Posts

Feriadão de carnaval tem mais de 20 mil multas em rodovias no RS

Foram mais de 10,7 mil em estradas federais e 10 mil em estaduais.
Na Região Sul, 959 veículos foram flagrados em alta velocidade.

Mais de 20 mil multas foram aplicadas nos quatros dias do feriadão de carnaval no Rio Grande do Sul. Foram mais de 10,7 mil autuações em rodovias federais e cerca de 10 mil em estaduais, como mostra reportagem do RBS Notícias.

“Mesmo com o apelo e com todas as campanhas educativas ainda há pessoas que insistem em conduzir veículos alcoolizados”, lamenta o chefe de policiamento da PRF, Fabiano Goia.

No Litoral Sul, destino de muitos turistas no feriadão, o movimento de veículos foi acentuado na ERS-734, que dá acesso à praia do Cassino. No local, mais de 400 motoristas fizeram o teste do bafômetro e o resultado foi positivo em nove. O motorista Flávio Ferreira  tomou cuidado antes de pegar a direção. “Muito importante devido ao jeito que está acidente por causa da bebida alcoólica e tudo mais.”

Somente no Sul do estado, foram flagrados 959 veículos em alta velocidade pela Polícia Rodoviária Federal (PRF). Nas estradas da região, 44 motoristas foram flagrados embriagados – no mesmo período do ano passado, foram só seis registros. Foram registrados na região oito acidentes com uma morte, quase o dobro na comparação com o carnaval de 2016.

No Noroeste gaúcho, mais de 200 infrações foram aplicadas, a maioria por ultrapassagem em local proibido e embriaguez. “O que a gente nota ainda, apesar do reforço da fiscalização e tudo mais, o número de autuações aumentou. No ano passado tivemos 170 autuações e neste ano, tivemos mais de 240”, explica o policial rodoviário federal Marcio Mathias.

Fonte: G1

O que achou dessa notícia?

RS fecha 2016 com mais de 500 mil desempregados, diz IBGE

desemprego-seta

O Rio Grande do Sul fechou 2016 com 502 mil pessoas desempregadas, segundo dados divulgados nesta quinta-feira pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). A taxa de variação em relação a 2015 é de 27,2%, o que significa que o Estado ganhou 107 mil novos desempregados no ano passado.

A taxa de desocupação em solo gaúcho chegou a 8,3% no último trimestre de 2016 (outubro, novembro, dezembro), com um aumento de 1,7% em relação a 2015. IBGE informou ainda que o índice em Porto Alegre no último trimestre chegou a 9%, marca superior a do Rio Grande do Sul.

Mais de 24 milhões desempregadas no Brasil

taxa composta de subutilização da força de trabalho ficou em 22,2% no quarto trimestre de 2016, resultado superior ao do terceiro trimestre (21,2%) e ao do quarto trimestre de 2015 (17,3%). Os dados são da Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios Contínua (Pnad Contínua) divulgados nesta quinta, pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).

O resultado equivale a dizer que faltava trabalho para 24,3 milhões de pessoas no País no quarto trimestre, um aumento de 6,0% em relação ao terceiro trimestre, com 1,4 milhão de pessoas a mais nessa situação. Em relação ao quarto trimestre de 2015, eram 18,5 milhões nessa condição, o equivalente a um salto de 31,4% ou 5,8 milhões de pessoas a mais nessa situação.

Fonte: Correio do Povo

O que achou dessa notícia?

Bombeiros localizam corpos de mais três pessoas que se afogaram no RS

1485201195_27

Bombeiros localizaram corpo de Florentino Antunes Goulart que se afogou no Rio Uruguai (Foto: Eduardo Belmonte/Divulgação)

 

Os bombeiros localizaram nesta segunda-feira (23) os corpos de três pessoas que se afogaram em duas situações distintas em São Borja, na Fronteira Oeste, e em Caxias do Sul, na Serra do Rio Grande do Sul.
Na manhã desta segunda, foi encontrado o corpo de Florentino Antunes Goulart, de 48 anos. Ele desapareceu na tarde de domingo (22) após entrar no Rio Uruguai, em São Borja, com dois filhos, de 13 e 16 anos. O mais velho conseguiu ser salvo por pessoas que estavam próximas, enquanto que o mais novo segue desaparecido.
Em Caxias do Sul, foram localizados os corpos de dois jovens que se afogaram no domingo no Rio Caí, na localidade de Vila Cristina, interior da cidade. As vítimas foram identificadas como Rodrigo da Silva Machado, de 27 anos, e Pablo Garcia Pereira, de 23 anos. Mergulhadores do Grupo de Busca e Salvamento (GBS) de Porto Alegre participaram das buscas.

Fonte: G1

O que achou dessa notícia?

Mortes em acidentes no RS, teve queda nos últimos anos

Em 2016, ruas e rodovias gaúchas registraram 1.679 mortos. Dados preliminares do ano passado foram divulgados nesta quinta-feira pelo Detran-RS

IMG-20160309-WA0010

Foto: Arquivo Rádio Metrópole

Segundo dados preliminares divulgados nesta quinta-feira (19) pelo Departamento Estadual de Trânsito (Detran-RS)  , em 2016 foram registrados 1.679 óbitos.

