Duas mulheres são presas durante cerco da polícia após confronto no RS

Want create site? Find Free WordPress Themes and plugins.
1473843649_95

Fuzil foi apreendido com suspeito preso (Foto: Jackson Cardoso/Brigada Militar)

 

A polícia prendeu mais duas pessoas suspeitas de participação em um confronto com a Brigada Militar na madrugada desta terça-feira (13) em Guaporé, na Serra do Rio Grande do Sul. São duas mulheres que estavam em um i30, localizado entre Dois Lajeados e Vespasiano Correa. No início da manhã, um homem de 40 anos já tinha sido preso pela polícia.
Segundo o delegado Andre de Mato Mendes, uma das mulheres é companheira do suspeito. Além disso, no carro estavam uma adolescente de 16 anos e um bebê – ainda não identificado, que devem ser encaminhados para suas famílias.
Com as mulheres foram encontrados cinco celulares e um tablet. Segundo o delegado, elas estavam circulando pela região com o i30 e, por isso, a polícia não se descarta que estariam tentando localizar outro homem que participou do confronto e que está foragido. Como ele ainda não foi encontrado, a polícia mantém um cerco na região, que começou ainda na madrugada.
As duas mulheres foram encaminhadas para a delegacia de Nova Prata e devem responder por associação criminosa, conforme Mendes. O caso vai ser investigado pela Delegacia de Roubos pelo Departamento de Investigações Criminais (Deic).
1_preso620

Homem integra quadrilha de assaltos a bancos, diz BM (Foto: Jackson Cardoso/Brigada Militar)

Na madrugada desta terça, policiais militares faziam uma ronda, quando suspeitaram de dois veículos. Quando tentaram fazer a abordagem, os suspeitos reagiram a tiros e soltaram miguelitos pelas ruas para furar os pneus da viatura durante a fuga, diz a BM.

Pela manhã, a polícia prendeu um homem de 40 anos. Com ele foram apreendidos uma pistola Glock, um fuzil M-4 e uma grande quantidade de explosivos. Ele foi capturado ao abandonar uma camionete Volkswagen Amarok. P
O suspeito preso era foragido do regime semiaberto e possui diversos antecedentes criminais, conforme a BM. Ainda de acordo com a polícia, ele integra uma quadrilha liderada por José Carlos dos Santos, o Seco, que cumpre mais de 200 anos de prisão na Penitenciária de Alta Segurança de Charqueadas (Pasc) por diversos ataques a carros-fortes e instituições financeiras.
guapore_bm-1

Arma e municipção apreendidos pela polícia na ação em Guaporé (Foto: Brigada Militar/Divulgação)

Fonte: G1

Did you find apk for android? You can find new Free Android Games and apps.