Defesa Civil informa sobre o início da entrega das telhas de fibrocimento

Conforme abaixo, em forma de itens, para fácil esclarecimento e entendimento da população.

– A COMDEC em conjunto com a Prefeitura Municipal de Crissiumal recebeu, na tarde desta quinta-feira (18), a primeira remessa de telhas através da Defesa Civil do estado;

– Nesta primeira carga foram recebidas 840 telhas de fibrocimento, 6mm, das quais vieram em uma carreta, onde seria a carga máxima para tal veículo, considerando que cada uma tem o peso médio de 33 kg;

– As famílias cadastradas são as que se deslocaram até a Secretaria Municipal de Assistência e Desenvolvimento Social e informaram a necessidade de auxilio, bem como, as que foram constatadas pelas equipes nos locais;

– As famílias cadastradas e passiveis de atendimento são as quais a renda familiar não ultrapasse os 2,5 (dois virgula cinco) salários mínimos e possuem NIS (Número de Inscrição Social) com renda atualizada, conforme Lei nº 12.340/2010 (e suas alterações posteriores), Lei nº 12.608/2012, os Decretos nº 7.505/2011, 7.257/2010, Instrução Normativa do MI nº 01, de 24/08/2012 e a Portaria nº 607/2011, bem como, demais orientações publicadas pela SEDEC/MI e Coordenadoria Estadual de Defesa Civil/RS.

– O número máximo de telhas de fibrocimento por residência individual é de 15 (quinze) unidades;

– Equipes da Defesa Civil e da Prefeitura estiveram esta semana em vistoria, afim de levantar a quantidade de famílias cadastradas, que já conseguiram cobrir suas casas através de outros meios;

– Neste momento, é muito importante o uso do bom senso e da sinceridade das famílias, na hora do recebimento, para que não haja constrangimento e problemas posteriores, visto de que, dias após a entrega a Defesa Civil estará vistoriando os locais comprovando a colocação do material recebido;

– Ressalta-se de que o referido material não poderá ser tratado como “ressarcimento” de quem já cobriu a residência. É destinado apenas às unidades habitacionais onde, ainda, há a necessidade de reparo devido ao granizo;

– É de extrema valia o entendimento de que, as referidas telhas somente são disponibilizadas para cobrir parte/totalidade da residência familiar, sendo vedada a utilização em outros tipos de construções;

– Na manhã desta sexta-feira (19), será dado início a entrega para aproximadamente 60 famílias, referente a esta primeira carga;

– A próxima carga, na possibilidade de ser um veículo bi trem, está prevista para a chegada na segunda-feira, pela manhã, onde a partir daí, mais cerca de 80 famílias serão atendidas, para isso, o município contara com o auxílio do exército;

– Como temos cerca de 400 famílias aguardando o recebimento do material e, agora o município depende da logística/transporte, acredita-se que até o final da próxima semana todos já tenham recebido o auxílio;

– Informa-se as famílias que necessitam de pequenas quantidades de telhas de barro tradicional/modelo antigo, de que as mesmas devem comparecer junto ao Parque de Obras, para cadastro e retirada;

– Tamanha a quantidade de famílias a serem atendidas não é possível atender a todos no mesmo dia, por isso solicita-se entendimento de que, obviamente, alguns receberão primeiro. Afinal, todos são tratados como prioridade.

– A COMDEC e a Prefeitura Municipal agradecem a imensa compreensão da população, que aguarda ansiosamente e necessita desses materiais, pelo tempo de espera. Mas, tem a certeza de que sendo cumpridos todos os passos e tramites legais todos terminarão atendidos e a prestação de contas restara aprovada onde os materiais terão seu destino fim, aos que realmente necessitam.

*Obs.: a programação de entrega poderá sofrer alterações, pois o município é dependente da logística/transporte das empresas vencedoras do processo licitatório.

Fonte: SMPP – Assessoria de Imprensa da Prefeitura de Crissiumal

Banda Danúbio Azul apresenta sua nova música de trabalho

A Banda Crissiumalense Danúbio Azul lançou nesta terça-feira, 17 de outubro de 2018, a sua mais nova música: “Bebendo Sem Moderação”.

