Três municípios da Região Celeiro ainda não atingiram a meta de vacinação contra a poliomielite e o sarampo

Want create site? Find Free WordPress Themes and plugins.

No estado, 137 cidades estão abaixo da porcentagem estipulada pelo ministério da Saúde

Foto: Radio Província FM

Faltando apenas dois dias para encerrar a Campanha Nacional de Vacinação contra a Poliomielite e o Sarampo, 137 municípios do Rio Grande do Sul estão abaixo da meta definida pelo ministério da Saúde para este ano. O público-alvo é formado por meninos e meninas de um ano a menor de cinco anos e o objetivo é imunizar pelo menos 95%.

Números preliminares do Sistema de Informação do Programa Nacional de Imunização (SI-PNI) revelam que o Rio Grande do Sul vacinou 91,82% das crianças contra a poliomielite e 91,48% contra o sarampo. Até o momento, no estado, foram aplicadas 969,5 mil doses das duas vacinas.

Dos 137 municípios gaúchos que ainda não alcançaram o percentual estipulado pelo ministério da Saúde, três ficam na Região Celeiro.

Em Crissiumal, a imunização contra a pólio atinge 92,1% e contra o sarampo 91,8%. No município de Humaitá, o índice vacinal contra as duas doenças é idêntico: 93,8%. Já em São Valério do Sul, a cobertura contra a poliomielite e o sarampo chega a 87,5%.

Todas as crianças na faixa etária da campanha devem se imunizar independentemente da situação vacinal. O ministro da Saúde, Gilberto Occhi, destaca a importância da mobilização de toda a sociedade para atingir a meta de vacinação. – A campanha termina na próxima sexta-feira (14). Pais e responsáveis devem buscar os postos de vacinação. A vacina é a forma mais eficaz de proteger nossas crianças contra doenças já eliminadas no país – enfatizou o ministro.

Campanha:

A média nacional de vacinação está em 94%. Foram aplicadas em todo o Brasil, cerca de 20,8 milhões de doses das vacinas (10,4 milhões de cada). Onze estados e mais de quatro mil municípios já atingiram a meta. Mas cerca de 1.500 cidades ainda devem buscar alternativas para imunizar 95% do público-alvo até a próxima sexta-feira, quando se encerra a Campanha Nacional de Vacinação.

Na faixa etária de três e quatro anos, a cobertura vacinal está acima da meta, com 96,95% e 95,44%, respectivamente. A maior preocupação é com faixa de um ano de idade, cuja cobertura ainda está em 85,45%.

O sarampo e a poliomielite são doenças infectocontagiosas que podem resultar em complicações graves para as crianças, podendo provocar a morte.

Fonte : Radio Província FM

Did you find apk for android? You can find new Free Android Games and apps.