior. Segue muito quente quarta-feira antes da chuva e dos temporais que atingirão o território gaúcho. Neste período de calor muito intenso será bastante alto o risco de incêndio em vegetação com elevados índices UV.

As mínimas rondam os 8°C em São José dos Ausentes e os 20°C em Alegrete. As máximas, por sua vez, podem chegar a 36°C em Santa Rosa e a 37°C em Santa Cruz do Sul. Em Porto Alegre, os termômetros variam entre 18°C e 36°C.

O fim de semana começou com frio histórico. No Rio Grande do Sul, a temperatura caiu abaixo de zero em pleno dezembro e verão climático. São José dos Ausentes teve -1,2ºC no sábado. Foi o 37º dia de mínima negativa no Estado em 2018, o que não ocorria desde 28 de agosto. Porto Alegre experimentou a madrugada mais fria no mês de dezembro em 15 anos. Fez 9,7ºC na Lomba do Pinheiro.

Geou nas partes mais altas do Rio Grande do Sul e Santa Catarina. O frio atípico e incomum dará lugar agora a uma onda de calor que vai elevar a temperatura a valores próximos de 40ºC.

Fonte: Correio do Povo

Acidente com morte no centro de Coronel Bicaco

Por volta das 18h00min deste domingo (09/12) um veículo Volkswagen Quantum com placas de Coronel Bicaco envolveu-se em um acidente que teria levado um dos passageiros a óbito.

Segundo informações o veículo seguia no sentido Centro-Bairro, na Avenida Presidente Vargas quando em frente ao Estádio do Ouro Verde, por motivos desconhecidos, o motorista perdeu o controle e colidiu com um poste.

Informações preliminares dão conta de que no carro estavam o motorista e mais três passageiros, sendo eles uma mulher, um homem e uma criança de colo, todos de Coronel Bicaco.

O SAMU socorreu o motorista e a criança, enquanto o outro passageiro ficou preso às ferragens e, segundo informações, a mulher teria ido a óbito.

A Brigada Militar esteve no local.

 

 

Fonte: Observador Regional

Homem morre em acidente na RSC-472 entre Três Passos e Tenente Portela

Motorista de 68 anos saiu da pista e colidiu em uma árvore. Ele chegou a ser levado ao hospital, mas não resistiu aos ferimentos. Outros dois passageiros ficaram feridos.

Foto: Três Passos News

Um homem morreu em um acidente na RSC-472, entre Três Passos e Tenente Portela, na Região Noroeste do Rio Grande do Sul. O fato ocorreu no final da tarde de sábado (08/12).

O motorista de 68 anos saiu da pista e colidiu em uma árvore. O homem chegou a ser levado ao hospital, mas não resistiu aos ferimentos. Os outros dois passageiros ficaram feridos.

A polícia investiga o caso.

Fonte: G1 RS

Homem é preso por tráfico de drogas em Tiradentes do Sul

Uma ocorrência de tráfico de entorpecentes foi registrada em Alto Uruguai, no interior de Tiradentes do Sul, por volta das 22h deste sábado (o8/12).

Segundo o CRPO Fronteira Noroeste, a guarnição estava em patrulhamento juntamente com o apoio das guarnições da Força Gaúcha, aonde foi abordado um indivíduo e em posse do mesmo foi encontrado duas buchas de uma substância semelhantes a maconha e duas buchas de uma substância semelhante a cocaína.

O indivíduo foi encaminhado a DP para lavratura da ocorrência e posterior liberado.

 

Fonte: CRPO/Fronteira Noroeste

Acidente deixa ciclista gravemente ferido na cidade de Tiradentes do Sul

Ciclista teve varias lesões provocadas pela queda

Um acidente de transito foi registrado no final da tarde desta sexta-feira 07, deixando um ciclista gravemente ferido em Tiradentes do Sul.

O acidente aconteceu por volta das 20 horas na avenida central, nas proximidades do Mini Mercado Soares. O ciclista perdeu o controle da sua bicicleta por motivos desconhecidos, vindo a cair e sofreu varias lesões.

O Corpo de Bombeiros foi acionado e fez o atendimento ao ciclista que foi encaminhado ao Hospital de Caridade de Três Passos com suspeita de fratura.