A mesma foi lançada no YouTube e compartilhada nas redes sociais pelo grupo e vários fãs.

Confira a música abaixo:

 

Estado e União reconhecem situação de emergência de Crissiumal

O governo do Rio Grande do Sul publicou, no Diário Oficial do Estado (DOE) nesta quarta-feira (17), a homologação da Situação de Emergência do município de Crissiumal, devido ao temporal de granizo.

Crissiumal foi atingido por uma forte tempestade de granizo no dia 03 de outubro, a qual resultou em danos humanos e materiais; prejuízos econômicos, públicos e privados.

Além da homologação, Crissiumal também recebeu o reconhecimento por parte da União.

Com a homologação da Situação de Emergência, o município terá os benefícios relativos à ajuda humanitária. O reconhecimento da União garante benefícios como repasse de recursos, questões ligadas ao FGTS, Seguro Agrícola, entre outros.

 

Por: Andréia Cristina Queiroz – Assessoria de Imprensa da Prefeitura de Crissiumal

 

COMDEC e Prefeitura divulgam dados atualizados relativos ao temporal de granizo

A Coordenadoria Municipal de Defesa Civil – COMDEC juntamente com a Prefeitura Municipal de Crissiumal levam ao conhecimento da população:

Que até o momento, ou seja, 16 horas, desta terça-feira, 16/10/2018 não houve nenhum recebimento de telhas de fibrocimento, de nenhum órgão, empresa, entidade, etc;

Que no que diz respeito a telhas de barro, o município recebeu uma quantidade de doação de populares/entidades e possui uma remessa a disposição de quem realmente necessita, junto ao parque de Obras;

Que todos os tramites burocráticos, laudos e formulários referente a informações necessárias competentes ao município quanto ao desastre já foram enviados via Sistema S2ID da Defesa Civil na última terça-feira, dia 09 de outubro de 2018;

Que a parte competente a Defesa Civil Estadual, tangente a Homologação do Decreto de Situação de emergência fora despachada imediatamente via Sistema S2ID na última quarta-feira, dia 10 de outubro de 2018;

Que a parte de responsabilidade da Secretaria Nacional da Defesa Civil referente ao Reconhecimento da Situação de Emergência teve seu despacho positivo via sistema S2ID logo após, na última quinta-feira, 11 de outubro de 2018;

Assim, posterior a esta data tivemos o feriado do dia 12 de outubro bem como o final de semana, o que acabou atrasando a inicial agilidade no processo, pois o que aguarda-se é a publicação nos respectivos Diários oficiais, conforme já divulgado na última semana, o que deve ocorrer a qualquer momento, pois este é o ato que oficializa as informações do sistema supracitado. A partir desta publicação os tramites relativo a entrega das telhas aos munícipes que se enquadraram e estão devidamente cadastrados serão iniciados.

Por fim, tanto a COMDEC quanto a Prefeitura Municipal entendem a angustia e a necessidade da população que aguarda estes materiais, no entanto reitera a necessidade dos tramites legais a serem cumpridos afim de que os materiais cheguem a quem necessita, bem como tenham a documentação correta para posterior prestação de contas.

Fonte: SMPP – Assessoria de Imprensa da Prefeitura de Crissiumal

Governo federal volta atrás e o horário de verão deve começar em 4 de novembro

Pela terceira vez, o governo federal alterou a data de início do horário de verão. Conforme a assessoria do Palácio do Planalto, o dia certo para adiantar o relógio em uma hora é 4 de novembro.
O horário de verão estava originalmente previsto para outubro. Para não atrapalhar as eleições, foi transferido para o dia 4 de novembro — mesmo dia da primeira prova do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem). Para não confundir os estudantes, o Ministério da Educação (MEC) pediu que a data fosse trocada novamente, e o Planalto adiou para o dia 18. Agora, o governo voltou atrás e manteve o dia 4.
De acordo com a Casa Civil da Presidência, o decreto que faria a alteração para o dia 18 não foi publicado no Diário Oficial da União (DOU) e, por isso, não seria possível atender à demanda do MEC.
“Conforme decreto assinado pelo presidente Michel Temer, o horário de verão começará no dia 4 de novembro. Não haverá adiamento”, informou a assessoria da Presidência ao G1.

