Tenente Portela tem nove casos suspeitos de dengue

Want create site? Find Free WordPress Themes and plugins.

Foto: Divulgação/ASCOM Tenente Portela

Um áudio que circula pelos grupos de WhatsApp, gravado pela gestora da secretaria municipal de Saúde e Saneamento (SMSS), revela a situação preocupante da dengue em Tenente Portela.

Conforme Michelle Vargas, atualmente, existe nove casos suspeitos de contaminação e as amostras dos pacientes já foram encaminhadas ao Laboratório Central do Estado (LACEN), porém, os resultados ainda não chegaram ao conhecimento da SMSS.

– Temos um idoso na UTI do Hospital Santo Antônio. Ele chegou, inclusive, com sangramento nasal devido à gravidade do caso.  A gente estava no hospital no final da tarde e chegaram outras pessoas com suspeita de dengue – revelou a secretária.

Michelle Vargas afirmou que a situação é mais preocupante em determinadas partes do município. No áudio, a gestora ainda pede a colaboração de todos visando a eliminação de locais com água parada e que beneficiam a proliferação do Aedes Aegypti. Ela também destacou que os principais sintomas da dengue são: febre, indisposição e dores no corpo. – A população de Tenente Portela precisa se conscientizar da gravidade da dengue – salientou a secretária.

Recentemente, a SMSS começou um roteiro de mutirões de limpeza nos bairros da cidade. Semanalmente, os Agentes de Saúde, Vigilância Sanitária, Agentes de Endemias e Vigilância Epidemiológica, realizam visitas domiciliares, recolhem o lixo e eliminam recipientes com água parada.

No áudio, Michelle Vargas volta a lamentar a negligência de inúmeros moradores diante da possibilidade de aumento do número de casos da doença. – Já visitamos várias vezes as mesmas residências e em cada averiguação descobrimos novos locais com água parada e mais focos do mosquito. A população joga o lixo para o fundo do terreno e isso se torna um ambiente ideal para a proliferação do Aedes Aegypti – repudia a gestora da SMSS.

A secretária também disse que no perímetro urbano foram encontrados diversos lugares utilizados para a criação de animais de grande porte e bebedouros instalados. – Nestes bebedouros existem muitos focos de mosquitos, pois a água nunca é trocada, apenas reposta – conta Michelle Vargas. Ela revelou que já procurou o setor competente da prefeitura municipal e serão aplicados autos de infração aos proprietários de animais que descumprirem as normas vigentes.

No último dia 22, o LACEN confirmou o primeiro caso autóctone de dengue em Tenente Portela. A mulher de 62 anos passou pelo tratamento indicado e já retornou a sua casa.

Fonte: Sistema Província de Comunicação

Did you find apk for android? You can find new Free Android Games and apps.