Procurador da República, irmã e primo de Aécio Neves são presos

Want create site? Find Free WordPress Themes and plugins.

Operação da Polícia Federal foi deflagrada nesta manhã

Casa de do senador Aécio Neves foi alvo de buscas também nesta manhã Foto: Silvana Pires /Rádio Gaúcha

A operação da Polícia Federal na manhã desta quinta-feira cumpriu mandados de prisão contra o procurador da República, Ângelo Goulart Villela, a irmã do senador Aécio Neves, Andrea Neves, e o primo dele Frederico Pacheco de Medeiros. Os agentes saíram às ruas ao amanhecer para cumprir diversos mandados. As informações são do G1.

Segundo a assessoria de imprensa do Tribunal Superior Eleitoral, a prisão do procurador tem relação com a Operação Greenfield, que apura fraudes em fundos de pensão e favorecimento de empresa de celulose controlada pelo grupo J&F, que também abriga o frigorífico JBS. Houve busca a documentos no gabinete do procurados no Tribunal Superior Eleitoral. Villela é membro auxiliar na Procuradoria-Geral Eleitoral.

A irmão do presidente nacional do PSDB foi presa em Nova Lima, na Região Metropolitana de Belo Horizonte (MG). Antes, os agentes da PF haviam batido à porta do apartamento de Andrea Neves, em Copacabana, no Rio de Janeiro.

O primo de Aécio, Frederico Pacheco de Medeiros, preso hoje também, teria sido filmado recebendo R$ 2 milhões a mando do empresário Joesley Batista.

A operação deflagrada hoje teve início após a delação do dono do frigorífico JBS, Joesley Batista, que entregou à Procuradoria-Geral da República (PGR) uma gravação do senador Aécio Neves pedindo o dinheiro, que foi entregue ao primo.

*Gaucha

Did you find apk for android? You can find new Free Android Games and apps.
O que achou dessa notícia?