HCI pode suspender quimioterapias por falta de medicamentos

Want create site? Find Free WordPress Themes and plugins.

Foto: HCI

Uma notícia que foi divulgada por alguns meios de comunicação da cidade de Ijuí causou grande alvoroço em toda a região, pois relatava a suspensão da quimioterapia por falta de medicamentos.

O Cacon atualmente atende a macro região que compreende uma população superior a 1 milhão de habitantes e não há suspensão da atividade de quimioterapia no setor de oncologia do Hospital de Caridade de Ijuí.

Em contato com o assessor de imprensa do HCI, Allan Fonseca, na manhã desta quarta-feira, 28, que se mostrou surpreso com a divulgação da notícia, ele relatou que o atendimento está acontecendo de forma normal a todos os pacientes. “São 35o pacientes por dia que atendemos, e hoje o atendimento ocorre normalmente. Esperamos uma definição do estado, que nos deve R$ 15 milhões, todos os hospitais filantrópicos estão na mesma situação, somente foram feitos reagendamentos na quimioterapia, mas hoje segue normal o atendimento”, explicou Fonseca.

Fonseca destacou que em nenhum momento houve suspensão das quimioterapias no HCI. “Alguns medicamentos pelo Ipe a gente aguarda desdobramentos para normalizar, só depende do Ipe. Mas a quimioterapia funciona normalmente, sem parar, como disse, atendendo 350 pacientes por dia”, enfatizou o assessor do HCI.

“Na verdade, aguardamos que o Ipe Saúde pague logo o que nos deve para evitar a suspensão dos atendimentos. Esse é o fato. O recurso chega e vai direto para o fornecedor de medicamento. Queremos evitar o colapso”, concluiu Fonseca.

Fonte: Noroeste Online

Atualizada 14h24

Did you find apk for android? You can find new Free Android Games and apps.