Fonte: G1

Feriadão de Nossa Senhora Aparecida tem 13 mortes no trânsito no RS

Polícias rodoviárias atenderam 73 acidentes entre quinta-feira e domingo

Foto: Comando Rodoviário da Brigada Militar / Divulgação

O Rio Grande do Sul teve mais um feriadão violento no trânsito. Entre quinta e domingo, 13 pessoas morreram em acidentes em rodovias federais e estaduais. O número é maior que o do feriado do 20 de Setembro – quando houve dez mortes – e menor que o feriado da Independência – quando 23 pessoas morreram no trânsito.

Segundo o Comando Rodoviário da Brigada Militar, nas estradas estaduais, foram registrados 28 acidentes. Ao todo, oito pessoas morreram e 22 ficaram feridas. O que chamou a atenção dos policiais foram dois acidentes que aconteceram na madrugada de sexta-feira, na ERS 324, em Casca, a apenas quatro quilômetros de diferença.

O primeiro acidente foi uma colisão frontal entre um Gol e um caminhão, que matou a passageira do carro. E o segundo foi atropelamento coletivo. Um Fiat Strada atingiu quatro pessoas, sendo que duas morreram.

Já a Polícia Rodoviária Federal (PRF) atendeu 45 acidentes em rodovias federais gaúchas. As colisões causaram a morte de cinco pessoas e deixaram 50 feridas. O acidente mais grave ocorreu na BR 158, em Boa Vista das Missões, onde quatro pessoas da mesma família morreram após um Jeep Renegade colidir contra uma árvore. As vítimas voltavam de um casamento.

Durante o feriadão, 3.062 multas foram aplicadas. Os policiais rodoviários fiscalizaram ainda 3.372 veículos, sendo que 99 foram recolhidos ao depósito por irregularidades em documentação ou equipamentos de segurança. Além disso, 81 motoristas tiveram suas CNHs recolhidas por motivos diversos como embriaguez ou estarem vencidas ou suspensas.

Foto: Polícia Rodoviária Federal

Fonte: Correio do Povo

Após temporal, aulas em escolas de Crissiumal devem ser retomadas na totalidade na próxima semana

Escola Rocha Pombo – Foto: Emerson Gomes

Ao menos três escolas ainda estão com as coberturas danificadas por conta da chuva de granizo que atingiu a região no dia 3

 As aulas nas escolas de Crissiumal, no noroeste do Estado, devem ser totalmente retomadas na próxima segunda-feira (15). Depois do temporal com granizo que atingiu a região na madrugada do dia 3, todas as instituições de ensino do município tiveram as atividades suspensas.

A cidade teve 2,5 mil residências danificadas, e estragos registrados em postos de saúde, no lar do idoso e outros prédios públicos, além das próprias escolas. Os colégios estaduais Rocha Pombo, Ponche Verde e Alcido Brust tiveram os destelhamentos mais graves. Uma creche municipal também foi afetada.

Segundo a secretária de Educação de Crissiumal, Janice Benatti, as escolas municipais já retomaram as aulas na última segunda-feira (8). A creche e a escola Rocha Pombo devem voltar na próxima segunda-feira (15). Mesmo com o feriado do Dia do Professor, haverá aulas na cidade.

Os alunos da Escola Ponche Verde devem estudar em outro prédio cedido no município, e devem voltar a estudar também na segunda-feira. A escola Alcido Brust teve aulas retomadas no dia 8, com algumas salas cobertas por lonas.

A cidade ainda aguarda telhas vindas da Defesa Civil Estadual. Parte das casas também está com coberturas provisórias.

Fonte: Gaúcha Zh

Prefeitura destina alimentos recebidos em doação para entidades Apae, Abemec e Lar dos Idosos

Nos últimos dias, após o temporal de granizo, a Prefeitura de Crissiumal, através das Secretarias Municipais de Assistência e Desenvolvimento Social e de Obras Públicas, recebeu muitas doações de toda a região. Muitas prefeituras, empresas e pessoas civil, ajudaram os crissiumalenses atingidos pelo temporal, com a doação de roupas, alimentos, lonas e, principalmente, colchões e telhas.

