Vídeo – Granizo provocou danos na produção de tabaco no interior de Crissiumal

Granizo isolado foi registrado na localidade de Lajeado Jacaré

Fotos: Vilson Tormes

O agricultor Vilson Tormes enviou para a Rádio Metrópole na noite deste domingo , dia 13 de outubro, fotos dos danos causados pela queda de granizo em sua plantação de tabaco (fumo). O fato foi registrado no meio da tarde na localidade do Lajeado Jacaré.

Segundo o agricultor, o granizo caiu em uma pequena área de sua propriedade causando estragos. Inúmeras plantas tiveram suas folhas perfuradas conforme pode-se observar nas fotos.

No vídeo abaixo, a queda de granizo.

 

Na região

Segundo o Portal FC , um forte temporal assustou moradores da cidade de Dr. Maurício Cardoso na tarde deste domingo. As plantações de fumo e milho foram as mais atingidas , postes de luz  caíram em vias rurais do município. Na cidade, casas e prédios tiveram seus telhados arrancados pelos fortes ventos. A RGE ainda não tem previsão de retorno da energia elétrica pois as más condições do tempo não permitem uma agilidade no serviço.

 

Rádio Metrópole

Granizo, chuva forte e vento de mais de 100 km/h atingem região sul do Estado

Pedras de gelo caíram com mais intensidade por volta das 23h desta terça-feira em Arroio Grande

A noite desta terça-feira (1º) foi marcada por temporal e queda de granizo em alguns municípios gaúchos, especialmente na região sul do Estado. Em Arroio Grande, moradores relataram que as pedras de gelo caíram com mais intensidade, por volta das 23h.

Apesar dos registros, o Corpo de Bombeiros de Jaguarão — que atende Arroio Grande — não recebeu chamados de gravidade.

Em São Borja, na Fronteira Oeste, as rajadas de vento chegaram a 102,6 km/h por volta das 3h desta quarta-feira (2), segundo dados registrados pela Somar Meteorologia. Já em Jaguarão, a velocidade do vento teve o momento mais forte às 2h, quando chegou a 65,2 km/h .

Conforme o instituto, a região sul e todas as áreas de fronteira do Rio Grande do Sul apontam chuva forte e com indicativos de avanço para o restante do Estado no decorrer do dia.

Fonte/Foto: Gaúcha ZH

Depois de calor, RS tem previsão de temporais nos próximos dias

Inmet publicou alerta sobre o perigo de ocorrer tempestades, chuva intensa, ventos fortes e queda de granizo em parte do estado

Foto: Emerson Gomes/Arquivo

Após dias de calor no Rio Grande do Sul, há risco de temporais em algumas regiões do estado a partir desta terça-feira (1º). O Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet) publicou um alerta sobre o perigo de ocorrer tempestades, chuva intensa, ventos fortes e queda de granizo.

Na segunda (30), várias cidades gaúchas tiveram temperaturas acima dos 30ºC.

Segundo a Somar, a terça-feira começa com predomínio de tempo firme e poucas nuvens em boa parte do estado. Mas no decorrer do dia, o tempo muda, principalmente na Região Sul.

“A frente fria avança, pode ocorrer bastante chuva nesta terça, principalmente, no Sul do estado. Há condições para temporais, chuva intensa, ventos fortes. O tempo ainda fica firme no Norte do estado nesta terça. Na quarta (2), as precipitações se espalham por todo o estado, incluindo a Região Metropolitana, onde também podem ocorrer temporais”, afirma a meteorologista Andressa Lorena.

Na quinta-feira (3), a previsão é de que a chuva persista em todo o estado. Com o tempo instável, as temperaturas diminuem.

“A quinta vai ser um dia bem diferente do início da semana, bastante cinza. A temperatura cai devido a presença da nebulosidade. Em algumas cidades, as máximas não devem alcançar os 20°C”, acrescenta Andressa.

G1 RS

Semana começa com temperatura em forte elevação no RS

Forte calor deve durar até a noite de terça, quando chuvas avançam sobre o Estado;  Crissiumal teve bastante sol e máxima em torno dos 34ºC neste domingo

Foto: Emerson Gomes/Arquivo

Massa de ar quente toma conta do Rio Grande do Sul nesta segunda-feira e favorece uma elevação muito acentuada da temperatura. Será mais um dia com tempo ensolarado e amplos períodos de céu claro no Estado, de acordo com a MetSul Meteorologia.

O amanhecer ameno pode registrar névoa úmida e talvez até nevoeiro em alguns pontos, especialmente na faixa Leste. Na costa, chance de nevoeiro costeiro. Com o sol, a temperatura sobe rapidamente durante a manhã e a tarde será de calor.

Máximas muito elevadas principalmente no Noroeste e ao longo da Fronteira Oeste com marcas acima dos 35°C.

