Pardais das rodovias estaduais voltarão a multar; saiba a partir de quando

Desligamento dos controladores de velocidade completou um ano em julho

Os controladores de velocidade nas rodovias estaduais iniciarão essa semana sendo testados. Este é o último passo antes de começarem a registrarem infrações por excesso de velocidade.

Os testes ocorrem porque os equipamentos não serão aferidos pelo Inmetro. A dificuldade ocorre por causa da pandemia.

Por meio de uma regulamentação de julho, o órgão fiscalizador autorizou as empresas donas dos controladores a realizarem a própria aferição dos pardais novos. Na semana passada, o Conselho Estadual de Trânsito do Rio Grande do Sul (Cetran-RS) publicou resolução que regulamenta essa modalidade e uma reunião entre Departamento Autônomo de Estradas de Rodagem (Daer), (Departamento Estadual de Trânsito do Rio Grande do Sul (Detran-RS) e Companhia de Processamento de Dados do Estado do Rio Grande do Sul (Procergs) selou as alterações.

Após o período de testes, a expectativa do Daer é que os pardais já estarão aptos a registrar excesso de velocidade a partir da segunda metade do mês de setembro.

“Com isso, foi necessário modificar o próprio auto de infração para a emissão das multas. A partir disso, serão realizados testes nos aparelhos, que devem durar aproximadamente uma semana. Após esses ajustes, os equipamentos devem entrar em operação o mais breve possível”, destaca a assessoria do Daer por meio de nota.

Os pardais estão instalados em 13 rodovias – RS-030, RS-040, RS-122, RS-135, RS-153, RS-239, RS-240, RS-287, RS-324, RS-342, RS-389, RS-453 e na RS-470 – e, quando estiverem em funcionamento, vão monitorar 93 faixas de tráfego.

O desligamento dos equipamentos completou um ano em julho. Os novos contratos terão validade de dois anos podendo ser prorrogados por igual período.

Os pardais foram colocados no mesmo lugar onde estavam instalados. Também serão colocadas câmeras de monitoramento e dispositivos de leitor automático de placas (OCRs) que serão capazes de registrar as placas dos veículos e poderão identificar veículos roubados, por exemplo.

Fonte: Gaúcha ZH

Dois jovens morrem em capotagem de carro após bater em barranco na BR 285, em Entre-Ijuís

Foto: Rádio Santo Ângelo / Divulgação

Duas pessoas morreram em um acidente de trânsito ocorrido na noite de domingo(06) em Entre-Ijuís.

No km 495 da BR 285, um Chevrolet Vectra, com placas de Entre-Ijuís, ficou desgovernado, chocou-se contra um barranco e capotou em seguida.

Dois jovens, de 21 e de 23 anos, morreram, sendo o primeiro no local e o segundo durante atendimento médico no hospital. Outros dois ocupantes do veículo, de 24 e de 32 anos, ficaram feridos, foram socorridos e internados.

A Polícia Rodoviária Federal atendeu a ocorrência.

*Correio do Povo

Jovem morre atropelado por caminhão na BR-472, em Três de Maio

Arquivo Pessoal

Um jovem erechinense morreu após ser atropelado por um caminhão, na madrugada deste domingo (06), na BR-472 no município de Três de Maio. A vítima foi identificada sendo Edson Marcos Marcos Borge, de 26 anos.
De acordo com informações da (PRF) Policia Rodoviária Federal, o acidente ocorreu por volta das 01h30, no km 132.
Ainda de acordo com a Policia, um caminhão de Três de Maio, trafegava sentido Santa Rosa – Três de Maio, quando atropelou o jovem.
Edson chegou a ser socorrido porém faleceu durante atendimento no hospital. As circunstâncias do acidente serão investigadas pela polícia judiciária em Santa Rosa.

Fonte: RS Agora

Senado aprova alterações no Código de Trânsito Brasileiro

Projeto de Lei 3.267/2019 sofre alterações e retorna à Câmara

O Senado aprovou ontem (3) o Projeto de Lei (PL) 3.267/2019, que altera regras do Código de Trânsito Brasileiro. O projeto, apresentado pela Presidência da República, traz várias alterações, entre elas estão a diminuição na punição para excesso de velocidade e o aumento da validade da Carteira Nacional de Habilitação (CNH). O texto retorna à Câmara.

