Massa de ar seco deixa o tempo com muito sol no estado nesta terça-feira

O dia começa com temperatura baixa mas as máximas sobem ao longo do dia

Confira a previsão para esta terça-feira:

LESTE: sol com poucas nuvens. O dia começa com temperatura amena, mas sobe à tarde.

Porto Alegre: min 15°C, max 26°C
Novo Hamburgo: min 13°C, max 25°C

LITORAL NORTE: sol com poucas nuvens. O dia começa com temperatura amena, mas sobe à tarde.

Tramandaí: min 18°C, max 23°c
Xangrilá: min 17°C, max 22°C

LITORAL SUL: sol com poucas nuvens. O dia começa com temperatura amena, mas sobe à tarde.

Rio Grande: min 15°C, max 23°C
Cassino: min 16°C, max 22°C

SERRA GERAL: sol com poucas nuvens. O dia começa com temperatura baixa, mas sobe à tarde.

Caxias do Sul: min 9°C, max 24°C
Canela: min 9°C, max 23°C

PLANALTO:sol com poucas nuvens. O dia começa com temperatura amena, mas sobe à tarde.

Vacaria: min 10°C, max 22°C.
Passo Fundo: min 12°C, max 24°C.

CENTRO:sol com poucas nuvens. O dia começa com temperatura amena, mas sobe à tarde.

Santa Maria: min 13, max 27°C
Agudo: min 13°C, max 26°C

CENTRO-LESTE e vales: sol com poucas nuvens. O dia começa com temperatura amena, mas sobe à tarde.

Santa Cruz do Sul: min 15°C, max 26°C
Triunfo: min 15°C, max 26°C

CAMPANHA: sol com poucas nuvens. O dia começa com temperatura amena, mas sobe à tarde.

São Gabriel: min 14°C, max 28°C
Bagé: min 13°C, max 27°C

SUL: sol com algumas nuvens. O dia começa com temperatura amena, mas sobe à tarde.

Pelotas: min 13°C, max 23°C
Canguçu: min 11°C, max 23°C

EXTREMO SUL:sol com poucas nuvens. O dia começa com temperatura amena, mas sobe à tarde.

Santa Vitória do Palmar: min 12°C, mas 24°C.
Jaguarão: min 11°C, max 25°C

NOROESTE (missões): sol com poucas nuvens. O dia começa com temperatura amena, mas esquenta à tarde.

Santa Rosa: min: 16°C, max 33°C.
São Borja: min: 14°C, max: 31°C

OESTE: sol com poucas nuvens. O dia começa com temperatura amena, mas sobe à tarde.

Uruguaiana: min 14°C, max 30°C
Itaqui: min 13°C, max 30°C

 

*SEMA

Dezembro começa com frio e geada de 0.6 graus na Serra Catarinense

Foto: Mycchel Legnaghi/ São Joaquim Online

A primeira segunda-feira de Dezembro de 2019, dia 02, foi marcada pelo frio de 0.6º e por uma geada que recobriu os campos de baixadas na Serra Catarinense.

Os municípios de São Joaquim e Bom Jardim da Serra chegaram a registrar a formação de geada em diversos pontos de baixadas.

Em Bom Jardim da Serra, no centro da cidade e na Pousada das Laranjeiras foi possível raspar o gelo de cima dos veículos. Já em São Joaquim o espetáculo ficou por conta dos campos branquinhos de gelo do Caminhos da Neve e a também do Vale do Postinho.

A menor temperatura foi registrada pela rede de estações Keiser no Vale da Invernadinha, há cerca de 12km do centro de São Joaquim onde assinalou a marca de 0.6ºC. Já em Bom Jardim da Serra a mínima foi de 0.7ºC.

 

*São Joaquim Online

Água mineral atrai visitantes em Iraí

Cidade recebe pessoas de municípios do Norte do Rio Grande do Sul, Oeste de Santa Catarina, além de cidades do Paraná

Foto: José Santiago / Divulgação

A água mineral que jorra de uma fonte rochosa com uma temperatura de 36,5ºC , localizada sob o Centro Hidroterápico Municipal Osvaldo Cruz, é a principal atração turística de Iraí, no Norte do Estado. Conhecida como a “Cidade Saúde”, em razão da fonte termal e dos banhos oferecidos no complexo hidromineral e da estrutura de piscinas externas, a cidade recebe desde o início do mês milhares de pessoas de municípios do Norte do Rio Grande do Sul, Oeste de Santa Catarina, além de cidades do Paraná.