Do percentual de mortos em 2016, 30% eram motoristas de automóveis, caminhões e outros veículos. Outros 23% eram motociclistas. Os pedestres responderam por 20,4% do total de óbitos no trânsito gaúcho no ano passado.

Veja comparativos dos últimos anos

22813727

22813873

22813917

Fonte: Detran-RS

O que achou dessa notícia?

Quarenta mil motoristas dirigem de forma ilegal no Rio Grande do Sul

Detran aumentou em 67% número de processos para suspender direito de dirigir de motoristas infratores no Estado

22601669

Foto: Lauro Alves /Agencia RBS

O Detran gaúcho aumentou em 67% o número de processos abertos para suspender ou cassar o direito de dirigir de motoristas infratores. O total cresceu de 59.908 procedimentos abertos em 2015 para 100.194 no ano passado.

Segundo o chefe da Divisão de Suspensão e Cassação de Condutores do Detran, Anderson Barcellos, este resultado é reflexo do incremento da fiscalização de trânsito, seja pelos departamentos municipais, Brigada Militar e Polícia Rodoviária Federal. Porém, Barcellos afirma que 40% desses condutores não entregaram a carteira de habilitação – o que representa 40 mil dirigindo de forma ilegal.

“Essa garantia nós não temos. Até porque a fiscalização de trânsito não é onipresente. Nós aplicamos a penalidade, notificamos os condutores para que entreguem a sua Carteira Nacional de Habilitação (CNH) para cumprir a penalidade. Agora, essa garantia, efetivamente, nós não temos”, revela Barcellos.

Para buscar essas habilitações que ainda não foram entregues, o Detran adotou a estratégia de aumentar a fiscalização. Em 2011, policiais militares chegaram a ir até a casa dos infratores para cobrar que eles entregassem suas CNHs.

O Detran comemora esse aumento dos procedimentos e lembra que, em 2016, os acidentes com morte reduziram no Rio Grande do Sul, seguindo uma tendência que já ocorre desde 2014. Naquele ano, foram 1.825 acidentes que resultaram em 2.026 mortes. Em 2015, foram 1.531 acidentes que causaram 1.735 óbitos. A redução foi de 16,1% nos acidentes fatais e 14,4% nas mortes. Até o final de novembro do ano passado, aconteceram 1.511 acidentes fatais e 1.673 óbitos.

*Gaucha

O que achou dessa notícia?

PRF aplica mais de três mil multas em rodovias gaúchas no fim de semana de Natal

Cerca de 70% das multas foram por excesso de velocidade nas estradas federais do RS

1482741018_15

Foto: Divulgação /Polícia Rodoviária Federa

 

Mais de 3.300 multas foram aplicadas nas estradas federais gaúchas neste Natal. O balanço da Polícia Rodoviária Federal inclui dados de sexta-feira e do sábado (24). Cerca de 2.300 multas, o que corresponde a 70% do total, foram por excesso de velocidade.
Há 54 registros de motoristas flagrados dirigindo embriagados. Eles foram autuados em quase R$ 3 mil, tiveram a CNH retida e responderão a processo para suspensão da carteira por um ano. Foram feitos 1.740 testes do bafômetro nas rodovias. A multa por farol desligado também ocorreu no período.
Radares
A Polícia Rodoviária Federal decidiu mudar a estratégia de fiscalização nas estradas federais gaúchas e passará a divulgar os trechos onde estarão os radares móveis, sem especificar o quilômetro exato. Os locais escolhidos serão os que têm maior histórico de acidentes. Conforme o chefe de operações da PRF no Estado, Paulo Júnior, em entrevista ao programa Gaúcha Estação Verão a forma atual, sem a divulgação, não está reduzindo acidentes graves.
Ainda não há definição de data para início da divulgação dos trechos onde estarão os radares móveis nas estradas federais gaúchas.

Fonte: Rádio Gaúcha

O que achou dessa notícia?

Pacote de austeridade tem 3 projetos aprovados no RS

Segundo o governo, as alterações representam uma redução de 35% de gastos.

naom_56825e48850b2

Após 13 horas de sessão, os deputados estaduais gaúchos aprovaram nesta terça-feira (20) três das 26 propostas de um pacote de projetos enviado pelo governo estadual para conter gastos no Rio Grande do Sul.

O primeiro projeto aprovado foi de reestruturação da AGDI (Agência Gaúcha de Desenvolvimento e Promoção do Investimento), que passa a ser chamada de Escritório de Desenvolvimento de Projetos.

As mudanças incluem redução de diretorias, redução dos salários dos dirigentes, extinção de cargos comissionados e funções gratificadas. Segundo o governo, as alterações representam uma redução de 35% de gastos.

Os deputados também aprovaram, por 38 votos a favor e 14 contra, o desmembramento de Secretarias de Estado, reduzindo de 29 para 17 o número de pastas.