As roupas doadas estão sendo distribuída, pela Secretaria de Assistência e Desenvolvimento Social, a população afetada pela tempestade. Os alimentos recebidos são destinados às entidades APAE, ABEMEC e LAR DO IDOSO, as quais foram severamente atingidas e tiveram seus estoques de alimentos prejudicados.

Aos poucos, a cidade está sendo reconstruída, os telhados quebrados estão sendo substituídos e a população está voltando a sorrir.

Quem deseja ajudar Crissiumal, pode também realizar suas doações, nas seguintes contas bancárias:

BANRISUL: Agência 0593, Conta 04.059801.0-3

BANCO DO BRASIL: Agência 1372-2, Conta 2.018-4

SICREDI: Agência 0100, Conta 26710-4

CAIXA: Agência 1855, Op: 006, Conta 71001-7

PREFEITURA MUNICIPAL DE CRISSIUMAL

CNPJ: 87.613.147/0001-35

Por: Andréia Cristina Queiroz – Assessora de Imprensa da Prefeitura de Crissiumal

ALERTA CORSAN: Crissiumalenses deverão economizar água

Conforme contato da Secretaria Municipal de Planejamento e Projetos de Crissiumal, a CORSAN consentiu para que o Município solicitasse, encarecidamente, a população para que economize água.

Para que todos tenha uma ideia, nas últimas 24 horas, o bombeamento de água funcionou ininterruptamente, onde o normal seria, no máximo, 18 horas de bombeamento. Assim, o constatado é de que existe centenas de residências com a canalização de água danificada internamente, o que impede que inúmeras regiões do município recebam água.

Fica, então, o pedido para que os moradores verifiquem aos arredores de suas residências, em entradas internas de água, bem como, também, economizem água, afim de que, possa ser normalizado o recebimento de água para todos. Para o conhecimento da população o reservatório da CORSAN, encontra-se literalmente vazio, devido ao desperdício de água, o que, também, acarretará em, ainda, maiores prejuízos aos munícipes, já que, grande parte da água bombeada está indo fora.

ENCARECIDAMENTE PEDIMOS: ECONOMIZEM ÁGUA

Fonte: SMPP -Assessoria de Imprensa

Governo adia início do horário de verão para 18 de novembro

Foto: Alina Souza / CP Memória

O governo federal decidiu adiar o início do horário de verão para o dia 18 de novembro. A decisão do presidente Michel Temer deve ser publicada no “Diário Oficial da União” nos próximos dias. No início do horário de verão, os relógios devem ser adiantados em uma hora.

O presidente atendeu a um pedido do Ministério da Educação (MEC)para não prejudicar os estudantes que farão o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) em novembro. O horário de verão estava previsto para começar no dia 4, justamente a data da primeira prova do Enem. A segunda prova está marcada para o domingo seguinte, dia 11.

Em geral, o horário de verão começa em outubro. Mas, para não coincidir com a data das eleições, o presidente Michel Temer assinou um decreto no fim de 2017 que adiou o período para novembro. O primeiro turno está marcado para o dia 7 de outubro e o segundo turno para o dia 28.

Já a data final para o horário de verão foi mantida para o terceiro domingo de fevereiro de 2019. Os relógios deverão ser atrasados em uma hora na madrugada de sábado, dia 16, a partir da meia-noite.

Atualmente, adotam o horário de verão os estados de São Paulo, Rio de Janeiro, Minas Gerais, Espírito Santo, Rio Grande do Sul, Santa Catarina, Paraná, Goiás, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul e Distrito Federal.

Calendário do Enem

O Enem acontecerá em dois domingos, nos dias 4 e 11 de novembro:

  • 04/11: 45 questões de linguagens, 45 de ciências humanas e redação.
  • Duração: 5h30
  • 11/11: 45 questões de ciências da natureza e 45 de matemática.
  • Duração: 5h
  • Abertura dos portões: 12h
  • Fechamento dos portões: 13h
  • Início das provas: 13h30
  • Encerramento das provas: 19h (primeiro dia) e 18h30 (segundo dia)

Fonte: G1