O secretário de secretário de Turismo, Indústria e Comércio de Iraí, Ediner Kehl, disse que a administração municipal implementou, nos últimos anos, projetos e ações que garantem um ambiente agradável a todas as pessoas que chegam na cidade. “A água mineral, com banhos oferecidos em cabines no interior do Centro Hidroterápico, além das piscinas externas – adultos e crianças – igualmente com água mineral, além de outros atrativos, passeios de barco no rio Uruguai, trilhas na mata nativa e o artesanato indígena fazem com que pessoas de várias partes do Brasil venham até nossa cidade”, observa Kehl.

O secretário informou que no último final de semana prolongado, aliado aos dias quentes, resultou no aumento significativo do número de visitantes, resultando na ocupação máxima da rede hoteleira. “Grande movimentação de pessoas também ocorre no campino municipal, além da circulação das pessoas no bosque de mata nativa, com 5 mil metros de extensão e dois de largura. Nesta área pode fazer caminhadas, passeios ciclísticos e respirar ar puro em meio à mata atlântica que cerca a cidade, sendo que o rio Uruguai, próximo da cidade, é outro atrativo”, destaca Kehl. O município faz parte das Rotas Turísticas “das Águas e Pedras” e “das Gemas e Joias”. município é repleto de história e misturas culturais, que fazem deste um lugar único e especial.

Para quem deseja ficar ainda mais próximo da natureza, o camping municipal é uma boa pedida. Localizado próximo ao Rio do Mel, e a poucos metros do Balneário, oferece ótimo espaço para acampamento, churrasqueiras e serviço de bares. De carro, de Porto Alegre, o motorista deve ingressar na BR 386, em Canoas, e seguir pela rodovia até o município de Iraí, na divisa com Santa Catarina. A viagem dura, em média, cinco horas e meia. A partir de Santa Catarina, chega-se a Iraí pela BR 158.

De ônibus, partindo de Porto Alegre, são oito horas de viagem. Os ônibus saem da rodoviária às 8h, 12h e 22h45min, de segunda a sexta-feira. Na sexta-feira também há o horário extra das 18h. No sábado, às 8h e às 21h30min, tem o ônibus que vai a Iraí e Frederico Westphalen. No domingo, nos horários de 12h e 22h35min, há o deslocamento até Iraí e Frederico Westphalen.

 

Fonte: Agostinho Piovesan/CP

Tornado causa estragos no interior de Três de Maio

Um forte vento registrado por volta das 16h de terça-feira (19-11), causou estragos em algumas casas na localidade de Quilômetro 6, interior de Três de Maio. O caso mais grave foi registrado na estrutura de uma olaria (fábrica de tijolos).

Conforme informações obtidas no local, o telhado da estrutura que abrigava a sala de máquinas foi arrancado pela força do vento e voou por cerca de 80 metros. Parte de madeiras foram arremessadas por mais de 100 metros e atingiram uma casa. Apesar dos danos de grande monta, ninguém se feriu.

A moradora da comunidade Ivete Grenzel, revelou que a destruição foi causada em poucos segundos.

*No Ar Notícias

Domingo começa frio, mas terá sol e máximas de 30°C no RS

 

Foto: Fabiano do Amaral

Centro de alta pressão garante mais um dia com predomínio de sol no Rio Grande do Sul, neste domingo (17). Ainda ocorre formação de nuvens esparsas em diferentes pontos do Estado.

O começo do dia volta a ter temperatura baixa para a época do ano, com formação isolada de nevoeiro e neblina. Aquece mais que no sábado com calor à tarde em jornada de grande amplitude térmica.

O tempo seco predomina na maior parte da semana e o calor aumenta nos próximos dias com marcas mais típicas da segunda metade de novembro.

 

Fonte: MetSul

Rio transborda e invade propriedades no Noroeste do RS

Foto: Paulo Martins

Com a grande intensidade de chuvas registradas nos últimos dias, que em alguns pontos ultrapassou os 150mm, as águas do rio Ijuí acabaram saindo do leito. No Itaí o rio está cerca de 1 metro acima do nível normal.

Com isso, as águas do rio Ijuí acabaram invadindo propriedades. Nenhuma casa chegou a ser atingida, mas lavouras e campos acabaram sendo alagados. Ainda não se sabe a dimensão dos prejuízos para agricultores de Ijuí, Entre-Ijuís e Santo Ângelo, locais onde houve os problemas de alagamento na região.