Outra proposta aprovada com 52 votos a favor e nenhum contra, foi a de ceder servidores da Segurança Pública a municípios com mais de 200 mil habitantes, desde que a cidade tenha Guarda Municipal.

Com informações da Folhapress.

*Rádio Metrópole/Emerson Gomes

O que achou dessa notícia?

Avião cai no Norte do RS e duas pessoas morrem, diz polícia

Queda ocorreu perto do aeroclube do município de Espumoso

1477412207_32

Avião caiu em área de vegetação em Espumoso, no Norte do Rio Grande do Sul (Foto: Jonatan Palla/Clic Espumoso)

 

Um avião caiu no fim da manhã desta terça-feira (25) em Espumuso, cidade da Região Norte do Rio Grande do Sul, perto do aeroclube. Conforme a Brigada Militar, duas pessoas morreram, e seriam de Passo Fundo. As identificações ainda não foram confirmadas.
A área foi isolada para o trabalho da perícia e vistoria da Aeronáutica. A Brigada Militar ainda não tem mais informações, e diz que há dificuldade de comunicação com a equipe de resgate que foi ao local.

Fonte: G1

O que achou dessa notícia?

Governo do RS deve regulamentar ainda nesta semana novas regras para PPCI

Bombeiros não aceitarão novos pedidos de PPCI enquanto a regulamentação não for decretada

slide-img3

 

 

 

O governo do Estado, através da Casa Civil, deve regulamentar ainda nesta semana o texto das novas regras para o Plano de Prevenção e Proteção contra Incêndio (PPCI). A alteração da chamada Lei Kiss, foi aprovada pela Assembleia Legislativa gaúcha em 30 de agosto e sancionada pelo governador José Ivo Sartori, no último dia 22 de setembro. O Corpo de Bombeiros Militar do Rio Grande do Sul (CBMRS) informou que, desde ontem, não aceita protocolos de novos Planos de Prevenção contra Incêndio, Planos Simplificados de Prevenção de Incêndio (PSPCI) e Certificados de Licenciamento do Corpo de Bombeiros (CLCB), enquanto a regulamentação não for decretada.

O comandante do Corpo de Bombeiros do Estado, tenente-coronel Adriano Krukoski, garantiu que os bombeiros não irão realizar novos procedimentos enquanto a lei não for normatizada. A decisão tem por objetivo único a proteção dos usuários que, sem dispor das regras a serem seguidas pela legislação, encontrarão dificuldades na confecção dos novos PPCIs, gerando retrabalho tanto para os proprietários/responsáveis técnicos quanto para os profissionais do Corpo de Bombeiros Militar. ”Isso é uma questão técnica. A lei não foi regulada, portanto, não temos como receber novos planos até a regulação da lei”, afirma.

Entretanto, a corporação garante que os protocolos para reanálise, vistoria e revistoria, bem como os demais serviços de análise e vistoria dos processos já protocolados permanecerão com sua atividade normal. Também protocolos de PPCI para eventos temporários poderão ainda ser realizados diretamente nas Seções de Prevenção de Incêndios. Somente após a publicação do decreto estadual, os procedimentos de encaminhamento dos PPCI, PSPCI e CLCB, de acordo com a nova legislação, serão retomados pelos bombeiros.

Fonte:Guilherme Kepler/Rádio Guaíba

O que achou dessa notícia?

Agronegócio gaúcho tem queda nas exportações em setembro

eco_41756-538097

Setembro registra uma queda de 34,5% no valor e de 43,5% no volume das exportações do agronegócio do Rio Grande do Sul na comparação com agosto. O resultado interrompeu uma sequência de quatro meses de recuperação do setor, que teve em junho seu pico. Os dados estão no Relatório de Comércio Exterior divulgado pela Assessoria Econômica do Sistema Farsul, nesta segunda-feira, dia 10.

Soja e fumo foram os principais responsáveis pelo resultado negativo na relação entre agosto e setembro. O grão teve queda de 52,7% no valor e de 51,5% no volume. Já o fumo registrou -31,4% no valor e -28,9%. Na comparação com setembro de 2015 e o mesmo período deste ano, os produtos também foram responsáveis pela queda de -32,3% no valor exportado com soja registrando -42,4% e fumo -51,2%.

O resultado encerra uma sequência de quatro meses consecutivos de alta na comparação entre 2015 e 2016. Entre janeiro e setembro, o acumulado é de US$ 8,743 bilhões, queda de 3,64% em relação ao mesmo período de 2015. Em agosto, o valor era superior ao mesmo período do ano passado. Mesmo com resultado negativo, a participação do setor se mantém expressiva no total exportado pelo estado, respondendo por 64,1% das vendas, com US$ 835 milhões.

A China continua sendo o principal comprador do agronegócio gaúcho. O resultado de setembro foi responsável por um pequeno recuo, mas mantendo o país oriental como grande destino do produto gaúcho, com 38,41% de participação. Em segundo lugar aparece os Estados Unidos, respondendo por 4,7% e em terceiro o Irã com 3,78% do total.

Fonte: Farsul

O que achou dessa notícia?