Farol baixo nas estradas passa a ser obrigatório a partir de 7 de julho

Want create site? Find Free WordPress Themes and plugins.

VOLTA LITORAL 8JC-k6a-U20170903671TrF-1024x576@GP-Web

Aquilo que era uma recomendação antiga de segurança nas estradas brasileiras virou lei. Os faróis têm que ficar acesos mesmo durante o dia.

Nas estradas gaúchas, é comum encontrar carros e caminhões com as luzes acesas durante o dia.

“Tenho o hábito há muitos anos já. Eu acredito que é mais um item pra segurança, tanto minha quanto da família”, conta o administrador Ubirajara Trindade.

Deixar a luz baixa ligada nas estradas até já foi lei, no Rio Grande do Sul, nos anos 90, e muita gente manteve o costume. Mas, a partir de 7 de julho, a determinação passa a ser obrigatória para todo o país, em rodovias e túneis, mesmo que tenham iluminação pública.

A partir de julho, quem for flagrado com os faróis desligados em estradas federais e estaduais será autuado por infração média, com multa de R$ 85,13 e quatro pontos na carteira. Por enquanto, os policiais rodoviários estão orientando os motoristas sobre a nova lei.

“Como o cinto, a gente já acostumou. Acho que vendo os outros a gente vai lembrando”, diz a veterinária Irene Breitsameter.

A determinação vale também para rodovias que cruzam áreas urbanas. Manter a luz ligada é uma medida de prevenção. Ela aumenta a visibilidade para pedestres e ciclistas e para outros veículos nas ultrapassagens. E não traz desgaste para o carro.

“É irrisório o gasto de bateria e o consumo da peça do farol quando aceso o farol baixo durante o dia. E o ganho que temos na redução dos acidentes, já comprovado em outros países onde a lei vigora, é muito maior do que qualquer gasto financeiro com uma pequena lâmpada que tem um custo bastante baixo”, afirma Alessandro Castro, da Polícia Rodoviária Federal do RS.

Fonte: G1

Did you find apk for android? You can find new Free Android Games and apps.