O dia mais quente da semana será na terça-feira, quando as marcas dos termômetros ficarão perto dos 40°C. No entanto, entre a madrugada de terça para quarta, ingressa uma frente fria, trazendo chuvas. A chuva poderá ser localmente forte e vir com tempestades isoladamente fortes a severas com risco de vendavais e granizo.

Com informações da MetSul

Rádio Metrópole

Granizo danifica casas no município de Caibaté, na Região das Missões

Cidade foi atingida durante a madrugada desta terça-feira

Defesa Civil de Caibaté / Divulgação

A chuva foi intensa na madrugada desta terça-feira (17) na maioria das regiões do Rio Grande do Sul e resultou em inúmeros relatos de queda de granizo. No município de Caibaté, na Região das Missões, a maior intensidade aconteceu por volta das 2h30min.

Conforme o coordenador-adjunto da Defesa Civil nas Missões, Sargento Volmir Miranda, foram cerca de 10 minutos de chuva forte na cidade, momento em que foi registrada a queda de granizo. Apesar disso, os danos que ocorreram em residências da cidade são considerados leves.

— De oito a 10 casas apresentaram danos nos telhados, mas ainda estamos averiguando outras partes do município — disse.

De acordo com relatos de ouvintes da Rádio Gaúcha, o local mais atingido foi na região do ginásio esportivo da cidade.

Além disso, moradores de municípios da Região Metropolitana, como Alvorada, Sapucaia do Sul e Viamão; Torres, noLitoral; Passo Fundo e Morrinhos do Sul no norte do estado relataram registros de granizo fino. A chuva ainda causou transtornos na Capital, onde o aeroporto Salgado Filho teve as operações suspensas durante a madrugada. A Defesa Civil  faz um levantamento sobre os municípios atingidos no Rio Grande do Sul.

Fonte: ZH

Previsão do tempo no RS: semana começa com chuva e avanço de frente fria

No Oeste, condições são favoráveis para temporais com raios e trovoadas

Após um domingo (15) de sol e calor, a semana inicia com o avanço de uma frente fria pelo Estado. O dia deve começar com muita nebulosidade em boa parte das regiões. No Oeste, as condições são favoráveis para temporais com raios e trovoadas já no período da manhã. Volumes elevados de chuva também são esperados para as áreas centrais e para o sul gaúcho.

De acordo com a Somar Meteorologia, o predomínio da nebulosidade faz com que as temperaturas não se elevem muito. Na Capital, a máxima deve ser de 24°C.

O dia começa com tempo firme na faixa norte, mas pancadas de chuva não são descartadas durante a tarde. Com isso, a temperaturas sobe, mas sem extremos. Em Passo Fundo, a máxima não deve passar de 22°C.

Na terça-feira (17), a nebulosidade também deve predominar. Há chance de chuva a qualquer hora do dia entre áreas centrais e a Região Norte. O sol aparece pouco e as temperaturas não sobem muito. Na Região Sul e na Campanha, as instabilidades vão perdendo força e o tempo vai ficando firme, com o avanço de uma massa de ar seca e fria.

Fonte: ZH/Somar

Rio Grande do Sul terá predomínio de sol e tarde quente neste domingo

Grande elevação dos termômetros garante máximas acima dos 30°C em vários pontos

Foto: Emerson Gomes/Arquivo

Depois das instabilidades ocasionais dos últimos dias, o domingo (15) terá predomínio de sol no Rio Grande do Sul. O começo do dia tem chance de instabilidade em pontos do Centro para o Norte gaúcho, contudo.

Após essa precipitação irregular, o sol aparece com nuvens em todas as regiões. Ar muito quente ingressa no Estado e a temperatura sofrerá uma escalada. A tarde será de intenso calor. Alguns dados indicam máximas de 37ºC a 39ºC nos vales.

No fim do dia, o avanço de uma frente fria traz chuva e temporais de vento e granizo para pontos do Oeste, Sul e talvez do Centro do Estado. A noite será atipicamente quente.

#Com informações da MetSul

Moradores relatam surpresa com chuva escura em Camaquã e Encruzilhada do Sul

MetSul Meteorologia relaciona fenômeno com queimadas na floresta Amazônica

Moradores de Encruzilhada do Sul e Camaquã, na Região Sul do Estado, demonstraram surpresa com a precipitação de chuva turva nos municípios nesta terça e quarta-feira. Relatos foram registrados por moradores das duas cidades nas redes sociais, junto com imagens e vídeos que mostram a cor estranha da água.