Fonte: Tirsul

 

Fazenda sugere fim do abono salarial e revisão do reajuste do mínimo

A política de reajuste do salário mínimo deverá ser revista e o abono salarial extinto, para reequilibrar as contas do governo depois da aprovação da reforma da Previdência. As sugestões constam de documento do Ministério da Fazenda com o balanço da atual gestão e recomendações para o próximo governo, disponível na página da pasta na internet.

A pasta também recomenda o controle dos gastos públicos, com a redução de privilégios e incentivos fiscais para setores da economia, revisão dos gastos com o funcionalismo público e direcionamento dos benefícios sociais aos mais pobres para reduzir a desigualdade. Segundo o documento, o salário mínimo, cuja política de reajuste será substituída em 2020, deverá ser compatível com os salários do setor privado e o aperto nas contas públicas.

Desde 2011, o salário mínimo é reajustado com base na inflação dos 12 meses anteriores pelo Índice Nacional de Preços ao Consumidor (INPC), mais a variação do Produto Interno Bruto (PIB, soma dos bens e serviços produzidos no poaís) de dois anos antes. Caso o resultado do PIB seja negativo, a correção se dá apenas pelo índice de inflação. Essa política vigorará até 2019, sendo substituída no ano seguinte.

Segundo o Ministério da Fazenda, cada R$ 1 de alta no salário mínimo aumenta os gastos da União em R$ 304 milhões. A maior parte desses gastos o impacto decorre do reajuste do piso pago pela Previdência Social. A nova política de cálculo do mínimo deverá ser encaminhada pelo futuro governo até 15 de abril, quando será apresentado o projeto da Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO) de 2020.

Abono salarial

Em relação ao abono salarial, a Fazenda recomendou a extinção do benefício por entender que não atende à população em extrema pobreza, mas apenas empregados com carteira assinada. Previsto para consumir de R$ 19,2 bilhões no próximo ano, o abono é pago ao trabalhador que recebe até dois salários mínimos com carteira assinada, desde que tenha trabalhado pelo menos 30 dias no ano-base de apuração e tenha carteira de trabalho há pelo menos cinco anos. O valor varia de R$ 80, para quem trabalhou apenas por 30 dias, a um salário mínimo (R$ 954), para quem trabalhou por 12 meses no ano anterior.

Para aumentar a eficiência dos gastos sociais, o Ministério da Fazenda, que será transformado em Ministério da Economia em janeiro, recomendou medidas adicionais, em que também entram a revisão do Benefício de Prestação Continuada (BPC), concedido a idosos e a pessoas com deficiência, a transferência da aposentadoria rural da Previdência para a assistência social e mudanças no regime previdenciário dos militares, com a possível cobrança de contribuição sobre pensões e proventos de militares inativos.

Para a Fazenda, o BPC, que paga um salário mínimo a deficientes e a quem tem mais de 65 anos, é menos eficaz que o Bolsa Família na redução da pobreza e tem alto nível de judicialização (questionado com frequência na Justiça). O Orçamento do próximo ano reserva R$ 59,2 bilhões para o BPC, que será pago a 4,9 milhões de beneficiários. Enquanto o Bolsa Família, que paga um valor fixo por dependente e é menor que o salário mínimo, destinará R$ 29,5 bilhões a 13,6 milhões de famílias.

Segundo a Fazenda, o Bolsa Família é o programa mais eficaz para reduzir a pobreza porque 44,3% dos recursos são destinados aos 20% mais pobres da população. A Previdência Social vai na direção inversa: 40,6% dos benefícios pagos vão para os 20% mais ricos, contra somente 3,3% dos recursos para os 20% mais pobres.

FGTS

Por fim, a Fazenda propõe uma reforma no Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS), de modo a usar os recursos do fundo para financiar parcialmente o seguro-desemprego e aumentar a rentabilidade das contas, que atualmente pagam 3% mais Taxa Referencial ao ano, mais participação nos lucros. A pasta também sugere a extinção do Fundo de Investimento do FGTS (FI-FGTS), que financia projetos escolhidos pelo governo e foi foco de corrupção nos últimos anos, por entender que a livre alocação de recursos é mais eficiente.

 

EBC