Prefeito Bergmann debateu convênio do sistema de abastecimento de água no município, em audiência na FUNASA.

Want create site? Find Free WordPress Themes and plugins.

O prefeito Bergmann participou de uma audiência na superintendência da para tratar de assuntos relacionados ao convênio do sistema de abastecimento de água de Alto Crissiumal/Sanga dos Parentes.

O prefeito, que há vários dias tentava agendar este encontro, para debater sobre o assunto, esteve acompanhado do Secretário de Planejamento e Projetos, Fabrício Schwingel Canabarro, e foram atendidos pelo superintendente substituto, Antônio Boszko.

A obra, que teve início no final do mês de janeiro deste ano, foi interrompida em virtude da improdutividade de dois poços que foram perfurados. A partir daí um novo estudo geológico precisou ser realizado em outro local e enviado para a FUNASA, para a autorização dos técnicos. Porém, essa interrupção já perdura há cerca de cinco meses, e, ainda, não há a autorização da FUNASA para o novo estudo.

A justificativa da FUNASA é de que está com dificuldades em virtude da falta FUNASA/RS–Fundação Nacional da Saúde, na quinta-feira, dia 09 de agosto,

de engenheiros e geólogos analisadores, bem como, a alta demanda de projetos nessa Fundação.

Nestes termos, os representantes solicitaram a audiência para expor a situação e a necessidade dos moradores das localidades de Alto Crissiumal e Sanga dos Parentes, para a conclusão da rede, além da angustia dos mesmos, na espera por essa análise de alteração e autorização. Sensibilizados e no entendimento, pois é um Convênio que já está em andamento, a FUNASA declarou que analisará e fornecerá o parecer até o final deste mês. A análise será realizada em um novo local e, caso tudo estiver correto perante as avaliações da área geológica, o andamento da obra poderá ser retomado em breve.

Ainda, após a audiência junto a FUNASA, o prefeito Bergmann, foi diretamente na FAMURS-Federação das Associações de Municípios do rio Grande do Sul, onde solicitou, encarecidamente, auxílio à FAMURS, junto à FUNASA, em Brasília e no Ministério da Saúde, para a disponibilização de mais técnicos para realizar as análises desses projetos. A preocupação de Bergmann é para que não ocorra a interrupção de outros projetos, como este, por falta de acompanhamento técnico. Na FAMURS o prefeito foi recebido por Paulo Azeredo Filho, assessor técnico.

Fonte: SMPP- Assessoria de Imprensa

Did you find apk for android? You can find new Free Android Games and apps.