A professora de geografia Adelaide Bukoski Langassner, 52 anos, conta que colocou recipientes na área externa de sua casa para coletar água fazer a limpeza de tapete. “Acumulou por um tempo e vi que estava estranho, de uma cor marrom. Então, lavei os baldes e coloquei outra vasilha longe das telhas porque pensei que poderia ser de lá. Mas acordei hoje e estava do mesmo jeito. Parecia saído de um açude”, narrou a moradora de Encruzilhada do Sul. “Quando eu reservo água, as primeiras quantidades descarto, mas depois fica limpinho, de usar na máquina de lavar roupas. Agora, é impressionante o tom”, completou.

O fenômeno, de acordo com a MetSul Meteorologia, está relacionado à presença de material particulado originário da queima de biomassa em decorrência das queimadas na floresta Amazônica: o carbono negro se precipita em companhia da água e dá o aspecto turvo. Uma imagem de satélite da manhã desta quarta mostra ampla e densa pluma de fumaça no interior da América do Sul, descendo da região amazônica até o Sul do Brasil, onde encontra a barreira de um sistema frontal.

Pelas redes sociais, Adelaide viu usuários comentando sobre o mesmo fenômeno na cidade vizinha de Camaquã, que fica a pouco mais de 100 quilômetros de distância. O biólogo da secretaria de Meio Ambiente da cidade, Rafael Sofia, disse ter tomado conhecimento das postagens, mas que não teve registro de nenhuma reclamação direta. “Pode ser algo relacionado com as queimadas, mas não se tem nenhum dado ou informação que possa nos dizer com certeza. É preciso uma averiguação científica”, afirmou Sofia. Ele garante que ficará atento à situação para esclarecer qualquer questão relacionada ao ocorrido.

A meteorologista Estael Sias explica que a precipitação com fuligem é comum, ainda que possa causar espanto em algumas pessoas. “Quando a atmosfera está suja, o que limpa é a chuva. Então, o que ocorreu mostra que a atmosfera esta com essas fuligens da região amazônica. Áreas do norte, onde a chuva está longe, como Erechim, Iraí, estão com uma fumaça está presente porque não houve essa limpeza”, explica. “Isso é normal. O produtor agrícola tem que fazer queimadas para limpar as lavouras, mas às vezes está muito seco. No centro do país há áreas em que não ocorre precipitação há cem dias. Umidade baixa e vento forte ampliam essas queimadas e fazem com que haja um descontrole da proporção”.

Chuva com fuligem em São Paulo

Na semana passada, análises técnicas feitas por duas universidades mostraram que a água da chuva de cor escura, coletada por moradores de São Paulo nesta segunda-feira continha partículas provenientes de queimadas. O teste feito pelo Instituto de Química da Universidade de São Paulo (USP) identificou a presença de reteno e um exame realizado pela Universidade Municipal de São Caetano (USCS) mostrou que a concentração de material particulado, ou seja, de fuligem, foi sete vezes maior do que a registrada na água de uma chuva normal.

Fonte: CP

Vai e vem de temperaturas máximas deve continuar no RS

Foto: Emerson Gomes/Arquivo

A segunda-feira foi quente como nos dias mais escaldantes do verão no Rio Grande do Sul com marcas que chegaram a 40°C. Ontem uma frente fria associada a um sistema de baixa pressão no mar favoreceu o ingresso de ar mais frio na maioria das áreas e mudou completamente a temperatura e a sensação térmica. Em Parobé, por exemplo, a segunda teve máxima de 40,1°C e ontem 27,5°C.

Os contrastes não pararam por aí. Na divisa com Santa Catarina a terça seguiu abafada e as máximas ainda se aproximaram de 30°C em muitas cidades, enquanto que no Sul e na Campanha a tarde teve marcas ao redor de 14°C, praticamente a metade.

E a situação deve persistir. O vai e vem da temperatura seguirá nos próximos dias, de acordo com a MetSul Meteorologia. Esquenta muito no Norte do Estado novamente nesta quinta-feira (12). Na sexta faz frio e as mínimas poderão baixar de 5°C entre o Oeste e Sul. E no domingo o calor retorna com projeção de temperatura acima de 33°C em muitas áreas.

Fonte: MetSul

Raio atinge árvore no centro de Caibaté

Uma árvore foi atingida por um raio no início da manhã desta sexta-feira (06/09) em Caibaté, na Região das Missões. A árvore fica no bosque em frente à Igreja da Matriz, próximo à Secretaria de Saúde do Município. Os prognósticos já indicavam chuva, e no começo da manhã, por volta das 7h, com a incidência de pancadas de chuva forte seguidas de relâmpagos, um raio acabou atingindo a árvore.
Com a força do raio, restou danificado a ponta do pergolado, este construído na 10ª FACIC. Segundo informações de populares, houve um clarão muito forte, seguido de um grande estouro. Ninguém se feriu. A equipe da Secretaria de Infraestrutura trabalhou na remoção dos galhos da estrada e no concerto do pergolado.

#Com informações da Prefeitura de Caibaté