Lava-Jato no Rio: Justiça determina prisão de dois empresários por fraude nos transportes

Want create site? Find Free WordPress Themes and plugins.

Em um desmembramento da Lava-Jato no Rio, a Justiça Federal expediu, manhã desta quarta-feira (9), mais dois mandados de prisão contra dois empresários ligados ao esquema de corrupção envolvendo a Federação das Empresas de Transportes de Passageiros do Estado do Rio de Janeiro (Fetranspor).

Segundo o G1, o empresário preso foi identificado como Nuno Canhão Bernardes Gonçalves Coelho.

Na terça-feira (8), o ex-governador do Rio de Janeiro Sérgio Cabral (PMDB) virou réu pela 14ª vez na Lava-Jato. Além de Cabral, também viraram rés outras 23 pessoas — todos investigados durante a Operação Ponto Final, que desvendou um esquema criminoso no setor de transportes do Estado.

Segundo os procuradores, só o ex-governador pode ter recebido aproximadamente R$ 145 milhões em propinas.

ZERO HORA

Did you find apk for android? You can find new Free Android Games and apps.