Além do aumento na validade da CNH para dez anos para condutores com menos de 50 anos de idade, a proposta torna todas as multas leves e médias puníveis apenas com advertência, caso o condutor não seja reincidente na mesma infração nos últimos 12 meses. O PL ainda cria o Registro Nacional Positivo de Condutores (RNPC). Esse registro fará uma espécie de listagem de bons condutores.

O projeto também passa a exigir o transporte de crianças menores de dez anos e com menos de 1,45 metro nas cadeirinhas que sejam adequadas à sua faixa etária. O projeto original abrandava a multa por descumprimento da regra, mas o texto aprovado resgatou a condição de “gravíssima” da infração.

Outro destaque é a alteração da “Lei do Farol Baixo”. O PL aprovado hoje determina que ela somente se aplique aos casos de rodovias de pista simples e exige que os veículos novos sejam fabricados com luzes de rodagem diurna.

Polêmica

Um dos pontos polêmicos, e que foi alvo de críticas de vários senadores, está no trecho que aumenta o limite de pontos na carteira para a suspensão do direito de dirigir. Hoje, para suspender a carteira são 20 pontos. O texto aumenta para 40 pontos no caso de condutores profissionais, independente do tipo de infração cometida. Para os demais condutores, estabelece critérios a depender do número de infrações gravíssimas cometidas. Caso não tenham nenhuma infração gravíssima, o limite será também de 40 pontos.

“O país com um volume de acidentes tão grande, com milhares de mortos todos os anos, temos que tomar muito cuidado no afrouxamento da legislação e das exigências”, disse Wellington Fagundes (PL-MT). O relator do projeto no Senado, Ciro Nogueira (PP-PI), defendeu o projeto como um ajuste na legislação. “Esse Código de Trânsito não vem incentivar a impunidade. Ele vem a ajustar uma série de situações fundamentais que hoje existe um vazio enorme, como é o caso das cadeirinhas. Tenho certeza que esse Código vai ajudar o combate ao perigo do trânsito em nosso país”.

Apesar de defender o projeto, Nogueira acatou uma emenda do senador Fabiano Contarato (Rede-ES), considerando-a uma melhoria ao texto. A emenda impede a substituição da pena privativa de liberdade por restritiva de direito em caso de homicídio ou lesão corporal cometidos no trânsito por condutores alcoolizados ou sob a influência de substâncias psicoativas.

Divergências sobre votação

Vários senadores tentaram adiar a votação do projeto, que já havia sido retirado de pauta em agosto. Alguns pediram a palavra para fazer um apelo pelo adiamento do debate e da votação. Para eles, esse PL não é urgente e deve ser discutido em um período pós-pandemia, quando audiências públicas e debates presenciais em comissões serão restabelecidos.

Os senadores Styvenson Valentim (Podemos-RN), policial militar, e Fabiano Contarato (Rede-ES), delegado da Polícia Civil e ex-diretor do Detran, foram apontados pelos seus pares como especialistas no tema. Ambos foram contrários à discussão e votação da matéria no dia de hoje. “Em quatro anos trabalhando no trânsito eu aprendi que velocidade e imprudência causam acidentes e danos. Esse projeto de lei está vindo muito rápido, sem discussão”, disse Valentim.

A senadora Mara Gabrilli (PSDB-SP) também se opôs. Gabrilli é tetraplégica, vítima de um acidente automobilístico. “Não é razoável que o Senado aprove uma matéria dessa envergadura sem debater com profundidade. No trânsito, eu prefiro ficar com a cautela, não com a imprudência que me deixou tetraplégica”, disse a senadora paulista.

As falas, no entanto, não foram suficientes para sensibilizar a maioria do plenário do Senado. O requerimento de retirada de pauta foi derrotado por 39 votos a 30.

Fonte: Agência Brasil

 

Jovem morre em acidente na BR 386 em Sarandi

PRF/divulgação

 

Em Sarandi, na BR 386 Km 128, por volta das 3h da madrugada deste domingo (30), ocorreu um acidente do tipo colisão traseira que envolveu uma motocicleta CB 300R, de Três Palmeiras/RS, e uma motocicleta CG 125, emplacada em Chapecó/SC.

O condutor da CB300R, de 25 anos, não resistiu aos ferimentos e morreu no local.

O condutor da CG 125, 21 anos, e o passageiro de 23 anos, sofreram lesões leves. O motociclista era inabilitado e estava embriagado.