O rio Ijuí recebe águas de muitos afluentes, que acabam a partir de determinado trecho, aumentando consideravelmente o nível das águas em seu leito em caso de enxurradas.

 

*Noroeste Online

Rajada de vento arranca parte de telhado de empresa em Três Passos

Fato ocorreu em Padre Gonzales

Uma forte rajada de vento causou danos na cobertura de uma empresa no início da manhã desta quinta-feira, 31, em Três Passos.

O fato aconteceu, por volta das 7h, no Distrito Industrial, em Padre Gonzales.

Parte do telhado onde estão localizados os motores da Sorvetes Dobom foi arrancada pela força do vento, indo parar cerca de 50 metros de distância do local, no terreno de uma moradora que avisou o proprietário. Ninguém se feriu.

 

*TP News

RS registra vento de 130 km/h e queda de granizo na madrugada

O Rio Grande do Sul teve vento de até 130 km/h na madrugada desta quinta-feira (31) em Lagoa Vermelha, no Norte, de acordo com a Somar Meteorologia. Conforme o Corpo de Bombeiros local, pelo menos seis árvores caíram, casas foram destelhadas e grande parte da cidade está sem energia elétrica. Lonas foram distribuídas para a população, mas ainda não há informações sobre desalojados.

Em Santa Rosa, no noroeste do Estado, uma forte ventania atingiu a cidade por volta das 5h. Os bombeiros receberam chamados de casas destelhadas nos bairros Planalto e Auxiliadora. Ainda não há um balanço de quantos imóveis foram atingidos na cidade.

Pelo interior do Estado, também houve relatos de queda de granizo em Augusto Pestana, no Noroeste. As pedras caíram por cerca de cinco minutos na cidade. O Corpo de Bombeiros, no entanto, não registrou maiores danos em imóveis.

Pelas rodovias do Interior, a queda de árvores causou bloqueios ainda na noite passada em trechos da BR-386, em Lajeado, e da BR-158, na região de Santa Maria. As vias, no entanto, já estão liberadas.

Falta de energia elétrica

Segundo os últimos balanços das companhias de energia, são 151,7 mil pontos sem luz em todo Estado. Na área da CEEE, são 57,7 mil  imóveis sem energia, principalmente na região sul do Estado. Já em municípios atendidos pela RGE são 94 mil pontos sem energia.

 

Fonte: ZH

Chuva de granizo foi registrada em Santa Rosa e região

Fato ocorreu na tarde desta quarta

Queda de granizo em Santa Rosa – Foto: Grupos de WhatsApp

Por volta das 15h30 dessa quarta-feira, dia 30 de outubro de 2019, a chuva que vem castigando diversas cidades do estado chegou com grande intensidade em Santa Rosa e região.

Durante alguns minutos houve chuva de pedras nas cidades.  Segundo a Defesa Civil, em Santa Rosa uma residência no bairro Sulina sofreu danos no telhado devido a queda de granizo.

No Estado

A Defesa Civil do Rio Grande do Sul informou na manhã desta quarta-feira que 5.531 pessoas foram afetadas pelas chuvas que caem no Estado desde a última segunda-feira. Em relação aos danos materiais, 1.316 prédios foram atingidos pela chuvarada.

Granizo no interior de Santo Cristo – Foto: Amanda Diel/ Jornal Agora na Costa

Santa Rosa

 

 

 

 

*Informações Portal Plural/ CP

 

Temporal destelha casas, suspende aulas e deixa moradores sem luz e água em Dom Pedrito

Rajadas de vento chegaram a 125km/h na cidade por volta das 7h, segundo Inmet

Foto: Arquivo pessoal

O temporal que atingiu Dom Pedrito, na Região da Campanha do Rio Grande do Sul, provocou estragos em diversos pontos da cidade na manhã desta terça-feira (29). Casas foram destelhadas, e aulas e o atendimento ao público na prefeitura do município estão suspensos. Cerca de 16 mil residências estão sem luz, e toda a cidade está sem água.

As rajadas de vento chegaram a 125km/h na cidade por volta das 7h, segundo o Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet). Algumas residências chegaram a desabar, segundo o prefeito da cidade, Mário Augusto de Freire Gonçalves.

“Todas as aulas suspensas, todos os serviços públicos da prefeitura estão suspensos, estamos sem abastecimento de água, sem abastecimento de luz, e com sinal de telefone e internet muito ruim. O que está funcionando é o pronto socorro e o hospital, o comércio está grande parte fechado”, afirma o prefeito.