As causas do acidente estão sendo apuradas. Não houve interdição de pista. PRF em atendimento no local.

PRF/divulgação

Fonte: Polícia Rodoviária Federal

Veículo táxi fica destruído e uma criança fica ferida em acidente na BR 472 em Três de Maio

Uma criança de pouco mais de um mês de vida ficou ferida vítima de um acidente de trânsito na noite desta segunda-feira (24) na BR 472, em Três de Maio. Ela, junto com a mãe e o pai eram passageiros de um táxi que colidiu contra uma caretinha que estava acoplada em outro automóvel.

De acordo com informações obtidas no local do acidente, por volta das 19h40min, o automóvel taxi GM Cobalt de Três de Maio, era conduzido no sentido Três de Maio/Boa Vista do Buricá e colidiu contra uma carretinha que estava acoplada em um GM Corsa de Horizontina que seguia logo a frente. Em seguida, o veículo taxi desgovernado capotou em um barranco a cerca de 50 metros do local.

O casal e a criança que estavam no táxi foram socorridos por uma família de Boa Vista do Buricá, e conduzidos para a emergência do Hospital São Vicente de Paulo. No Corsa, estavam duas mulheres e seis crianças, e ninguém ficou ferido.

Samu e Corpo de Bombeiros estiveram no local junto com a Brigada Militar, que comunicou a PRF de Ijuí.

*Paulo Marques

Jovens sofrem grave acidente na BR-468, em Três Passos

Um acidente de trânsito envolvendo um veículo deixou duas pessoas feridas no início da noite deste sábado, 22, em Três Passos. O fato aconteceu, por volta das 18h50, no km 93, trecho da rodovia entre Três Passos e Bom Progresso (BR-468).

Um VW Up, placas de Três Passos, retornava para a cidade quando, nas proximidades do trevo de acesso ao antigo aeroporto, em Olhos d’Água, saiu da pista, colidiu violentamente e derrubou uma árvore, ficando dependurado sobre outras às margens da rodovia.

Dois jovens, de idades ainda não divulgadas, ocupavam o veículo que ficou praticamente destruído. Ambos foram socorridos pelo Corpo de Bombeiros e encaminhados feridos, mas conscientes, ao Hospital de Caridade. Um deles ferido na cabeça com maior gravidade.

A Brigada Militar controlou o trânsito no local, que não chegou a ser interrompido, até a chegada da Polícia Rodoviária Federal.

 

 

*TP News

Acidente envolve três veículos entre Boa Vista do Buricá e Nova Candelária

Pamela Eloiza Volken/ Rádio JB

No anoitecer desta quinta-feira, 20/08, ocorreu um acidente de trânsito próximo a ponte do Lajeado Almeida no sentido Nova Candelária/Boa Vista do Buricá na RSC 472.

O acidente envolveu um caminhão  que transportava suínos, um Versailes e uma Saveiro.

Informações preliminares é de que houve apenas danos materiais nos veículos.

 

*Rádio JB

Motociclista morre em colisão no trevo da RS 344, no bairro Sulina em Santa Rosa

Foto: whatsApp

Um motociclista de 19 anos, morreu vítima de trânsito no início da noite desta terça-feira (18) na RS 344, em Sana Rosa. O acidente ocorreu por volta das 18h45min, no trevo do bairro Sulina e envolveu uma motocicleta Falcon e um micro-ônibus.

De acordo com informações do Comando Rodoviário da Brigada Militar, Ricardo Fagundes de Souza pilotava a moto na rodovia e teve a frente cortada pelo micro-ônibus, no momento que o motorista contornava o trevo para entrar no bairro Sulina.

O motociclista não resistiu aos ferimentos e morreu no local.

 

*Paulo Marques

Uma pessoa fica ferida em acidente de trânsito entre Sede Nova e Humaitá

Fotos: Whatsapp

Na noite deste domingo (16/8) ocorreu um acidente do tipo colisão frontal na estrada que liga os municípios de Humaitá e Sede Nova.

Envolveram-se na colisão uma camionete Ford Ranger emplacada em Três Passos e um veículo GM Vectra placas Mercosul. Ambos trafegavam no sentido contrário.

De acordo com informações, a condutora do Vectra acabou se ferindo e precisou ser hospitalizada.